SEDUC-AM-2018 (Análise de Edital)

http://bit.ly/2jfK6l0

Concurso SEDUC AM 2018: Resultado preliminar da prova objetiva é divulgado! Confira!

Edital foi divulgado com 8.175 vagas; Provas foram aplicadas para mais de 200 mil inscritos
Por Saulo Moreira. Atualizado 07/08/2018 13:05

O resultado preliminar do concurso da Secretaria de Estado da Educação do Amazonas (Concurso SEDUC AM 2018) já pode ser consultado. As provas  foram aplicadas no domingo, 08 de julho, pelo organizadora do certame, o Instituto Acesso de Ensino, Pesquisa, Avaliação, Seleção e Emprego. De acordo com o edital de abertura publicado, serão oferecidas 8.175 vagas em cargos em diversos cargos do órgão. O certame registrou nada menos que 238.593 inscritos.

Do quantitativo de inscritos, 63.888 foram de candidatos de ensino superior, 173.656 de ensino fundamental e médio e 1.049 de ensino indígena.

Resultado Concurso SEDUC AM 2018 – Clique aqui

Suspensão

De acordo com denúncias realizadas, foram identificadas diversas irregularidades na realização das provas, entre elas, o atraso da chegada das provas nos locais do exame, troca de prova entre municípios, transporte irregular de malotes, bem como malotes com lacres violados.

Além das supostas irregularidades na aplicação das provas, a Coordenadoria de Pessoal do MPC-AM questiona a contratação direta da organizadora do certame, o Instituto acesso de Ensino, Pesquisa, Avaliação, Seleção e Emprego.

“A contratação direta, que excepciona a regra da realização de procedimento licitatório prévio para selecionar o fornecedor ou prestador do serviço a ser contratado, exige da empresa eleita reputação ético-profissional reconhecida. Não é a hipótese. Em consulta a página eletrônico do Instituto Acesso é possível verificar, conquanto criada em 1997, ter a entidade realizado seis concursos ao longo de 21 anos de existência, sendo o último em 2014, não evidenciando a qualificação do Instituto para ser contratado para promover o concurso para o provimento de cargos efetivos na Seduc”, afirmou o MPC-AM.

Anulação do concurso?

Na Representação, o MPC-AM pede a nulidade do concurso público caso seja comprovada a ocorrência de fraude na realização do certame, a nulidade do contrato firmado entre a Seduc e o Instituto Acesso, além da notificação do secretário de Estado de Educação, Lourenço dos Santos Pereira Braga, para apresentar, no prazo de cinco dias, esclarecimentos sobre as denúncias de fraude.

O Concurso

O primeiro edital publicado conta com normas para o preenchimento de 6.787 vagas para os cargos de Nível Superior, respeitado o percentual mínimo de 10% (dez por cento) a candidatos com deficiência, e o percentual de 2% (dois por cento) a candidatos portadores de Síndrome de Down. Já o segundo edital dispõe de 108 vagas para o cargo de Assistente Técnico e 600 vagas para o cargo de Merendeiro, também sendo respeitado o percentual mínimo de 10% (dez por cento) a candidatos com deficiência e o percentual de 2% (dois por cento) a candidatos portadores de Síndrome de Down.

Além disso, haverá 680 vagas para Profissionais do magistério para atuação nas áreas de Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza (ensino fundamental e médio), Ciências Humanas, Ciclo e Formas de Educar, com salários de R$ 2.076,54, por jornada de trabalho de 20 horas semanais. O edital de concurso 01/2018 foi retificado (veja no fim da matéria). Foi alterado no documento, a distribuição de vagas, bem como o conteúdo programático de algumas áreas

Provas serão reaplicadas para Professor de Ensino Regular – Ciclo, 20 horas – Manaus

O Instituto Acesso de Ensino, Pesquisa, Avaliação, Seleção e Emprego – Instituto Acesso, contratado pela Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino do Amazonas – SEDUC/AM para realizar concurso público objetivando o preenchimento de vagas de diversos cargos de acordo com o Edital n. 01/2018 vem a público esclarecer que, em homenagem à transparência, informou ao Ilustríssimo Senhor Secretário da SEDUC/AM, Dr. Lourenço Braga, a necessidade de imediata reaplicação das provas para todos os candidatos ao cargo específico de Professor de Ensino Regular – Ciclo, 20 horas – Manaus, em razão de incidente envolvendo a sua aplicação na tarde do dia 08 de julho de 2018, em data a ser posteriormente definida.

“Nesta oportunidade, o Instituto Acesso lamenta os transtornos e efeitos decorrentes de tal fato, reiterando seu compromisso com a ampla transparência e lisura do concurso público”, diz em nota.

Cargos do Concurso SEDUC AM 2018

As vagas de ensino fundamental e médio serão destinadas as funções de Assistente Técnico (108 vagas) e Merendeiro (600 vagas). As oportunidades de nível superior serão reservadas aos cargos de:

  • Professor do Ensino Regular – 20 horas – capital: 1.298 vagas
  • Professor do Ensino Regular – 40 horas – capital: 492 vagas
  • Professor do Ensino Regular – 20 horas – interior: 2.397 vagas
  • Professor do Ensino Regular – 40 horas – interior: 105 vagas
  • Professor Mediação Tecnológica – 20 horas – capital: 55 vagas
  • Professor Mediação Tecnológica – 20 horas -interior: 1.762 vagas
  • Professor Educação Especial – 20 horas – capital: 146 vagas
  • Professor Educação Especial – 20 horas – interior: 161 vagas
  • Pedagogo 20 Horas – capital: 60 vagas
  • Pedagogo 20 Horas – interior: 91 vagas
  • Pedagogo 40 Horas – capital: 40 vagas
  • Assistente Social – capital: 04 vagas
  • Assistente Social – interior: 33 vagas
  • Bibliotecário – interior: 50 vagas
  • Contador – capital: 05 vagas
  • Engenheiro – capital: 07 vagas
  • Estatístico – capital: 02 vagas
  • Fonoaudiólogo – capital: 03 vagas
  • Nutricionista – capital: 02 vagas
  • Nutricionista – interior: 38 vagas
  • Psicólogo – capital: 02 vagas
  • Psicólogo – interior: 34 vagas

Sobre os cargos do Concurso SEDUC AM 2018

Assistente Técnico

Requisitos: certificado de conclusão de curso do Ensino Médio, ou Curso Técnico equivalente, expedido por instituição de ensino, devidamente reconhecida por órgão competente, e conhecimento básico em Informática.

Atribuições: preparar relatórios técnicos das atividades desempenhadas; dar apoio técnico na realização das atividades fim do órgão; redigir, digitar e controlar processos, expedientes e relatórios administrativos e técnicos; prestar atendimento ao público em questões direcionadas à unidade administrativa; executar outras tarefas correlatas à sua área de atuação.

