Sem categoria

Concursos abertos com mais de 34 mil vagas e salários de até R$ 24,8 mil!

download (6)

Sem categoria, wdwilson-concursos

Principais Concursos Abertos Nesta Semana – 26 Agosto a 02 Setembro de 2018

safe_image

http://bit.ly/2GGJEHI

 

Veja: 143 órgãos têm inscrições abertas para 20.572 vagas e salários de até R$23.577,96!

As oportunidades são para candidatos de todos os níveis de escolaridade
Por Saulo Moreira. Atualizado 26/08/2018 08:12

Pelo menos 143 órgãos têm inscrições abertas para preenchimento de nada menos que 20.572 vagas. As oportunidades são destinadas a candidatos de todos os níveis de escolaridade (fundamental, médio, técnico e superior).

Alguns concursos farão ainda, formação de cadastro reserva para contratação conforme necessidade durante a validade do certame. Os salários chegam a até R$23.577,96 no Tribunal de Justiça do Mato Grosso (TJ-MT).

Para mais informações sobre o concurso, clique/aperte no nome da instituição/órgão.

Confira a lista completa e prepare-se:

Instituição/Órgão
Prazo
Vagas
Salário Máximo
Escolaridade
Aeronáutica 10/09/2018 279 médio
Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil) 26/09/2018 34 R$7.313,22 médio e superior
Câmara Municipal de Araguari (MG) 26/08/2018 15 R$3.760,52 médio e superior
Câmara Municipal de Bonito (MS) 10/09/2018 9 R$6.463,41 fundamental e superior
Câmara Municipal de Cachoeira Dourada (GO) 20/09/2018 5 R$2.100,00 fundamental e médio
Câmara Municipal de Cubatão (SP) 05/09/2018 19 R$7.912,02 fundamental, médio e superior
Câmara Municipal de Eldorado do Sul (RS) 03/09/2018 R$5.521,13 médio e superior
Câmara Municipal de Irará (BA) 09/09/2018 9 R$6.900,00 fundamental, médio e superior
Câmara Municipal de Matozinhos (MG) 30/08/2018 9 R$4.772,59 fundamental, médio e superior
Câmara Municipal de Óbidos (PA) 24/09/2018 38 R$2.600,00 fundamental, médio e superior
Câmara Municipal de Otacílio Costa (SC) 30/08/2018 4 R$6.652,42 fundamental, médio e superior
Câmara Municipal de Serra dos Aimorés (MG) 06/09/2018 18 R$3.630,32 fundamental, médio e superior
Câmara Municipal de Tianguá (CE) 21/09/2018 14 R$2.100,00 fundamental, médio e superior
Câmara Municipal de Triunfo (RS) 30/08/2018 8 R$4.345,17 fundamental, médio e superior
Câmara Municipal de Viana (ES) 06/09/2018 19 R$2.332,00 médio e superior
Centro de Estudos e Pesquisas 28 09/09/2018 13 R$3.235,57 médio e superior
Colégio Militar do Rio de Janeiro 14/09/2018 60 fundamental e médio
Conselho Intermunicipal de Saúde do Circuito das Águas de Lindoia (SP) 09/09/2018 7 R$1.954,61 fundamental, médio e superior
Conselho Regional de Arquitetura e Urbanismo de Rondônia 24/09/2018 77 R$5.822,44 médio e superior
Conselho Regional de Corretores de Imóveis da 4ª Região (Minas Gerais) 10/09/2018 9 R$4.175,35 médio e superior
Conselho Regional de Educação Física da 13ª Região (Bahia) 04/10/2018 190 R$3.722,63 médio e superior
Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren-PR) 17/09/2018 15 R$6.361,21 médio e superior
Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS) 27/08/2018 390 R$6.622,18 médio e superior
Conselho Regional de Medicina Veterinária do Maranhão 04/09/2018 70 R$2.200,00 médio
Conselho Regional de Nutricionistas da 8ª Região (Paraná) 12/09/2018 124 R$3.152,10 médio e superior
Conselho Regional de Serviço Social da 20ª Região (MT) 04/09/2018 3 R$3.695,26 médio e superior
Exército 06/09/2018 5 superior
Fundação da Criança e do Adolescente do Amapá 14/09/2018 204 R$4.080,15 médio e superior
Fundação Estatal Regional da Saúde da Região de Bauru (FERSB-SP) 30/08/2018 15 R$12.300,00 fundamental, médio e superior
Grupo Gestão Governamental do Estado do Amapá 14/09/2018 925 R$6.830,76 médio e superior
Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas – MS) 16/09/2018 8 R$ 82/hora médio e superior
Instituto de Previdência dos Municípios de Ribeirão Preto (SP) 06/09/2018 2 R$4.627,49 médio
Marinha 10/09/2018 90 técnico
Ministério Público da União (MPU) 10/09/2018 47 R$11.259,81 médio e superior
Polícia Militar da Paraíba 30/08/2018 30 R$6.715,70 médio
Polícia Militar de Roraima 04/10/2018 400 R$3.732,96 médio
Polícia Militar de São Paulo 10/09/2018 2700 R$3.143,70 médio
Polícia Militar do Amapá 17/09/2018 24 R$9.326,53 superior
Polícia Militar do Paraná 11/09/2018 16 R$9.544,44 médio
