Uncategorized

Quando estamos em paz, até a solidão se torna companheira

Wandy Luz

Depois de tantos altos e baixos, finalmente entendi, que a vida nem sempre tem as cores e sabores que desejamos, e as coisas não acontecem como e quando queremos, mas se tivermos paz, a vida com certeza fica linda demais !

Paz no espírito, na mente, na alma, e no coração, é o que deixa nossa vida bonita.

Entender isso, é libertador, porque deixamos de nos preocupar e incomodar com coisas insignificantes. Afinal tudo o que custa nossa paz, torna-se caro demais, e não devemos nunca tentar pagar esse preço!

Demora mas a gente entende, que não vale a pena brigar, discordar, reclamar e ir contra tudo e todos. A revolta não resolve nada, mas intoxica o sopro de vida que preenche nosso corpo.

Demora mas a gente aprende a não se importar tanto com o que pensam e esperam de nos. Pela paz a gente passa a ignorar as inverdades que dizem a nosso respeito, porque sabemos que a boca só fala o que transborda no coração. Então para que discutir com quem vive carregando o peso de um coração cheio de ódio, rancor, inveja e frustração ? Demora mas a ficha cai, de que quando se vive em paz, consciente e munido de fé, o tempo é amigo e não inimigo. Ele não passa nem rápido ou devagar demais, ele simplesmente passa e deixa no caminho um rastro de destino que segue seu curso.

Se encha de Deus, se embeleze de amor, se alimente de gratidão, porque ela nutre, fortalece e nos leva de mãos dadas a prosperidade!

Quando estamos em paz, até a solidão se torna companheira, e de uma forma verdadeira a gente olha para si próprio, com honestidade. Gostamos do que vemos, aceitamos tudo o que somos, mesmo estando longe da perfeição, abraçamos as incertezas, e temos coragem para enfrentar o desconhecido. Demora mas a gente finalmente percebe que um dia bonito nem sempre é um dia de sol. Mas com certeza é um dia de paz.

http://bit.ly/2GGJEHI

Estratégia Concursos é referência na preparação de alunos para Concursos Públicos. Estude com nossos Cursos Online para Concursos, 100% focados no …

Uncategorized

Às vezes, é preciso perder tudo o que sempre se desejou, para entender o que é a verdadeira liberdade.

“Pedras no caminho ? Não guardo nenhuma, mas escrevo sobre cada uma delas. Construo castelos de palavras, e te convido a entrar e fazer parte do meu conto de vida.” Wandy Luz é colunista, apresentadora e um ser humano em busca de evolução.
O tempo ensina e eu aprendi que, às vezes, é preciso conquistar e perder tudo que você sempre desejou, para entender o que é a verdadeira liberdade.


O tempo ensina e eu aprendi que, às vezes, é preciso conquistar e perder tudo que você sempre desejou, para entender o que é a verdadeira liberdade.

E foi perdendo tudo que eu me ganhei, que eu me encontrei e, finalmente, pude florescer.

Hoje não tenho vergonha de ser e viver com a alma livre. A essência é camaleoa, mas pura.

Medo? De quase nada. Na verdade, eu diria, que meu único medo é de me decepcionar.

Porque a minha felicidade importa e muito.

Eu, finalmente, entendi que, antes de pensar em fazer outra pessoa, eu devo ser a prioridade. E não se trata de egoísmo, mas sim de amor, muito amor-próprio. E se você não sabe do que estou falando, deveria experimentar amar-se mais.

Eu sonho muito, tão grande e tão alto quanto as ondas do oceano.

E se eu dissesse que não planejei que tudo fosse exatamente como é, eu estaria mentindo.

Porque eu nasci para viver essa vida exatamente como ela é. O desafio é fazer o melhor que eu puder, com o que eu tiver, não importa onde eu estiver.

Eu não pertenço a ninguém. Mas sei me doar o suficiente para quem faz meus esforços valerem a pena, para quem soma, acrescenta e me transborda.

Eu nunca tive muito, mas sempre quis tudo.

E apesar de todos os prós e contras, eu expiro gratidão por cada poro do meu corpo, porque tenho muitos defeitos para ser perfeita, mas sou muito abençoada para ser ingrata.

A vida passa e eu vivo com uma chama que queima forte no olhar, para cada experiência, para cada nova emoção, cada novo sentimento. Os meus dias e os meus momentos são crônicas de intensas emoções.

Liberdade para mim não é uma opção, é uma obsessão. Quem me conhece sabe, mas para aqueles que ainda perguntam quem eu sou, eu sorrio e respondo: “Uma loucura deslumbrante”!

https://youtu.be/7dyPZlbovFs

As apostilas Opção é uma empresa séria e conceituada no ramo de apostilas, com mais de 26 anos no mercado de concursos públicos e nenhuma empresa duraria tanto tempo se fosse ruim ou se não atendesse a expectativa de seus alunos.