Merendeiro

Requisitos: Ensino Fundamental incompleto (conclusão de, no mínimo, 2º ano, ou antiga 1ª série do 1º grau) e conhecimento elementar de culinária.

Atribuições: preparar e distribuir merenda escolar; responsabilizar-se pela copa; lavar os utensílios e objetos utilizados nas mesas de refeições, responsabilizando-se por sua higiene e conservação; servir à mesa, após arrumá-la convenientemente; preparar café e alimentos de rápido cozimento; zelar pela conservação e limpeza do material e do local de trabalho; executar tarefas afins.

Assistente Social

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Serviço Social, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Serviço Social.

Atribuições: planejar, coordenar, executar e avaliar pesquisas e projetos sociais no âmbito educacional; realizar visitas domiciliares e institucionais; atendimento e acompanhamento social da comunidade escolar; orientar a comunidade escolar quanto aos seus direitos e deveres de cidadão; elaborar pareceres técnicos; desenvolver programas e projetos de prevenção e promoção da qualidade de vida.

Bibliotecário

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Biblioteconomia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Biblioteconomia.

Atribuições: dirigir, orientar, organizar, coordenar e controlar serviços de bibliotecas; selecionar e adquirir material destinado ao acervo da biblioteca; providenciar a aquisição de obras bibliográficas do interesse da biblioteca; catalogar e classificar as peças bibliográficas, promovendo sua conservação e recuperação; manter organizados os catálogos para uso do público, prestando as informações e orientações que forem solicitadas; Manter organizado o acervo de publicações oficiais, estaduais, nacionais e estrangeiras; distribuir serviço entre os auxiliares.

Contador

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Contabilidade e/ou Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Contabilidade.

Atribuições: avaliação de acervos patrimoniais e verificação de haveres e obrigações, para quaisquer finalidades, inclusive de natureza fiscal; reavaliações e medição dos efeitos das variações do poder aquisitivo da moeda sobre o patrimônio e os resultados periódicos de quaisquer entidades; implantação e aplicação dos planos de depreciação, amortização e deferimento, bem como de correções monetárias e reavaliações; regulações judiciais ou extrajudiciais, de avarias grossas ou comuns; escrituração regular, oficial ou não, de todos os fatos relativos aos patrimônios das entidades, por quaisquer métodos, técnicas ou processos; classificação dos fatos para registros contábeis, por qualquer processo, inclusive computação eletrônica, e respectiva validação dos registros e demonstrações; abertura e encerramento de escrituras contábeis; controle e avaliação da gestão econômica, financeira e patrimonial das empresas e demais entidades, inclusive nos conflitos trabalhistas e de tarifa; elaboração de orçamentos de qualquer tipo, tais como econômicos, financeiros, patrimoniais e de investimento; análise de variações orçamentárias; organização dos processos de prestação de contas das entidades e órgãos da administração pública federal, estadual e municipal, a serem julgados pelos Tribunais, Conselhos de Contas ou órgãos similares.

Engenheiro Civil

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Engenharia Civil, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia.

Atribuições: acompanhar, participar e fiscalizar a elaboração de projetos e de construção civil da Secretaria; acompanhar, participar e fiscalizar a realização de manutenções e de inspeções em obras civis, em instalações elétricas e em equipamentos de uso da Secretaria; definir as especificações técnicas para serviços e produtos de engenharia a serem adquiridos pela Secretaria; elaborar estudos de viabilidade técnica de projetos e estudos de riscos de execução de empreendimentos.

Engenheiro Eletricista

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Engenharia Elétrica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia.

Atribuições: acompanhar, participar e fiscalizar a elaboração de projetos e de construção civil da Secretaria; acompanhar, participar e fiscalizar a realização de manutenções e de inspeções em obras civis, em instalações elétricas e em equipamentos de uso da Secretaria; definir as 123 especificações técnicas para serviços e produtos de engenharia a serem adquiridos pela Secretaria; elaborar estudos de viabilidade técnica de projetos e estudos de riscos de execução de empreendimentos.

Engenheiro Mecânico

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Engenharia Mecânica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia.

Atribuições: acompanhar, participar e fiscalizar a elaboração de projetos e de construção civil da Secretaria; acompanhar, participar e fiscalizar a realização de manutenções e de inspeções em obras civis, em instalações elétricas e em equipamentos de uso da Secretaria; definir as especificações técnicas para serviços e produtos de engenharia a serem adquiridos pela Secretaria; elaborar estudos de viabilidade técnica de projetos e estudos de riscos de execução de empreendimentos.

Estatístico

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Estatística, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atribuições: planejar e dirigir a execução de pesquisas ou levantamentos estatísticos; executar o controle estatístico de produção e de qualidade; efetuar pesquisas, análises estatísticas, perícias em matéria de estatística e assinar os laudos respectivos; responsabilizar-se pela escrituração de livros de registro de controle estatístico criados em Lei; emitir pareceres no campo da estatística.

Fonoaudiólogo

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Fonoaudiologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atribuições: atender pacientes e clientes para prevenção, habilitação e reabilitação, utilizando protocolos e procedimentos específicos de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e ortoptia; realizar diagnósticos específicos, com a avaliação de comunicação oral e escrita, voz e audição; realizar terapia fonoaudiológica dos problemas de voz e fala; participar de equipes de orientação e planejamento escolar, inserindo aspectos preventivos relacionados a assuntos fonoaudiológicos; ministrar testes e tratamentos ortópticos; desenvolver programas de prevenção, promoção de saúde e qualidade de vida.

Nutricionista

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Nutrição, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Nutricionistas.

Atribuições: planejar, organizar, administrar e avaliar unidades de alimentação e nutrição; efetuar controle higiênico-sanitário; executar a elaboração de cardápios normais e especiais, inclusive dietas, aplicando os princípios da nutrição a pessoas e grupos, adequando o valor nutritivo dos alimentos às necessidades dos mesmos; participar de programas de educação nutricional; planejar e coordenar estudos dietéticos; elaborar informe técnico-científico.

Psicólogo

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Psicologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no Conselho Regional de Psicologia.

Atribuições: prevenção, orientação e acompanhamento na área de Psicologia a servidores e estudantes; elaboração e avaliação de desempenho, aprendizagem e de nível intelectual; realizar exames psicológicos com diagnóstico específico; atender, acompanhar e controlar a evolução clínica da comunidade escolar; realizar psicoterapia; diagnosticar, planejar e executar intervenção psicopedagógica no âmbito educacional.

Pedagogo

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Pedagogia com habilitação e/ou apostilamento em: Supervisão Educacional, Orientação Educacional, Administração e Inspeção Escolar, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atribuições: formular, orientar, acompanhar, fiscalizar e executar propostas pedagógicas, no ensino público estadual; atuar nas áreas de administração, supervisão e inspeção escolar; atuar nas áreas de planejamento, orientação e psicopedagogia educacional; cooperar com as atividades docentes; participar na elaboração da proposta pedagógica das unidades escolares, objetivando garantir o efetivo desempenho das ações e da qualidade do ensino.