Prefeitura de Aracati (CE) 23/09/2018 164 R$1.291,94 médio
Prefeitura de Araçoiaba da Serra (SP) 30/08/2018 12 R$1.687,52 fundamental e médio
Prefeitura de Araputanga (MT) 24/09/2018 21 R$1.333,12 médio
Prefeitura de Avaré (SP) 17/09/2018 35 R$3.018,24 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Bálsamo (SP) 27/08/2018 51 R$2.037,15 superior
Prefeitura de Barbacena (MG) 21/09/2018 31 R$1.921,34 fundamental e médio
Prefeitura de Barbalha (CE) 10/09/2018 76 R$9.327,73 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Barretos (SP) 12/09/2018 66 R$2.746,49 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Barueri (SP) 10/09/2018 22 R$3.622,50 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Belém (PA) 10/09/2018 562 R$1.623,28 médio, técnico e superior
Prefeitura de Bento Gonçalves (RS) 29/08/2018 188 R$5.219,42 fundamental, médio e técnico
Prefeitura de Brusque (SC) 31/08/2018 17 R$15.247,23 médio e superior
Prefeitura de Caetés (PE) 09/09/2018 214 R$1.700,00 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Califórnia (PR) 10/09/2018 113 R$5.000,00 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Campo Limpo Paulista (SP) 30/08/2018 139 R$3.465,00 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Capanema (PA) 05/09/2018 577 R$6.150,00 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Capela de Santana (RS) 16/09/2018 34 R$3.691,03 médio, técnico e superior
Prefeitura de Carapicuíba (SP) 21/09/2018 98 R$1.162,27 médio e superior
Prefeitura de Catanduva (SP) 05/09/2018 54 R$3.622,68 superior
Prefeitura de Caxias do Sul (RS) 26/08/2018 15 R$7.028,82 superior
Prefeitura de Celso Ramos (SC) 20/09/2018 40 R$4.209,88 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Cianorte (PR) 20/09/2018 31 R$16.537,93 fundamental, médio, técnico e superior
Prefeitura de Cocal do Sul (SC) 09/09/2018 R$6.627,07 fundamental, médio, técnico e superior
Prefeitura de Coromandel (MG) 26/08/2018 29 R$1.134,29 médio e técnico
Prefeitura de Cubatão (SP) 05/09/2018 19 R$7.912,02 médio e superior
Prefeitura de Cujubim (RO) 26/08/2018 63 R$5.000,00 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Dona Emma (SC) 04/09/2018 1 R$14.873,42 superior
Prefeitura de Feira de Santana (BA) 03/09/2018 50 R$1.081,58 médio
Prefeitura de Fernandópolis (SP) 03/09/2018 9 R$14.102,48 médio, técnico e superior
Prefeitura de Flores (PE) 05/09/2018 14 R$8.000,00 superior
Prefeitura de Fortaleza (CE) 18/09/2018 133 R$2.824,03 superior
Prefeitura de Governador Celso Ramos (SC) 20/09/2018 40 R$4.209,88 fundamental, médio, técnico e superior
Prefeitura de Guareí (SP) 31/08/2018 14 R$2.161,43 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Jaraguá do Sul (SC) 03/09/2018 22 R$3.327,25 médio e superior
Prefeitura de Júlio de Castilhos (RS) 10/09/2018 10 R$2.985,49 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Lacerdópolis (PR) 21/09/2018 16 R$8.022,99 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Lajeado (TO) 02/09/2018 3 R$954,00 fundamental
Prefeitura de Laranjal Paulista (SP) 10/09/2018 25 R$2.627,52 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Limeira (SP) 10/09/2018 32 R$5.619,24 médio, técnico e superior
Prefeitura de Malacacheta (MG) 20/09/2018 36 R$12.088,72 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Maracaju (MS) 27/09/2018 390 R$7.623,90 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Maricá (RJ) 03/09/2018 603 R$9.185,40 médio e superior
Prefeitura de Mauriti (CE) 16/09/2018 342 R$6.000,00 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Milhã (CE) 05/09/2018 165 R$9.600,00 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Nepomuceno (MG) 18/09/2018 20 R$2.980,50 fundamental e médio
Prefeitura de Nossa Senhora da Glória (SE) 21/09/2018 199 R$11.353,14 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Nova Colinas (MA) 11/09/2018 87 R$3.500,00 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Novo Brasil (GO) 10/09/2018 72 R$9.696,65 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Osório (RS) 31/08/2018 6 R$7.498,60 técnico e superior
Prefeitura de Palminópolis (GO) 30/08/2018 101 R$2.760,00 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Parari (PB) 30/08/2018 28 R$2.150,00 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Pardinho (SP) 10/09/2018 23 R$4.215,70 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Patos (PB) 02/09/2018 298 R$2.500,00 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Redenção da Serra (SP) 19/09/2018 37 R$4.250,01 superior