Uncategorized

Por que a família é importante?

por journey
Saiba por que a família é tão importante para o desenvolvimento e a formação das crianças e adolescentes. Confira o artigo!

Que a família é a base da sociedade, nós já sabemos. Que ela é alicerce e primeira escola na vida de qualquer ser humano, também. Mas por que a família é tão importante para o desenvolvimento e a formação de crianças e adolescentes?

Preocupar-se com os filhos é algo natural no seio familiar. Pais sonham com as conquistas que eles terão quando adultos, almejam um futuro brilhante e desejam as mais belas vitórias para suas crianças. Criam uma rotina tão ou mais agitada quanto a de grandes executivos, com aulas de idiomas, esportes, artes e outras, para que estejam preparados no futuro para o mercado de trabalho.

Mas será só esse o papel da família? Certamente, não. Ela é a principal responsável pela educação de suas crianças; é o porto seguro que, de forma consciente e inconsciente, transmite valores e crenças que, ao longo do tempo, são absorvidos de acordo com os exemplos de atitudes e comportamentos dos adultos ao seu redor.

Acompanhe a leitura e saiba por que a família exerce papel tão importante na criação dos filhos e quais são os pontos essenciais para promover seu desenvolvimento.

Habilidades essenciais para o futuro

Quais habilidades socioemocionais precisam ser desenvolvidas desde cedo? São as habilidades mais complexas da inteligência, tais como: pensar antes de agir e reagir, colocar-se no lugar do outro (empatia), ser capaz de superar perdas e frustrações e interpretar comportamentos e sentimentos (os próprios e os dos outros).

É muito importante também promover: autoconfiança, autoestima, autocrítica, postura empreendedora, entre outras. Todas essas funções e habilidades são capazes de levar as crianças a desenvolverem relações intra e interpessoais saudáveis, embasadas na ética e na honestidade — sem esperar demais a contrapartida.

Dessa forma, a criança cresce sabendo respeitar as diferentes perspectivas, debater e não impor ideias, resolver conflitos, trabalhar em equipe e tantos outros ensinamentos que contribuirão para que sejam líderes de si mesmas. A seguir, veja alguns dos pontos de atuação mais importantes.

Desenvolvimento cognitivo

É dentro do ambiente familiar que as crianças começam a desenvolver suas habilidades. Por isso, é imprescindível que sejam estimuladas, logo nos primeiros passos, a fortalecer também as funções mais nobres de sua inteligência.

Aspectos como linguagem, raciocínio, capacidade de abstração e de resolução de problemas são fomentados no ambiente familiar. É sabido que, desde o nascimento, o bebê começa a aprender e que essa prática só termina ao fim da vida. O ser humano é curioso, investigativo e apto a absorver informações, mas os primeiros anos de vida são essenciais para impulsionar o desenvolvimento da inteligência.

Inteligência emocional

O melhor caminho para formarmos filhos mais inteligentes emocionalmente é ensiná-los a educar suas emoções quando ainda pequenos, mas nunca é tarde para essa iniciativa. Da mesma forma que nos preocupamos com o bem-estar físico de nossas crianças, é preciso pensar em seu bem-estar emocional, na forma como elas protegem suas emoções e em como se relacionam com o mundo ao seu redor.

É fundamental que as famílias invistam na saúde emocional de seus filhos, contribuindo para a prevenção de depressão, estresse, ansiedade, fobias, agressividade, entre outros transtornos psicológicos.Powered by Rock Convert

Para isso, é importante compreender que as crianças precisam vivenciar a sua infância. Elas têm necessidade de inventar, correr riscos, frustrar-se, ter tempo para brincar e se encantar com a vida. O envolvimento da família no desenvolvimento dos filhos é essencial, pois ela é parte insubstituível na vida de qualquer indivíduo. Isso significa poder dedicar mais tempo às nossas crianças: brincar mais com elas, levá-las para um passeio, sair da rotina de modo simples, mas significativo, com o objetivo de demonstrar amor e carinho. Ou seja, a família precisa estar atenta e disponível para favorecer o desenvolvimento físico, intelectual e emocional de seus filhos.

Sociabilização

É comum que a família busque proteger seus filhos de todos e quaisquer riscos; tentem poupar suas crianças de todas as frustrações e as presenteiem em excesso como forma de recompensar momentos de ausência, por exemplo. Sem perceber, os adultos muitas vezes criam um mundo artificial para seus filhos, sem se dar conta de que dessa forma estão impedindo que eles aprendam, verdadeiramente, como é o mundo real.

As famílias têm intenções excelentes para com seus filhos, mas não enxergam que não é preciso idealizar as situações para conseguir educá-los. O processo inclui a educação das emoções a fim de atender a única necessidade realmente importante: formar futuros adultos conscientes, felizes e capazes de conquistar o próprio sucesso.