Professor

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Licenciatura Plena na área específica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atribuições: atuar no nível pré-escolar, educação especial, programa de educação básica e na realização de um conjunto de atividades didático-pedagógicas nos níveis de ensino fundamental e médio; realizar estudos e pesquisas científicas no âmbito educacional; prestar assessoramento técnico especializado no âmbito do sistema educacional de Estado; participar na elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento do ensino; participar na elaboração e execução do plano de trabalho docente; atuar com zelo e responsabilidade na aprendizagem do aluno; colaborar diretamente nas atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade, objetivando garantir o efetivo desempenho das ações de ensino em prol do desenvolvimento social, da cidadania e do bom conceito de qualidade da educação pública estadual.

Professor para o Ensino Indígena 20 horas

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Licenciatura Plena na área específica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atribuições: atuar no nível pré-escolar, educação especial, programa de educação básica e na realização de um conjunto de atividades didático-pedagógicas nos níveis de ensino fundamental e médio; realizar estudos e pesquisas científicas no âmbito educacional; prestar assessoramento técnico especializado no âmbito do sistema educacional de Estado; participar na elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento do ensino; participar na elaboração e execução do plano de trabalho docente; atuar com zelo e responsabilidade na aprendizagem do aluno; colaborar diretamente nas atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade, objetivando garantir o efetivo desempenho das ações de ensino em prol do desenvolvimento social, da cidadania e do bom conceito de qualidade da educação pública estadual.

Salários do Concurso SEDUC AM 2018

A remuneração do Assistente Técnico será de R$ 1.779,24 (mil, setecentos e setenta e nove reais e vinte e quatro centavos), enquanto os ganhos de Merendeiro chegarão a R$ 1.525,06 (mil, quinhentos e vinte e cinco reais e seis centavos).

Já os vencimentos dos demais cargos ficarão da seguinte forma:

a) Vencimento inicial-profissionais do Magistério 20 horas – R$ 2.076,54 (dois mil, setenta e seis reais e cinquenta e quatro centavos);

b) Vencimento inicial-profissionais do Magistério 40 horas – R$ 4.143,06 (quatro mil, cento e quarenta e três reais e seis centavos);

c) Vencimento inicial-profissionais Nível Superior 30 horas – R$ 3.114,84 (três mil, cento e quatorze reais e oitenta e quatro centavos).

Benefícios (para todos os cargos do concurso)

Além do vencimento inicial, os candidatos investidos nos cargos também receberão as seguintes verbas:

Auxílio Alimentação a) Aos servidores lotados nas escolas R$ 420,00 (quatrocentos e vinte reais); b) Aos servidores lotados em outras unidades administrativas da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino, diferente de prédios escolares R$ 220,00 (duzentos e vinte reais).

Vale Transporte – mediante solicitação individual no valor de R$ 167,00 (cento e sessenta e sete reais), obedecendo ao disposto no art. 2°. da Lei 4.578 , de 09 de abril de 2018.

Inscrição Concurso SEDUC AM 2018

Os interessados em concorrer a uma das vagas puderam se inscrever entre 0h do dia 21 de abril e 23 horas e 59 minutos do dia 20 de maio de 2018, no site oficial da organizadora do concurso (www.institutoacesso.org.br), considerando -se o horário de Manaus – AM. A taxa de inscrição custou:

R$50,00 para Merendeiro;

R$60,00 para Assistente Técnico; e

R$70,00 para os cargos de ensino superior.

Etapas do Concurso SEDUC AM 2018 – Cargos de nível superior

A seleção dos candidatos para os cargos de Professor 20 horas (exceto Educação Especial 01 – Tradutor Intérprete de Libras), Professor 40 horas, Pedagogo 20 horas e Pedagogo 40 horas dar-se-á por meio de três etapas: a) Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório; b) Prova Escrita Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório; c) Avaliação de Títulos, de caráter classificatório.

A seleção dos candidatos para o cargo de Professor 20 horas – Educação Especial 01 – Tradutor Intérprete de Libras dar-se-á por meio de quatro etapas: a) Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório; b) Prova Escrita Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório; c) Avaliação de Títulos, de caráter classificatório; d) Prova Prática, de caráter eliminatório e classificatório.

A seleção dos candidatos para os cargos de Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Mecânico, Estatístico, Fonoaudiólogo, Nutricionista e Psicólogo dar-se-á por meio de duas etapas: a) Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório; b) Prova Escrita Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório.

As provas serão realizadas no município de Manaus e em outros 61 (sessenta e um) municípios do Estado do Amazonas.

Etapas do Concurso SEDUC AM 2018 – Cargos de nível fundamental e médio

A seleção dos candidatos para o cargo de Assistente Técnico dar-se-á por meio de uma Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório.

A seleção dos candidatos para o cargo de Merendeiro dar-se-á por meio de uma Prova Escrita Objetiva e de uma Prova Prática, ambas de caráter eliminatório e classificatório.

Etapas do Concurso SEDUC AM 2018 – Professor Indígena

A seleção dos candidatos para o cargo de Professor para o Ensino Indígena 20 horas dar-se-á por meio de três etapas:

a) Prova Escrita Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;

b) Prova Escrita Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório; e

c) Avaliação de Títulos, de caráter classificatório.

Provas do Concurso SEDUC AM 2018

A Prova Escrita Objetiva e a Prova Prática foram realizadas na cidade de Manaus e em outros 61 (sessenta e um) municípios do estado do Amazonas no dia 08 de julho de 2018. As avaliações serão aplicadas no turno da tarde para ensino superior e turno da manhã para nível fundamental e médio.

As provas foram aplicadas nas cidades de Alvarães, Amaturá, Anamã, Anori, Apuí, Atalaia do Norte, Autazes, Barcelos, Barreirinha, Benjamin Constant, Beruri, Boa Vista do Ramos, Boca do Acre, Borba, Caapiranga, Canutama, Carauari, Careiro, Careiro da Várzea, Coari, Codajás, Eirunepé, Envira, Fonte Boa, Guajará, Humaitá, Ipixuna, Iranduba, Itacoatiara, Itamarati, Itapiranga, Japurá, Juruá, Jutaí, Lábrea, Manacapuru, Manaquiri, Manaus, Manicoré, Maraã, Maués, Nhamundá, Nova Olinda do Norte, Novo Airão, Novo Aripuanã, Parintins, Pauini, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Santa Isabel do Rio Negro, Santo Antônio do Içá, São Gabriel da Cachoeira, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Silves, Tabatinga, Tapauá, Tefé, Tonantins, Uarini, Urucará e Urucurituba. Os locais e horários de provas serão divulgados no dia 18 de junho.

As avaliações de Educação Indígena serão realizadas em Amaturá, Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Borba, Humaitá, Ipixuna, Jutaí, Manicoré, Nhamundá, Santa Isabel do Rio Negro, Santo Antônio do Içá, São Gabriel da Cachoeira, São Paulo de Olivença e Tabatinga.