Prefeitura de Ribeirão Branco (SP) 01/10/2018 22 R$2.413,12 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Ribeirão Preto (SP) 20/09/2018 60 R$4.074,72 superior
Prefeitura de Ribeirão Preto (SP) 12/09/2018 52 R$7.410,60 médio e superior
Prefeitura de Ribeirópolis (SE) 07/09/2018 36 R$6.700,00 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Rio Branco (MT) 06/09/2018 7 R$8.929,71 médio e superior
Prefeitura de Romelândia (SC) 18/09/2018 10 R$20.421,21 alfabetizado, fundamental, médio, técnico, superior
Prefeitura de Salvador (BA) 26/08/2018 293 R$10.768,13 superior
Prefeitura de Santa Fé (PR) 04/09/2018 54 R$11.292,46 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Santana de Parnaíba (SP) 01/10/2018 133 R$4.550,00 superior
Prefeitura de Santo Antônio da Patrulha (RS) 14/09/2018 35 R$13.068,74 fundamental, médio e superior
Prefeitura de São Francisco de Paula (RS) 03/09/2018 23 R$5.749,90 fundamental, médio e superior
Prefeitura de São Francisco de Sales (MG) 19/09/2018 74 R$1.972,99 fundamental, médio e superior
Prefeitura de São João (PR) 17/09/2018 27 R$15.027,79 fundamental, médio e superior
Prefeitura de São João Del Rei (MG) 30/08/2018 70 R$3.168,92 fundamental, médio e superior
Prefeitura de São João do Cariri (PB) 30/08/2018 31 R$2.005,50 fundamental, médio e superior
Prefeitura de São João do Ivaí (PR) 27/08/2018 15 R$9.700,00 médio e superior
Prefeitura de São José do Rio Preto (SP) 30/08/2018 525 R$5.264,68 superior
Prefeitura de Sarandi (PR) 09/09/2018 89 R$11.876,45 fundamental e superior
Prefeitura de Sindrolândia (MS) 17/09/2018 207 R$11.933,01 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Sítio Novo (RN) 09/09/2018 55 R$12.001,50 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Sumaré (SP) 13/09/2018 59 R$3.509,55 superior
Prefeitura de Surubim (PE) 31/10/2018 70 R$1.272,00 médio e superior
Prefeitura de Suzano (SP) 12/09/2018 98 R$5.577,38 fundamental, médio e superior
Prefeitura de Tabira (PE) 23/09/2018 10 R$954,00 médio
Prefeitura de Taboão da Serra (SP) 31/08/2018 17 R$2.500,00 superior
Prefeitura de Tapes (RS) 03/09/2018 26 R$3.087,83 médio e superior
Prefeitura de Uruçuí (PI) 05/09/2018 92 R$4.000,00 médio e superior
Prefeitura de Valentim Gentil (SP) 30/08/2018 29 R$1.014,52 médio
Prefeitura de Várzea Paulista (SP) 09/09/2018 7 R$5.032,04 superior
Prefeitura de Vila Velha (ES) 10/09/2018 R$5.276,00 superior
Prefeitura de Vitória (ES) 31/08/2018 16 R$4.197,90 superior
Prefeitura e Câmara de Aruanã (GO) 30/08/2018 55 R$2.169,78 fundamental, médio e superior
Prefeitura e Câmara de Serra Talhada (PE) 30/08/2018 391 R$4.206,33 fundamental, médio e superior
Procuradoria-Geral do Município de João Pessoa (PB) 06/09/2018 4 R$12.000,00 superior
Secretaria da Educação do Estado do Ceará 05/09/2018 2500 R$3.588,27 superior
Secretaria de Estado da Cultura do Ceará 04/09/2018 102 R$5.531,76 superior
Secretaria de Estado da Educação do Ceará 05/09/2018 2500 R$3.588,27 superior
Secretaria de Estado da Saúde de Pernambuco 20/09/2018 1000 R$9.326,57 médio e superior
Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do RS 03/09/2018 10 R$7.345,12 superior
Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCE-MG) 04/09/2018 35 R$7.165,87 superior
Tribunal de Justiça de Mato Grosso 26/09/2018 9 R$23.577,96 superior
Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) 02/10/2018 6 R$3.253,72 fundamental, médio, técnico e superior
Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) 16/09/2018 32 R$10.043,67 superior
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) 20/09/2018 41 R$9.600,92 superior
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) 28/09/2018 127 R$9.600,92 superior
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) 27/08/2018 74 R$10.058,92 superior
Universidade Federal do Amazonas 04/09/2018 12 R$20.443,24 superior
Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) 30/08/2018 3 R$9.500,00 superior
Universidade Federal do Oeste da Bahia 14/09/2018 39 R$4.180,66 médio e superior
Viva Rio (RJ) 11/09/2018 39 R$1.262,20 fundamental e médio