Desempenho escolar

A família que participa ativamente do processo de aprendizagem das crianças, desde a Educação Infantil, está colaborando para o crescimento e o desenvolvimento escolar, ângulo de fundamental importância na sua formação.

A parceria entre família e educadores resulta em um melhor aproveitamento e desenvolvimento do intelecto infantil. Ao agir de forma contrária — ignorar ou negligenciar a participação na aprendizagem da criança —, a família causa transtornos equivalentes ao abandono moral.

Escolha da carreira

Um importante viés no qual a família exerce muita influência é na escolha da profissão. O momento de escolher o curso superior é decisivo para o sucesso do indivíduo, tanto na sua busca pessoal por felicidade e realização quanto pelo desejo que o jovem tem de contribuir para a melhoria do mundo e da vida em sociedade.

O jovem vê-se, muitas vezes, perdido entre o desejo dos pais de que ele siga a mesma carreira de alguém da família ou a expectativa da sociedade em valorizar determinadas profissões em detrimento de outras.

Por isso, educar os filhos para exercerem determinadas profissões pode ser bastante frustrante para a família ou para o próprio jovem. Isso porque a escolha, embora possa ser orientada por familiares e até amigos ou profissionais, é absolutamente pessoal. Ser filho de advogado, por exemplo, não é condição que obrigue a cursar Direito.

O jovem necessita contar com o apoio da família nesse momento tão decisivo em sua vida. Sem esse apoio, a escolha torna-se um momento de sofrimento e exaustão emocional.

A família é o ambiente em que a criança conhece regras de convivência e se prepara emocionalmente para as adversidades do mundo exterior. Nesse longo processo de aprendizado, há todo um esforço em cuidar, amparar, acolher os filhos para que se sintam seguros quando chegar a hora de deixar o “ninho”.

Resta, portanto, enfatizar que o tempo e o espaço dedicados à criação e à formação das crianças pela família exigem atenção, cuidado e dedicação. Crescendo em um ambiente sadio e estimulante, habilidades essenciais para a autonomia, felicidade e sucesso são desenvolvidas na criança.

Concurso público é um processo que permite o acesso ao emprego ou carga [ 1 ] [ 2 ] de modo amplo e democrático . E Um Procedimento impessoal Onde E assegurada Igualdade de Oportunidades a todos INTERESSADOS em concorrer para Exercer como atribuições oferecidas Pelo Estado , a quem de incumbirá identificar e selecionar Os Mais adequados Mediante criterios Objetivos .

http://bit.ly/2tShyGu

Uncategorized

5 técnicas de meditação e relaxamento para combater o estresse

por Priscila Stuani em 17/08/2018

Dizer que você evitará o estresse é como dizer que não vai comer doces pelo resto da vida. Muito provavelmente isso não vai acontecer.

Parece uma batalha perdida tanto para os chocólatras quanto para os super estressados. Mesmo que o estresse seja algo que todos nós enfrentamos ocasionalmente, e muitas vezes quando não esperamos, temos a sorte de ter algumas ferramentas à disposição para ajudar a combater esse sentimento de desamparo.

A meditação ajuda muito na luta diária, e embora eu sugira que isso seja uma prática regular, nem todos nós estamos na vibe de praticar. Mas existem outras técnicas  que podemos utilizar para combater o sentimento avassalador que muitas vezes podemos ter quando o estresse está levando o melhor de nós.

Tenha em mente que todos os itens a seguir podem ser feitos onde você estiver e que vai te ajudar a entrar em um estado mais relaxado. Não faz mal experimentá-los – e eles  podem ser um fator de mudança no seu dia.

Estas técnicas abaixo irão ajudá-lo a alcançar o relaxamento, não importa onde você estiver quando o estresse atinge com força.

1. A regra dos 16 segundos

Davidji, um conhecido especialista em meditação, fez algo importante de forma muito simples: leva 16 segundos, sempre que você precisar  se redefinir.

Se você precisa de um momento para se acalmar, para diminuir a raiva, ou entrar no momento presente, seguir esse processo simples causa uma pequena “interrupção do padrão”.

Mas o que é uma interrupção de padrão? Pense nisso como um botão de reset ou diga não quando você costuma dizer sim. Qualquer coisa que faça com que você saia do padrão em que você está e volte a focar.

Simplesmente respire por uma contagem de quatro, segure por uma contagem de quatro, solte por uma contagem de quatro e pare por uma contagem de quatro. Quatro pequenas etapas em quatro segundos cada e você terá uma redefinição de 16 segundos. Use-o sempre que precisar de um momento ou se sentir sobrecarregado.