Os candidatos dos cargos de Professor 20 horas e Professor 40 horas serão avaliados por questões de Língua Portuguesa (10 questões – Peso 1), Conhecimentos Pedagógicos (20 questões – Peso 2) e Conhecimentos Específicos (20 questões – Peso 2).

Já os inscritos nos cargos de Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Mecânico, Estatístico, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Pedagogo 20 horas, Pedagogo 40 horas e Psicólogo serão avaliados por questões de Língua Portuguesa (20 questões – Peso 1), Legislação Específica (10 questões – Peso 1) e Conhecimentos Específicos (20 questões – Peso 2).

As provas de Assistente Técnico contarão com questões de Língua Portuguesa (10 questões – Peso 1), Raciocínio Lógico-Matemático (08 questões – Peso 1), Noções de Informática (07 questões – Peso 1) e Conhecimentos Específicos (15 questões – Peso 2).

Por fim, a prova de Merendeiro abordará temas de Língua Portuguesa (15 questões – Peso 1), Matemática (15 questões – Peso 1) e Conhecimentos Específicos (10 questões – Peso 2).

Informações do concurso
  • Concurso: Secretaria de Educação do Amazonas (SEDUC-AM 2018)
  • Banca organizadora: Instituto Acesso
  • Escolaridade: fundamental, médio e superior
  • Número de vagas: 8.175 vagas
  • Remuneração: até R$ 4.143,06
  • Inscrições: entre 21 de abril e 20 de maio
  • Taxa de Inscrição: R$50,00 para Merendeiro; R$60,00 para Assistente Técnico; e R$70,00 para os cargos de ensino superior.
  • Provas: 08 de julho de 2018
  • Situação: PUBLICADO 

Edital Concurso SEDUC AM 2018 – Nível Superior Retificação do edital

Edital Concurso SEDUC AM 2018 – Assistente e Merendeiro

Edital Concurso SEDUC AM 2018 – Educação Indígena

Edital Concurso SEDUC AM 2018 – Distribuição das vagas pelos municípios – Retificado

Apostila SEDUC-AM 2018 - Assistente Técnico [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Pedagogo [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor (Comum a Todos) [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor - Artes [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor - Biologia [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor - Ciclo [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor - Ciências [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor - Educação Física [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor - Filosofia [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor - Física [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor - Geografia [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor - História [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor - Língua Portuguesa [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor - Matemática [CD Grátis]
Apostila SEDUC-AM 2018 - Professor - Química [CD Grátis]
[Apostila Digital)] SEDUC-AM 2018 - Professor - Física
[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Assistente Técnico
[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Merendeiro

 

[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Professor (Comum a Todos)
[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Professor - Artes
[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Professor - Biologia
[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Professor - Ciclo
[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Professor - Ciências
[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Professor - Educação Física
[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Professor - Geografia
[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Professor - História
[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Professor - Língua Portuguesa
[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Professor - Matemática
[Apostila Digital] SEDUC-AM 2018 - Professor - Química
[Apostila Digita]) SEDUC-AM 2018 - Professor - Filosofia

Sobre a Secretaria

A criação da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC) ocorreu no ano de 1946, através da Lei 1.596, de 05/01/1946, com denominação de Diretoria Geral do Departamento de Educação e Cultura. Com a Lei 12, de 09/05/1953, sofreu a primeira alteração em sua nomenclatura, recebendo o nome de Secretaria de Educação, Cultura e Saúde. Ainda no mesmo ano, com a Lei 65, de 21/07/1953, recebeu a denominação de Secretaria de Educação, Saúde e Assistência Social.Após dois anos, sob a Lei 108, de 23/12/1955, recebe o nome de Secretaria de Educação e Cultura. Nova alteração só ocorreu 46 anos mais tarde, com a Lei 2.032, de 02/05/1991, quando recebe o nome de Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Desporto.A denominação atual, de Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC), veio com a Lei 2.600, de 04/02/2000.

Competências

A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC), órgão integrante da Administração Direta do Poder Executivo, tem como finalidades:I – a formulação, a supervisão, a coordenação, a execução e a avaliação da Política Estadual de Educação;II – a execução da Educação Básica: ensino fundamental e médio e modalidades de ensino;III – a assistência, orientação e acompanhamento das atividades dos estabelecimentos de ensino;Art. 2.º Para o cumprimento do disposto no artigo anterior, compete à Secretaria de Estado da Educação do Amazonas a formulação, a coordenação, o controle, a avaliação e a execução das políticas educacionais do Estado do Amazonas, zelando pelo cumprimento da legislação específica, mediante a execução de programas, ações e atividades relacionadas:I – à coordenação do processo de definição, implementação e manutenção de políticas públicas para a educação no Estado;II – à provisão de recursos necessários, métodos e profissionais qualificados para o aprimoramento dos serviços educacionais oferecidos  à  sociedade;III – à elaboração de planos, programas e projetos educacionais em conformidade com as diretrizes e metas governamentais;IV – ao assessoramento às escolas estaduais na elaboração, execução e avaliação de programas educacionais e implementação de inovações pedagógicas no ensino fundamental e médio e modalidades;V – à manutenção de sistema permanente de informações quantitativas e qualitativas, da população estudantil, da qualificação dos profissionais da educação e da infra-estrutura da rede escolar;VI – à elaboração de estudos e pesquisa, definição e avaliação de indicadores da qualidade e efetividade do sistema educacional;VII – ao oferecimento das condições de operacionalização e manutenção do processo de municipalização da educação, em parceria com os Municípios;VIII – à manutenção de intercâmbio sistemático com órgãos públicos, entidades privadas e organizações comunitárias, visando maior representação da sociedade  no processo educativo;IX – à elaboração, controle e fiscalização de projetos necessários ao cumprimento das competências desta Secretaria;X – à promoção de ações e programas de política educacional, em articulação com as demais esferas de Governo, com o setor privado, as organizações não-governamentais e a sociedade civil;XI – ao desenvolvimento de outras atividades atinentes à sua natureza, oferecendo apoio, subsídios e meios para a execução das políticas educacionais e de desenvolvimento do ensino; XII – à execução de outras ações e atividades concernentes à sua natureza ou determinadas pelo Chefe do Poder Executivo.

 

apostilas-opc3a7c3a3o1

http://bit.ly/2tShyGu

 

SEDUC-CE (Legislação Básica da Educação)

wdwilson

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

Edital do concurso SEDUC CE: estão abertas as inscrições nesta terça-feira (7) com 2.500 vagas

Estão abertas as inscrições para o Concurso Seduc CE nesta terça-feira (7), o edital foi publicado no Diário Oficial do Ceará e a oferta é de 2.500 vagas para o cargo de professor em 14 especialidades.

As inscrições ficam abertas por 30 dias até a data limite do dia 05 de setembro, no site da banca UECE (Universidade Estadual do Ceará). O valor da taxa de inscrição foi fixado no valor de R$ 90,00. As provas vão acontecer no dia 21 de outubro.