Concursos em análise no Planejamento

1- Concurso Receita Federal 2018

A situação do quadro de pessoal da Receita Federal do Brasil é delicada. De acordo com o levantamento feito pelo Poder Executivo, o órgão conta com nada menos que 19.789 cargos vagos que só poderão ser preenchidas através de novo edital de concurso público (Edital Concurso Receita Federal 2018). Desse quantitativo, a maior carência é de Auditor Fiscal, com 10.214 postos vagos. Já para Analista Tributário a carência chega a 9.575 vagas.

Com todo esse cenário, o órgão, através do Ministério da Fazenda, solicitou a abertura de edital de concurso da Receita Federal 2018 para preenchimento de nada menos que 2.083 vagas. As oportunidades solicitadas foram para os cargos de Auditor Fiscal (630 oportunidades) e Analista Tributário (1.453 vagas). Para os cargos de analista e auditor os interessados deverão ter nível superior em qualquer área, para fazerem jus a salários de R$ 11.132,21 e R$ 19.669,01, respectivamente. O regime estatutário, que garante estabilidade, e as remunerações informadas já incluem o auxílio-alimentação, de R$458, faz o concurso ainda mais atraente, com tendência a ser bastante concorrido.

O Projeto de Lei (PL) 5.564/2016, que prevê aumento salarial para Receita Federal do Brasil, foi sancionado pelo governo. O reajuste será feito para os cargos de Auditor-Fiscal e Analista Tributário de maneira escalonada até 2019. Veja:

Analista em 2017, 2018 e 2019, respectivamente: R$ 11.132,21; R$ 11.639,24; e R$ 12.142,39; e

Auditor em 2017, 2018 e 2019, respectivamente:R $ 19.669,01; R$ 20.581,53; e R$ 21.487,09.

  • Concurso: Receita Federal
  • Banca organizadora: Em definição
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 2.083
  • Remuneração: até R$ 21.487,09
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: SOLICITADO
  • Saiba mais sobre o concurso aqui.

2- Concurso Anvisa 2018

Excelente notícia para os candidatos que aguardam a abertura do edital de concurso público da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Edital Concurso ANVISA 2018/2019). Acontece que a autarquia confirmou a solicitação de concurso ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) com 697 vagas em cargos de ensino médio e superior.

De acordo com a solicitação enviada, as oportunidades serão destinadas as funções de Especialista em Regulação e Vigilância Sanitária (457 vagas), Analista Administrativo (68 vagas), Técnico em Regulação e Vigilância Sanitária (48 vagas) e Técnico Administrativo (124 vagas). O Diretor-Presidente da Anvisa, Jarbas Barbosas, esteve recentemente no Senado Federal discutindo com os senadores a real necessidade da Agência. De acordo com um estudo realizado, a autarquia conta com um déficit que vai além de 697 servidores.,

A Anvisa tem, atualmente, déficit de 957 vagas, sendo Especialista em Regulação e Vigilância Sanitária (457 vagas), Técnicos Administrativos (124), Analistas Administrativos (68) e Técnico em Regulação e Vigilância Sanitária (48). O último concurso de nível médio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aconteceu em 2016, quando contou com 78 vagas para o cargo de Técnico Administrativo. Do quantitativo de vagas oferecidas, 16 foram reservadas aos negros e 04 aos portadores de necessidades especiais. O Cebraspe (antigo Cespe) teve a responsabilidade do certame.

  • Concurso: ANVISA
  • Banca organizadora: em definição
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 697 vagas solicitadas
  • Remuneração: até  R$10mil
  • Inscrições: em definição
  • Taxa de Inscrição: em definição
  • Provas: em definição
  • Situação: PREVISTO
  • Saiba mais sobre o concurso

3- Concurso DEPEN 2018

A expectativa de realização do concurso público do Departamento Penitenciário Nacional (Concurso DEPEN 2018/2019) é grande. O certame, previsto para ser publicado com 1.580 vagas, não para de avançar nos setores do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). A última movimentação aconteceu no dia 09 de março, quando o processo foi alterado de nível geral para restrito na Divisão de Concursos Públicos do MPOG.

O certame foi anunciado desde o mês de agosto do ano passado pelo diretor-geral do órgão, Marco Antônio Severo, ainda com 1.430 vagas. No entanto, o quantitativo de vagas aumentou para 1.580, sendo o maior quantitativo para o cargo de Agente Federal de Execução Penal – antigo Agente Penitenciário Federal, cuja oferta solicitada foi de 1.440 vagas. De acordo com o Departamento, a criação das vagas citadas poderá acontecer através de Medida Provisória. O objetivo do novo concurso DEPEN 2018 é criar novas vagas para lotação nas cinco novas penitenciárias federais.