2. O truque do dedo polegar e dedo médio

Esse truque também pode ser feito sempre que você quiser; no metrô, na sua mesa ou até na fila do almoço. Se sua mente está tirando o melhor de você, simplesmente coloque o polegar na lateral do dedo médio (mais próxima da base do dedo) e feche os olhos. Em seguida, inspire e expire lentamente algumas vezes enquanto pressiona levemente o dedo médio com o polegar.

Você deve sentir uma leve sensação de tontura o ao seguir esses passos simples. Depois de abrir os olhos, você sente uma sensação renovada de calma.

3. Respiração profunda

Este é mais um exercício simples que pode ser feito no local, sempre que você se sentir sobrecarregado com o que a vida está jogando em você.

Seus olhos podem ser abertos ou fechados, mas a ideia é inspirar o mais profundamente possível. No início, você provavelmente sentirá seu peito se expandindo e se abrindo ao inspirar profundamente. Mas se você continuar inalando após esse ponto, faça com que sua missão lentamente expanda seu estômago com a última parte daquela inspiração.

Você pode parecer temporariamente que acabou de comer o maior hambuger do mundo, mas durará apenas um segundo. Se você puder fazer isso por cinco ou dez respirações, ficará surpreso em saber como é relaxante. A maioria das pessoas, infelizmente, não respira profundamente o suficiente diariamente. É hora de mudar isso.

4. Seja grato

Este é um clássico e por um bom motivo.

Você precisa cultivar uma atitude de gratidão, e a melhor maneira de fazer isso é observar constantemente o que você é grato em sua vida. Para fazer isso, você tem que pensar ativamente sobre as coisas que o suportam.

Pode ser qualquer coisa, desde física a mental, até intangíveis, como relacionamentos, família, o trabalho que você faz ou, na verdade, quase tudo.

Não consegue encontrar três coisas? Você não está olhando o suficiente. Eu garanto a você que eles estão lá e em muito mais do que três. A razão pela qual não tomamos nota do que temos é porque estamos muito ocupados comparando nossas vidas e posses com todos os demais, literalmente não há tempo para “estocar suas próprias prateleiras”. As mídias sociais, meus amigos apimentados, podem ser o diabo.

Observe atentamente.

5. Visualização

Nossos cérebros são super poderosos. De fato, os cientistas ainda estão tentando ativamente entender nossos cérebros; há muito que nem sabemos.

Eles são tão poderosos que, em última análise, podemos criar situações e fazer com que nossos corpos respondam de acordo, sem que a situação realmente ocorra. Confuso? Veja um ótimo exemplo: imagine que você tenha que fazer um discurso público. Visualize. Imagine. Antes mesmo de chegar lá para fazer o discurso, você já sabe o que acontece. Suas palmas ficam suadas, seu ritmo cardíaco aumenta, você se sente fraco e enjoado.

Mas espere, você ainda não deu o discurso ainda. Seu cérebro conseguiu enganar seu corpo e pensar que você está a segundos de ficar na frente da multidão e vomitar seu monólogo.

Nós podemos ver o quão poderoso ele realmente é. Agora é hora de usar o poder do cérebro para sua vantagem, mas desta vez em um bom caminho.

Feche os olhos e coloque-se em uma situação que você acha pacífica. Está sentado em uma varanda à beira do lago? Está sentado na praia, com vista para o oceano? É no topo de uma montanha imersão na vista incrível do vale?

Seja o que for, realmente se coloque lá. Sinta a brisa. Cheire o ar, seja tingido com o mar salgado ou pinheiros da floresta. Ouça os sons. Veja as vistas. Entre nisso. Você pode voltar à realidade em alguns minutos, mas, enquanto isso, você está lá, onde quer que você escolha.

Depois de voltar ao momento presente atual, você se sentirá mais relaxado.

Vá em frente e fique calmo
A má notícia é que o estresse é real e é quase impossível escapar da sua vida. Tentar seria infrutífero; a vida é sobre navegar nesses momentos quando eles surgem.

A boa notícia é que há uma infinidade de ferramentas à sua disposição para ajudá-lo nos momentos em que você está se sentindo sobrecarregado. Você só precisa estar ciente deles e perceber que eles não são difíceis de implementar.

Então, da próxima vez que você sentir que o estresse tirou o melhor de você, tente usar algumas das técnicas acima. Seja um, dois ou todos os cinco, você se sentirá mais relaxado e calmo à medida que o dia passa. Além disso, saber que você tem o poder de redefinir o seu dia a qualquer momento deve dar a você a confiança de que o estresse, apesar de áspero, é apenas temporário. ARTIGO ANTERIOR

9 coisas produtivas para fazer ao invés de reclamar

PRÓXIMO ARTIGO 

A importância dos ciclos de sono na produtividade

http://bit.ly/2tShyGu

APOSTILAS OPÇÃO
Concurso ainda é a melhor forma de se dar um up na sua carreira profissional.