Confira abaixo, todas as informações para que você possa se preparar para o certame:

Distribuição das vagas

As 2.500 foram divididas da seguinte forma:

  • Arte-Educação (50)
  • Biologia (250)
  • Educação Física (100)
  • Filosofia (120)
  • Física (250)
  • Geografia (250)
  • História (250)
  • Libras (10)
  • Espanhol (95)
  • Inglês (100)
  • Português (305)
  • Matemática (400)
  • Química (200)

Ver o post original 456 mais palavras

SEDUC-CE (Legislação Básica da Educação)

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

Edital do concurso SEDUC CE: estão abertas as inscrições nesta terça-feira (7) com 2.500 vagas

Estão abertas as inscrições para o Concurso Seduc CE nesta terça-feira (7), o edital foi publicado no Diário Oficial do Ceará e a oferta é de 2.500 vagas para o cargo de professor em 14 especialidades.

As inscrições ficam abertas por 30 dias até a data limite do dia 05 de setembro, no site da banca UECE (Universidade Estadual do Ceará). O valor da taxa de inscrição foi fixado no valor de R$ 90,00. As provas vão acontecer no dia 21 de outubro.

Confira abaixo, todas as informações para que você possa se preparar para o certame:

Distribuição das vagas

As 2.500 foram divididas da seguinte forma:

  • Arte-Educação (50)
  • Biologia (250)
  • Educação Física (100)
  • Filosofia (120)
  • Física (250)
  • Geografia (250)
  • História (250)
  • Libras (10)
  • Espanhol (95)
  • Inglês (100)
  • Português (305)
  • Matemática (400)
  • Química (200)
  • Sociologia (120)

Remuneração e benefícios

20h: R$ R$1.794,12

40h: R$ 3.588,27

Auxílio alimentação: R$ 15,00 por dia útil

Etapas do concurso Seduc CE

  1. Provas objetivas – P1 e P2 (eliminatório e classificatório)
  2. Prova Prática – Aula (eliminatório e classificatório)
  3. Avaliação de Títulos (classificatório)

P1) Conhecimentos Básicos com 30 questões para todos os candidatos abrangendo as quatro matérias:

  • Educação Brasileira: Temas Educacionais e Pedagógicos (8)
  • Administração Pública (6)
  • Língua Portuguesa (8)
  • Leitura e Interpretação de Dados e Indicadores Educacionais (8)

P2) Conhecimentos Específicos com 50 questões associada a cada disciplina de opção do candidato.

Ambas as provas serão múltipla escolha, com quatro alternativas.

Prova prática: referente a disciplina de opção de cada candidato, com duração de 25 minutos, sendo 20 minutos para exposição e 5 minutos para a banca fazer questionamentos, sobre Tema sorteado.

As provas objetivas serão realizadas nas seguintes cidades do Ceará:

Fortaleza e nas cidades cearenses sedes das Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (CREDE’s) da Secretaria da Educação do Estado do Ceará (SEDUC), a seguir indicadas:

Acaraú, Baturité, Brejo Santo, Camocim, Canindé, Crateús, Crato, Horizonte, Icó, Iguatu, Itapipoca, Jaguaribe, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Quixadá, Russas, Senador Pompeu, Sobral, Tauá e Tianguá.

Atribuições do cargo

  • Participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;
  • Elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;
  • Zelar pela aprendizagem dos alunos;
  • Estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento;
  • Ministrar os dias letivos e horas aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional;
  • Colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

Análise de edital

 

Gostou dessa oportunidade e deseja se preparar? O Estratégia Concursos lançou cursos específicos para 0 certame! Confira:

CURSOS PARA CONCURSO SEDUC CE

 

Ficha Técnica Concurso SEDUC CE

►Data da prova: 21/10
►Vagas: 2.500
►Cargos: Professor
►Lotações: Ceará
►Banca: UECE
►Escolaridade: Nível superior

►Cursos Estratégia Concursos: CURSOS PARA CONCURSO SEDUC CE 
►Edital: Edital SEDUC CE

►Inscrições: uece.br/cev

Camila Leite
Ascom Estratégia
ascomestrategia@gmail.com

Receba notícias de Concursos no seu WhatsApp e/ou Telegram!

Cadastre-se clicando no ícone abaixo

Notícias de concursos no seu WhatsApp e/ou Telegram

Compartilhe:

VEJA OS COMENTÁRIOS:
  • Hilara 07/08/2018 às 16:54

    Olá. Quero fazer a inscrição mas não estou conseguindo.. Estou no 6 periodo do curso de ciências biologicas posso concorrer a uma vaga ?

    Camila Leite 07/08/2018 às 17:51

    Olá Hilara. Para solucionar problemas referentes a inscrição, por favor contacte a banca organizadora do certame.
    Att. Equipe Estratégia Concursos

  • Elma 05/08/2018 às 0:05

    Este concurso será efetivo ? Ficou confuso . obriagada

    Camila Leite 06/08/2018 às 16:37

    Olá Elma. Conforme consta no edital, o concurso é para provimento efetivo.
    Att. Equipe Estratégia Concursos

     

    concursos-abertos

    http://bit.ly/2GGJEHI

Concurso INSS

wdwilson

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

Concurso INSS: contratações só poderão ser feitas com novo edital

O INSS enviou nota técnica ao Ministério do Planejamento solicitando convocação de 2.580 excedentes do último concurso e 7.888 vagas para novo concurso
Por Saulo Moreira. Atualizado 06/08/2018 13:13

O último concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), divulgado em dezembro 2015, teve validade encerrada no último domingo, 05 de agosto, e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) não autorizou nomeações de excedentes. Com isso, novas contratações para o órgão somente através de novo concurso. E para isso, o órgão solicitou 7.888 vagas.

A Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (FENASPS) havia protocolado no último dia 25 de julho, nos ministérios do Desenvolvimento Social (MDS) e do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), ofícios solicitando a nomeação dos excedentes do último concurso público realizado para provimento de vagas no INSS. O mesmo documento…

Ver o post original 2.946 mais palavras

Concurso INSS

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

Concurso INSS: contratações só poderão ser feitas com novo edital

O INSS enviou nota técnica ao Ministério do Planejamento solicitando convocação de 2.580 excedentes do último concurso e 7.888 vagas para novo concurso
Por Saulo Moreira. Atualizado 06/08/2018 13:13

O último concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), divulgado em dezembro 2015, teve validade encerrada no último domingo, 05 de agosto, e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) não autorizou nomeações de excedentes. Com isso, novas contratações para o órgão somente através de novo concurso. E para isso, o órgão solicitou 7.888 vagas.

A Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (FENASPS) havia protocolado no último dia 25 de julho, nos ministérios do Desenvolvimento Social (MDS) e do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), ofícios solicitando a nomeação dos excedentes do último concurso público realizado para provimento de vagas no INSS. O mesmo documento também foi apresentado no gabinete do presidente do INSS. “Essa solicitação, referendada inclusive na Plenária Nacional de 8 de julho, se torna fundamental, considerando que pelo menos um terço dos servidores INSS terá condições de se aposentar já em janeiro de 2019, deixando o órgão, que possui atualmente déficit de 16 mil servidores, segundo a própria gestão, em uma situação calamitosa”, frisou a Fenasps.

Órgão solicitou ao governo mais de 10 mil vagas

O INSS enviou nota técnica ao Ministério do Planejamento solicitando o preenchimento de nada menos que 10.468 vagas. Do quantitativo solicitado, 7.888 vagas são para a abertura de novo concurso público do INSS. As 2.580 vagas restantes foram solicitadas para chamada de excedentes do concurso anterior, o que acabou não acontecendo. (veja abaixo).

De acordo com o INSS, o documento serve para ratificar “a urgência na recomposição continuada do quadro permanente de pessoal do Instituto Nacional do Seguro Social. mediante a ampliação do número de vagas do concurso público autorizado – em 2015 -, e, posteriormente, a autorização para realização de novo concurso público”.

Nos dias 24 e 25 de abril, foram realizadas duas reuniões com a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (FENASPS). Na reunião da terça-feira, 24, o presidente informou que o déficit atual do INSS é de 16 mil servidores. Já na quarta-feira, 25, foi a vez do secretário Alexandre Guimarães reunir com os federados. Ele disse que “está muito preocupado com o número expressivo de servidores que deixarão a casa no próximo período”.

No início de abril, representantes da Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (FENAPS) estiveram em reunião na Secretaria de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (SGP/MPDG). Na pauta, estavam os temas de reajustes salariais, planos de saúde, cumprimentos de acordo de greve e abertura de novo concurso público.

Os representantes da Federação reafirmaram a necessidade do edital do concurso público do INSS frente ao caos generalizado em que se encontram os postos de trabalho e o atendimento à população nas políticas públicas da base da federação. Reivindicou ainda que fossem empossados os excedentes dos últimos concursos.

Em resposta, o Planejamento afirmou categoricamente que não há possibilidade de convocação dos excedentes dos últimos concursos em função da expiração dos prazos legais definidos em edital. Em relação a novos concursos, o Planejamento informou que o pedido do edital do concurso INSS 2018 será encaminhado para as demandas prioritárias deste ano. A possibilidade de atender as vagas ainda é remota pelas questões envolvendo a intervenção militar no RJ e a operação “Carne Fraca”, que remanejaram recursos dos concursos. No entanto, a expectativa é que o certame possa ser autorizado.

O Instituto Nacional do Seguro Social solicitou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) a abertura de um novo concurso público (Concurso INSS 2018/2019) para 7.580 vagas. Sem autorização, o presidente do INSS, Francisco Lopes, e o diretor de Gestão de Pessoas, Alexandre Guimarães, mostraram grande preocupação com o atual quadro de servidores da instituição.

Em 3 meses, mais de 1.000 servidores se aposentaram

Em três meses, o INSS perdeu, por aposentadorias, nada menos que 1.001 servidores. Deste total, o maior quantitativo é do cargo de Técnico do Seguro Social. O alto número de vacâncias é assustador, principalmente porque as vagas não serão preenchidas de imediato, uma vez que o Ministério do Planejamento não deu aval para chamada de excedentes do concurso de 2015 (válido até agosto de 2018) e autorização de um novo concurso. Veja abaixo o quantitativo de aposentadorias do órgão por mês.

Janeiro: 167 aposentadorias;

Fevereiro: 489 aposentadorias; e

Março: 345 aposentadorias.

Cargo de Técnico do Seguro Social tem o maior número de saídas

O cargo de Técnico do Seguro Social, função que tem requisito de nível superior, registra o maior número de saídas. Do total de saídas informadas acima, 655 técnicos deixaram o INSS. Este número é quase o mesmo quantitativo de vagas oferecidas no último concurso: 800.

Presidente é autorizado a prover vagas por concurso público

Excelente notícia para os candidatos que aguardam nomeações e esperam o próximo concursopúblico do Instituto Nacional do Seguro Social (Concurso INSS 2018). Acontece que foi divulgado no Diário Oficial da União do dia 24 de maio, a portaria que autoriza o presidente do órgão a prover diversos atos dentro do respectivo Quadro de Pessoal. Dentre elas, está o provimento de cargos efetivos em decorrência de habilitação em concurso público. O documento foi assinado por Alberto Beltrame (veja abaixo).

Além disso, outro ponto importante da portaria é a delegação de competência aos Diretores de Saúde do Trabalhador e de Orçamento, Finanças e Logística, de Benefícios, de Atendimento e de Gestão de Pessoas, ao Procurador-Chefe da Procuradoria Federal Especializada junto ao INSS, ao Auditor-Geral e ao Corregedor-Geral, bem como ao Presidente do INSS, para no âmbito de suas respectivas áreas de atuação, designar e dispensar comissionados.

Prepare-se: Apostila Concurso INSS 2018 – Atualizada

Pedido de novo concurso para INSS é para 7.888 vagas

Está em análise no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), o novo pedido de concurso para nada menos que 7.888 vagas, distribuídas entre as funções de Técnico do Seguro Social (nível médio – 3.984 vagas), Analista – diversas especialidades (nível superior – 1.692 vagas) e Perito Médico (nível superior – 2.212 vagas).

O último avanço do pedido de concurso INSS aconteceu no dia 13 de abril. De acordo com o protocolo integrado do Governo Federal (veja abaixo), a qual o Notícias Concursos teve acesso, a solicitação foi alterada de nível de acesso geral para público na Coordenação-Geral de Benefícios Previdenciários/SNAS/DBAP/SNAS/Ministério do Desenvolvimento Social do Planejamento.

Além dos avanços, uma outra boa notícia veio do Ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra. De acordo com ele, existe a prioridade de realização de concurso do INSS 2018. A carência no quadro de servidores do Instituto foi reconhecida pelo titular do Ministério a qual, inclusive, o órgão pertence.

Ainda segundo Osmar,  a expectativa é que novas vagas sejam autorizadas a partir do momento que o país registrar uma melhoria na arrecadação financeira. Além disso, ele afirmou que o concurso anterior, realizado entre 2015 e 2016, deverá ser concluído, antes que um novo certame seja autorizado. Lembrando que o último concurso tem validade até agosto deste ano. Nomeações do cargos já estão acontecendo.

A expectativa pelo edital de concurso INSS 2018/2019 é grande. No mês de janeiro, o pedido teve avanços significativos no Ministério do Planejamento. Agora, a solicitação já está sendo analisada pela Assessoria Técnica e Administrativa do gabinete do ministro Dyogo Oliveira. O avanço ocorreu logo após o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social, Francisco Lopes, informar que reiterou ao Ministério do Planejamento a necessidade de que os pedidos de novo edital e de chamada de excedentes da seleção de 2015 sejam autorizados.