O restante das vagas serão destinadas ao cargo de Especialista Federal em Assistência à Execução Penal (104) e Técnico Federal de Apoio à Execução Penal (36 vagas). O cargo de Agente exige a escolaridade de nível médio e carteira de habilitação na categoria “B”, enquanto o cargo de técnico requer nível técnico. Por fim, o especialista exige o nível superior. Os salários oferecidos podem chegar a até R$ 6.030,23, já com o vale-alimentação de R$ 458.

A jornada de trabalho dos ocupantes de todos os cargos é de 40 horas semanais ou, nos casos aos quais se aplique o regime de plantões, até 192 horas mensais.

  • Concurso: DEPEN
  • Banca organizadora: em definição
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 1.580
  • Remuneração: até R$ 6.030,23
  • Inscrições: em definição
  • Taxa de Inscrição: em definição
  • Provas: em definição
  • Situação: PREVISTO
  • Saiba mais sobre o concurso

4- Concurso INSS 2018

O Instituto Nacional do Seguro Social tem expectativa de divulgar a abertura de novo edital deconcurso público (Edital Concurso INSS 2018/2019) em breve. Sem autorização, o presidente do INSS, Francisco Lopes, e o diretor de Gestão de Pessoas, Alexandre Guimarães, mostraram grande preocupação com o atual quadro de servidores da instituição.

O último avanço do pedido de concurso INSS aconteceu na última segunda-feira, 13 de agosto. De acordo com o protocolo integrado do Governo Federal (veja abaixo), a qual o Notícias Concursos teve acesso, a solicitação foi reaberta na Divisão de Concursos Públicos/CGCOP-SGP/DEPRO-SGP/SGP/Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. O pedido do certame avançou no Ministério do Planejamento 13 vezes desde o último dia 08 de agosto.

O último concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), divulgado em dezembro 2015, teve validade encerrada no último domingo, 05 de agosto, e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) não autorizou nomeações de excedentes. Com isso, novas contratações para o órgão somente através de novo concurso.

O INSS enviou nota técnica ao Ministério do Planejamento solicitando o preenchimento de nada menos que 10.468 vagas. Do quantitativo solicitado, 7.888 vagas são para a abertura de novo concurso público do INSS. As 2.580 vagas restantes foram solicitadas para chamada de excedentes do concurso anterior, o que acabou não acontecendo. (veja abaixo).

  • Concurso: INSS
  • Banca organizadora: em definição
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 7.888 vagas solicitadas
  • Remuneração: até R$10mil
  • Inscrições: em definição
  • Taxa de Inscrição: em definição
  • Provas: em definição
  • Situação: PREVISTO
  • Saiba mais sobre o concurso

5- Concurso IBAMA 2018

É grande a expectativa de realização do edital de concurso do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Concurso IBAMA 2018). Acontece que o pedido de abertura do concurso foi reiterado no Ministério do Planejamento no dia 29 de maio. Anteriormente solicitado com 1.630 vagas, agora o novo pedido foi feito para nada menos que 1.888 vagas.

De acordo com o Ministério, o quantitativo de vagas não cria uma nova estrutura, mas sim repõe o quadro de servidores, desfalcado com pedidos de exoneração e aposentadoria. O concurso do IBAMA é de extrema importância, conforme informou o diretor da Associação Nacional dos Servidores Ambientais (Ascema Nacional) Emerson Luiz. “Há uma defasagem muito grande, principalmente em razão das aposentadorias de servidores que estão deixando o órgão com receio da reforma da previdência. Fora que ainda tem muitos que já tem as condições necessárias”, disse.

Para o edital de concurso IBAMA 2018 foram solicitadas oportunidades para os cargos de Analista Administrativo (297 vagas), Analista Ambiental (832 vagas) e Técnico Administrativo (759 vagas). O salário do técnico chega a R$3.712,72, já incluso auxílio-alimentação. Os salários de analista chegam a R$ 7.675,45, além do auxílio-alimentação no valor de R$458,00.

  • Concurso: IBAMA
  • Banca organizadora: em definição
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 1.888 solicitadas
  • Remuneração: até R$ 7.675,45
  • Inscrições: em definição
  • Taxa de Inscrição: em definição
  • Provas: em definição
  • Situação: PREVISTO
  • Saiba mais sobre o concurso

6- Concurso MTE 2018

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPOG) informou que voltará a autorizar novos concursos. E entre as possibilidades está o concurso do Ministério do Trabalho e Emprego (Concurso MTE) para o cargo de Agente Administrativo, requisito de ensino médio. O órgão informou que encaminhou, no início deste mês, o pedido de nada menos que 1.307 vagas.