Concurso poderá ser exceção

Se depender do ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, essa será uma das seleções autorizadas pelo governo. No dia 08 de janeiro, a solicitação do concurso foi recebida na unidade de gabinete do secretário de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento, um importante passo de análise de concursos. Lembrando que no final do ano passado, o pedido de concurso contou com nada menos que 15 movimentações, demonstrando rapidez no processo de análise do certame.

Recentemente, o assessor especial do Ministério do Planejamento, Arnaldo Lima Junior, disse que a previsão de retomada dos concursos públicos, entre eles o do INSS, será feita. Ele recomendou que os “concurseiros” não “tirem o pé” e mantenham os estudos. “Concurso público é difícil. Tem que manter focado. A gente sempre acha que nessa área de atendimento ao público direto, INSS, acho que seja uma das grandes desafios, e as universidades também [devem ter reposições de vagas]. Todas as áreas vão voltar a ter concursos [de 2019 em diante]”, disse.

Ainda de acordo com o assessor, os concursos serão necessários para preencher vagas que serão abertas com a aposentadoria de servidores. Números do governo mostram que, até 2027, quase 40% dos servidores públicos do Executivo Federal, cerca de 216 mil trabalhadores, devem se aposentar. “O objetivo é manter a força de trabalho em um quantitativo próximo ano atual. Então, não há dúvida que vai ter uma retomada de contratação nos próximos anos (…) Acho que em 2019 já é um cenário melhor [para concursos]”, afirmou Lima Junior ao G1.

De acordo com relatório, déficit já passa de 19 mil servidores

Apesar de ter divulgado um concurso em 2015 com 950 vagas, o INSS conta com um déficit de nada menos que 19.221 servidores. Desse quantitativo, há a carência nos cargos de técnico (12.142), analista (2.299) e perito médico (1.630). O déficit no órgão ainda pode piorar com os 12.043 servidores que estão em vias de se aposentar. Se isso acontecer, conforme já apontou em auditoria o Tribunal de Contas da União (TCU), o INSS deverá divulgar um novo concurso público para reoxigenar o seu quadro de servidores. Os dados citados são do balanço divulgado no ano passado pelo Portal Siape Net, da Secretaria de Gestão de Pessoas e Relações do Trabalho no Serviço Público do Ministério do Planejamento.

Sindicato cobra concurso

O sindicato que representa o órgão questionou o novo presidente do INSS, Francisco Lopes, sobre a abertura de um novo certame. E o retorno foi favorável. A informação é de que o concurso do INSS será uma das prioridades do governo de Michel Temer para este ano.

Prepare-se: Apostila Concurso INSS 2018 – Atualizada

O Concurso INSS 2018

Para concorrer ao cargo de Técnico do Seguro Social do INSS, o candidato deverá ter certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. O cargo tem missão de realizar atividades internas e externas relacionadas ao planejamento, à organização e à execução de tarefas de competências constitucionais e legais do INSS que não demandem formação profissional específica; coletar informações, executar pesquisas, levantamentos e controles, emitir relatórios e pareceres; e exercer, mediante designação da autoridade competente, outras atividades relacionadas às finalidades institucionais do INSS, além das atividades comuns mencionadas no edital. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Já o Analista do Seguro Social requer diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Serviço Social, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e registro no órgão de classe específico. O cargo tem missão de prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados pelo INSS nas Agências da Previdência Social – APS e aos seus servidores, aposentados e pensionistas; elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de Serviço Social e Reabilitação Profissional; supervisionar e homologar os programas profissionais realizados por terceiros ou instituições conveniadas; entre outras atribuições. A jornada de trabalho também é de 40 horas semanais.

Por fim, o cargo de Perito Médico Previdenciário requer diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por Instituição de Ensino Superior credenciada pelo MEC, Registro regular no Conselho Regional de Medicina. O cargo deverá exercer, privativamente, no âmbito do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e do Ministério da Previdência Social (MPS), as atividades Médico-Periciais inerentes ao Regime Geral da Previdência Social de que tratam as leis, em especial a: I – emissão de parecer conclusivo quanto à capacidade laboral para fins previdenciários; II – inspeção de ambientes de trabalho para fins previdenciários; III – caracterização da invalidez para benefícios previdenciários e assistenciais; e IV – execução das demais atividades definidas em regulamento. Os ocupantes do cargo de Perito Médico Previdenciário poderão executar, ainda, nos termos do regulamento, as atividades Médico-Periciais relativas à aplicação da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

O cargo de analista tem remuneração de R$ 7.954,09, enquanto que o perito Médico tem ganhos de R$ 10.616,14 mensais. Os rendimentos já contam com o auxílio-alimentação de R$ 458.

Conteúdo Programático do Concurso – Prepare-se com antecedência

Cargo de Técnico do Seguro Social

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: 1 Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal: Decreto nº 1.171/1994 e Decreto nº 6.029/2007.

REGIME JURÍDICO ÚNICO: 1 Lei 8.112/1990 e alterações, direitos e deveres do Servidor Público. 2 O servidor público como agente de desenvolvimento social. 3 Saúde e qualidade de vida no serviço público.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: 1 Direitos e deveres fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coletivos, sociais e políticos. 2 Administração Pública (artigos de 37 a 41, capítulo VII, Constituição Federal de 1988 e atualizações).

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: 1 Estado, governo e Administração Pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios. 2 Direito Administrativo: conceito, fontes e princípios. 3 Organização administrativa da União; administração direta e indireta. 4 Agentes públicos: espécies e classificação; poderes, deveres e prerrogativas; cargo, emprego e função públicos; regime jurídico único: provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição; direitos e vantagens; regime disciplinar; responsabilidade civil, criminal e administrativa. 5 Poderes administrativos: poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder. 6 Ato administrativo: validade, eficácia; atributos; extinção, desfazimento e sanatória; classificação, espécies e exteriorização; vinculação e discricionariedade. 7 Serviços Públicos: conceito, classificação, regulamentação e controle; forma, meios e requisitos; delegação: concessão, permissão, autorização. 8 Controle e responsabilização da administração: controle administrativo; controle judicial; controle legislativo; responsabilidade civil do Estado. Lei 8.429/1992 (sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função da administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências). 9 Lei n°9.784/1999 (Lei do Processo Administrativo)

LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase. 7 Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9 Concordância nominal e verbal. 10 Regências nominal e verbal. 11 Significação das palavras. 12 Redação de correspondências oficiais (conforme Manual de Redação da Presidência da República). RACIOCÍNIO LÓGICO: 1 Conceitos básicos de raciocínio lógico: proposições; valores lógicos das proposições; sentenças abertas; número de linhas da tabela verdade; conectivos; proposições simples; proposições compostas. 2 Tautologia. 3 Operação com conjuntos. 4 Cálculos com porcentagens.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1 Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática. 3 Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações utilizando-se a suíte de escritório LibreOffice. 4 Conceitos e modos de utilização de sistemas operacionais Windows 7 e 10. 5 Noções básicas de ferramentas e aplicativos de navegação e correio eletrônico. 6 Noções básicas de segurança e proteção: vírus, worms e derivados.