A solicitação já foi protocolada e já conta com algumas movimentações internas em diversos setores do governo. Além das vagas para o cargo de agente, a solicitação do certame conta com oportunidades para Administrador (93), Arquivista (32), Bibliotecário (02), Contador (58), Engenheiro (05), Estatístico (05), Sociólogo (04), Psicólogo (26), Técnico em Assuntos Educacionais (10), Técnico em Comunicação Social (10) e Economista (12). Para esses cargos, as remunerações iniciais chegam a nada menos que R$ 5.494,09.

O Agente Administrativo faz jus à remuneração inicial de R$3.881,97, já incluso o auxílio-alimentação no valor de R$458. O cargo tem as seguintes atribuições: realizar atividades de nível intermediário que envolvam o suporte administrativo às unidades organizacionais do Ministério do Trabalho e Emprego, com atuação nas áreas finalísticas, de gestão de pessoas, de material, de patrimônio, de orçamento e de finanças, compreendendo tarefas de natureza repetitivas ou não, como: operar os sistemas corporativos e governamentais; atender ao público interno e externo por telefone, correio eletrônico ou 2 presencialmente; elaborar, documentos e correspondências oficiais; elaborar e analisar informações, certidões, declarações, relatórios e documentos congêneres; elaborar e conferir cálculos diversos; realizar atividades relativas à instrução, tramitação e movimentação de processos e documentos; manter e controlar o arquivo de sua unidade; orientar quanto à aplicação das normas internas ou de sua área de atuação; participar de reuniões, comissões, grupos e equipes de trabalho; participar do plano de trabalho institucional da sua unidade de atuação; entre outras.

  • Concurso: Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: médio
  • Número de vagas: 1.307
  • Remuneração: R$3.881,97
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: SOLICITADO
  • Saiba mais sobre o concurso.

7- Concurso MTE 2018 – Auditor Fiscal do Trabalho

O Ministério do Trabalho e Emprego pretende divulgar a abertura de concurso (Concurso MTE) para o cargo de Auditor-Fiscal do Trabalho em breve. Para isso, o órgão encaminhou no início deste mês, o pedido de concurso ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) com nada menos que 1.309 vagas para o cargo. O processo já está sendo analisado pela pasta do governo.

De acordo com o Ministério do Trabalho, o órgão conta com 2.350 auditores fiscais, quantitativo considerado insuficiente pelo Ministério. De acordo com o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho (Sinait), o déficit atual é de 1.300 servidores, o que representa 30% do quadro ideal, de 3.644 profissionais.

O Secretário de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento, Augusto Akira Chiba, reconheceu, durante reunião realizada no no primeiro trimestre deste ano, a necessidade de realização de novo concurso público para o Ministério. Ele ainda frisou que o Planejamento analisa o pedido de concurso do MTE com todos os cuidados necessários.  O Presidente do Sindicato da categoria (SINAIT), Carlos Silva, que esteve presente na reunião, disse que a organização sindical saiu do encontro com expectativa de boas notícias, apesar do secretário não ter dado garantias de realização de novo concurso público.

O Ministério do Planejamento informou ainda que está avaliando como distribuirá o orçamento para os concursos federais. Já se sabe, conforme declaração do Ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, que a pasta vai autorizar a realização de novos certames. A estimativa do governo é que a realização de novos concursos gere impacto de R$ 600 milhões em gastos. Segundo Dyogo Oliveira, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) permite que, em “casos excepcionais”, sejam contratados servidores “até o limite das vacâncias”.

  • Concurso: Auditor Fiscal do Ministério do Trabalho e Emprego (AFT) – MTE
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 1.309 solicitadas
  • Remuneração: Até R$16,2mil
  • Inscrições:a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: SOLICITADO
  • Saiba mais sobre o concurso.

8- Concurso FUNASA 2018

A Fundação Nacional da Saúde tem expectativa de divulgar a abertura de concurso público (Concurso FUNASA 2018) em breve. E para que isso aconteça, o órgão solicitou junto ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorização de certame para preenchimento de nada menos que 459 vagas efetivas, sob regime estatutário, o que prevê estabilidade empregatícia.

O pedido do concurso, que já tramita na divisão de concursos do Planejamento, foi enviado para cargos de níveis médio e superior. A intenção é preencher vagas para agente administrativo (nível médio e salário de R$3.710,48), administrador, arquiteto, bioquímico, contador, contador, economista, engenheiro, geólogo, engenheiro agrônomo, farmacêutico-bioquímico e pedagogo (nível superior e salários de R$5.242,27). Lembrando que os valores já incluem o benefício de auxílio-alimentação de R$458,00 e Gratificação de Desempenho da Carreira da Previdência, da Saúde e do Trabalho (GDPST).

O órgão conta com representação nos 26 estados e no Distrito Federal. Com isso, a expectativa é que, se o concurso for autorizado, as oportunidades sejam divulgadas na maioria das unidades federativas. O órgão tem uma necessidade de pessoal muito grande nos últimos anos, já que as últimas solicitações foram negadas. “São cargos vagos, decorrentes de aposentarias, que precisamos repor. No ano passado, pedimos e eles informaram que para 2016 e 2017 estariam suspensas as autorizações por conta de contenção de despesas. Agora, decidimos pedir para 2018”, explica o setor de recursos humanos do órgão.Saiba mais sobre o concurso.

9- Concurso INPI 2018

O pedido de concurso público do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Concurso INPI 2018) foi reiterado no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Anteriormente enviado com 360 vagas, agora o pedido de edital conta com 394 vagas. A expectativa do Instituto é de que o certame possa ser autorizado ainda este ano.

De acordo com informações preliminares, as oportunidades foram solicitadas para os cargos de técnico em planejamento, técnico em propriedade industrial, pesquisador em propriedade industrial, tecnologia de propriedade industrial e analista de planejamento. Os cargos de técnico exigem o nível médio, enquanto os demais exigem graduação.

O Concurso INPI 2018 é de vital importância em virtude do número de processos na fila para apreciação. Segundo o presidente do INPI, Luiz Otávio Pimentel, embora a instituição conte com 1.820 funcionários autorizados, o órgão não conseguiu chegar nem a 65% desse contingente de servidores, mesmo após a nova convocação de concursados. “No INPI, o número virtual e ideal de servidores é de 1.820. Nós nunca conseguimos ultrapassar 65% dessa dotação. Inclusive, esses 210 que estão sendo nomeados praticamente fazem a reposição da evasão e das aposentadorias que aconteceram no órgão. Com o nosso efetivo do INPI, em todas as áreas, menos patente, com esse número a gente já consegue atender a demanda corrente, a entrada e saída no ano de novos pedidos. Em patentes, esse número serve para diminuir o crescimento do backlog”, disse Pimentel.

No último dia 02 de maio, o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Pereira, participou da cerimônia de posse de 70 novos servidores nomeados do concurso de 2014. O grupo inclui 50 pesquisadores que serão examinadores de patentes e de contratos de tecnologia e 20 tecnologistas, que serão responsáveis pela análise de marcas e de desenho industrial.

Lembrando que o órgão já havia convocado nada menos que 140 aprovados em concursos, sendo 70 em junho de 2016 e 70 em janeiro de 2017. “Não é somente a contratação de 70 servidores que vai resolver o problema histórico e de longa data do INPI. É mais uma etapa. São várias etapas que estamos superando. Quando assumimos o ministério, não havia nem perspectiva dos 140 aprovados serem chamados. Nós conseguimos chamar os aprovados e ainda os 50% do cadastro de reserva”, afirmou Pereira, antes da cerimônia na sede do INPI, no Rio de Janeiro.

  • Concurso: Instituto Nacional da Propriedade Industrial
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 394
  • Remuneração: até R$ 10.043,70
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Saiba mais sobre o concurso.

10- Banco Central 2018

É grande a expectativa de abertura do concurso do BACEN (Concurso Banco Central 2018). A instituição protocolou no dia 30 de maio no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), o pedido de realização de um novo certame para 230 vagas, sendo 200 para Analista e 30 para Procurador. O quantitativo é inferior ao último pleito, solicitado em 2017 com 990 vagas.

No início deste mês (01 e 02 de junho), o órgão recebeu dez novos andamentos no Ministério do Planejamento. Agora, o pedido está sendo analisado na Divisão de Concursos Públicos da pasta. A expectativa é que o processo avance até a portaria de autorização, já que a autarquia enfrenta um grave déficit de servidores.

De acordo com o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Bacen (Sinal), Jordan Alisson, em reunião realizada no Ministério do Planejamento, o secretário de Gestão de Pessoas da pasta, Augusto Akira Chiba, afirmou que o governo deverá atender a 20% dos pedidos de concursos realizados. No entanto, não foi citado qual órgão seria atendido. Mais de 30 concursos foram solicitados ao Planejamento e são aguardados para serem autorizados este ano.

A informação vai ao encontro da declaração do Ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, que declarou a retomada de seleções em 2018. “Este ano nós voltaremos a ter concursos. Há um limite dado no orçamento de que o número de pessoas que entra vai ser exatamente o máximo das pessoas que vão sair. Ou seja, não vamos aumentar o número de servidores públicos, mas vamos fazer reposições”, disse durante o programa Por Dentro do Governo, da TV Nacional do Brasil, no final do ano passado. Saiba mais sobre o concurso.

11 – Concurso IBRAM 2018

O pedido de concurso público do Instituto Brasileiro de Museus (Concurso IBRAM 2018) para 313 vagas recebeu novos avanços no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). De acordo com o protocolo do pedido, o processo passou pela Coordenação de Documentação e Informação, Assessoria Técnica e Administrativa, Secretaria Executiva, Gabinete, Departamento de Legislação e Provimento de Pessoas, Coordenação Geral de Concursos e por último, chegou até à Movimentação de Pessoal e Divisão de Concursos Públicos.