SEGURIDADE SOCIAL: 1 Seguridade Social. 1.1 Origem e evolução legislativa no Brasil. 1.2 Conceituação. 1.3 Organização e princípios constitucionais. 2 Legislação Previdenciária. 2.1 Conteúdo, fontes, autonomia. 2.3 Aplicação das normas previdenciárias. 2.3.1 Vigência, hierarquia, interpretação e integração. 3 Regime Geral de Previdência Social. 3.1 Segurados obrigatórios. 3.2 Filiação e inscrição. 3.3 Conceito, características e abrangência: empregado, empregado doméstico, contribuinte individual, trabalhador avulso e segurado especial. 3.4 Segurado facultativo: conceito, características, filiação e inscrição. 3.5 Trabalhadores excluídos do Regime Geral. 4 Empresa e empregador doméstico: conceito previdenciário. 5 Financiamento da Seguridade Social. 5.1 Receitas da União. 5.2 Receitas das contribuições sociais: dos segurados, das empresas, do empregador doméstico, do produtor rural, do clube de futebol profissional, sobre a receita de concursos de prognósticos, receitas de outras fontes. 5.3 Salário-de-contribuição. 5.3.1 Conceito. 5.3.2 Parcelas integrantes e parcelas não-integrantes. 5.3.3 Limites mínimo e máximo. 5.3.4 Proporcionalidade. 5.3.5 Reajustamento. 5.4 Arrecadação e recolhimento das contribuições destinadas à seguridade social. 5.4.1 Competência do INSS e da Secretaria da Receita Federal do Brasil. 5.4.2 Obrigações da empresa e demais contribuintes. 5.4.3 Prazo de recolhimento. 5.4.4 Recolhimento fora do prazo: juros, multa e atualização monetária. 6 Decadência e prescrição. 7 Crimes contra a Seguridade Social. 8 Recurso das decisões administrativas. 9 Plano de Benefícios da Previdência Social: beneficiários, espécies de prestações, benefícios, disposições gerais e específicas, períodos de carência, salário-de-benefício, renda mensal do benefício, reajustamento do valor dos benefícios. 10 Manutenção, perda e restabelecimento da qualidade de segurado. 11 Lei nº 8.212/1991 e alterações. 12 Lei nº 8.213/1991 e alterações. 13 Decreto nº 3.048, de 06/05/1999 e alterações. 14 Lei de Assistência Social (LOAS): conteúdo; fontes e autonomia (Lei nº 8.742/1993 e Decreto nº 6.214/2007 e alterações).

Último concurso do INSS

Divulgado em dezembro de 2015, o Concurso do INSS ofereceu 950 vagas, sendo 800 para Técnico do Seguro Social (nível médio) e 150 Analista do Seguro Social (nível superior). As oportunidades foram divulgadas da seguintes forma:

-Nível Médio: Técnico do Seguro Social (800 vagas). Salário de R$4.886,87 (chegando a R$ 5.259,87, após seis meses), já incluso as gratificações. Jornada de trabalho de 40 horas semanais.

-Nível Superior: Analista do Seguro Social (150 vagas). Salário de R$7.496,09 (até R$ 7.869,09), já com as gratificações. Jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Técnico: São Paulo (113), Acre (5), Alagoas (14), Amapá (5), Amazonas (34), Bahia (76), Ceará (22), Distrito Federal (10), Espírito Santo (4), Goiás (40), Maranhão (33), Mato Grosso (26), Mato Grosso do Sul (12), Minas Gerais (82), Pará (84), Paraíba (4), Paraná (37), Pernambuco (35), Piauí (2), Rio de Janeiro (17), Rio Grande do Norte (20), Rio Grande do Sul (49), Rondônia (22), Roraima (3), Santa Catarina (32), Sergipe (7) e Tocantins (12);

Analista: São Paulo (18), Acre (6), Alagoas (2), Amapá (3), Amazonas (3), Bahia (22), Ceará (7), Goiás (4), Maranhão (4), Mato Grosso (6), Mato Grosso do Sul (7), Minas Gerais (15), Paraíba (4), Rio Grande do Sul (12), Pará (6), Paraná (3), Pernambuco (3), Piauí (1), Rio de Janeiro (4), Rondônia (5), Roraima (2), Santa Catarina (6), Sergipe (1) e Tocantins (5), além do Distrito Federal (1).

 

download

http://bit.ly/2GGJEHI

 

SPGG-RS(Secretária de Planejamento, Governança e Gestão)

wdwilson

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

ESTRATÉGIA CONCURSOS

Por que escolher o Estratégia Concursos?
Garantia de satisfação ou seu dinheiro de volta
Confiamos tanto em nosso trabalho que você tem 30 dias para testar os nossos cursos. Se você não se adaptar à nossa metodologia, devolvemos todo o seu dinheiro.

DOWNLOAD Liberado
Você pode baixar todas as videoaulas, PDFs e áudios. Não há limite de visualizações. Você pode estudar onde e quando quiser, mesmo sem internet.

Fórum de dúvidas
Você pode enviar quantas dúvidas você quiser. Todas elas serão respondidas em até 5 dias.

Cursos completos em Livros eletrônicos no formato PDF com vídeos e áudios integrados
Dê seu ritmo à aula. Você pode baixar todos os livros eletrônicos no formato PDF integrado por vídeo, texto e áudio. Não há limite de visualizações. Você pode estudar onde e quando quiser, mesmo sem internet.

estratc3a9gia-concursosb1

http://bit.ly/2GGJEHI

Ver o post original

SPGG-RS(Secretária de Planejamento, Governança e Gestão)

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

ESTRATÉGIA CONCURSOS

Por que escolher o Estratégia Concursos?
Garantia de satisfação ou seu dinheiro de volta
Confiamos tanto em nosso trabalho que você tem 30 dias para testar os nossos cursos. Se você não se adaptar à nossa metodologia, devolvemos todo o seu dinheiro.

DOWNLOAD Liberado
Você pode baixar todas as videoaulas, PDFs e áudios. Não há limite de visualizações. Você pode estudar onde e quando quiser, mesmo sem internet.

Fórum de dúvidas
Você pode enviar quantas dúvidas você quiser. Todas elas serão respondidas em até 5 dias.

Cursos completos em Livros eletrônicos no formato PDF com vídeos e áudios integrados
Dê seu ritmo à aula. Você pode baixar todos os livros eletrônicos no formato PDF integrado por vídeo, texto e áudio. Não há limite de visualizações. Você pode estudar onde e quando quiser, mesmo sem internet.

 

estratc3a9gia-concursosb1

http://bit.ly/2GGJEHI