As oportunidades solicitadas foram para cargos de níveis médio e superior. O envio foi feito pelo Ministério da Cultura (MinC). O novo pedido de concurso tem uma oferta de vagas maior do que a do ano passado. Na ocasião, o concurso do Instituto foi solicitado com 306 vagas. De acordo com o Instituto, as 313 vagas solicitadas deste ano correspondem ao quantitativo de cargos vagos.

Para nível superior, foram solicitadas oportunidades para os cargos de Técnico em Assuntos Educacional (19), Técnico em Assuntos Culturais (121) e Analista (100). A remuneração dos graduados chegam a até R$5.493,29. Os salários citados já estão incluem o auxílio-alimentação de R$458.

Já para nível médio, as oportunidades foram solicitadas para Assistente Técnico (73 vagas). O salário é de R$3.877,97, também já incluindo o benefício.

  • Concurso: Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM)
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 313 vagas solicitadas
  • Remuneração: até R$5.493,29
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: SOLICITADO
  • Saiba mais sobre o concurso.

12- Concurso IBGE 2018

O novo edital deconcursopúblico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Edital Concurso IBGE 2018) “é prioridade absoluta”. Essas foram as palavras do presidente do órgão, Roberto Olinto, durante o II Congresso Democrático sobre o órgão, realizado no primeiro semestre deste ano no Rio de Janeiro. “Sem concurso e sem carreira a história do IBGE pode se encerrar de forma melancólica”, disse o chefe do IBGE.

Ainda durante o Congresso, o presidente afirmou a urgência de tratar o concurso junto ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. “A nossa preocupação é comunicar ao Ministério do Planejamento essa situação de forma incisiva. O impacto disso vai trazer sérios danos ao IBGE”, frisou.

Reunião na sexta-feira, 10 de agosto 

A necessidade de abertura do concurso IBGE 2018 foi discutida em reunião na última sexta-feira, 10 de agosto. O encontro, que contou com a participação de membros do Sindicato do IBGE, do Ministério do Planejamento e da direção do IBGE, teve como pauta os seguintes assuntos: Aglutinação dos cargos; Fim da avaliação do desempenho individual para efeitos de gratificação; Integralização da GD para os aposentados; transformação dos cargos de nível médio para nível superior; e o concurso.

Sobre o concurso, o sindicato informou que “A Secretaria afirmou que o IBGE segue sendo prioridade para concurso, tendo em vista a urgência, por conta do Censo Demográfico 2020. Mas ainda não há autorização para as 1.800 vagas solicitadas pela direção do IBGE. A previsão de novas vagas para concursos no orçamento 2019 é mínima”, disse em nota.

O novo edital de concurso do IBGE 2018 poderá contar com vagas para os cargos de técnico, de nível médio, analista e tecnologista, os mesmos cargos ofertados no último certame. O técnico do IBGE fará jus ao salário de R$ 3.471,85, podendo chegar a R$ 5.011,01, com titulação. Já analistas e tecnologistas possuem rendimentos de R$ 7.373,49, que chegam a até R$ 9.107,88, com titulação. Os aprovados são contratados sob regime estatutário, o que garante a estabilidade empregatícia.

  • Concurso: IBGE
  • Banca organizadora: em definição
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 1.800 solicitadas
  • Remuneração: até R$ 9.107,88
  • Inscrições: em definição
  • Taxa de Inscrição: em definição
  • Provas: em definição
  • Situação: PREVISTO
  • Saiba mais sobre o concurso

13- Concurso ICMBIO

O Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade poderá ter a abertura de concurso público (Concurso ICMBIO 2018) em breve. Acontece que o pedido de realização foi reiterado no início deste mês pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) junto ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), responsável pela autorização de concursos do governo.

Anteriormente solicitado para 1.132 vagas, agora o novo pedido conta com 1.179 vagas. O nova solicitação foi feital para técnico administrativo (457), técnico ambiental (67), analista ambiental (561) e analista administrativo (94). Os cargos de técnico têm requisito de nível médio, enquanto o analista requer o nível superior. Os salários iniciais para os cargos de técnico será de R$4.408,94, enquanto o de analista R$9.389,84. As remunerações já incluem o auxílio-alimentação no valor de R$458,00. Em todos os casos, a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

  • Concurso: Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade – ICMBIO
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 1.179
  • Remuneração: até R$9.389,84
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Saiba mais sobre o concurso.

14- AGU

É grande a expectativa de realização do concurso da Advocacia Geral da União (Concurso AGU 2018). O pedido que trata da autorização do certame, avançou 13 vezes no Ministério do Planejamento entre quarta e quinta-feira (06 e 07 de junho). A última movimentação mostra que o pedido de autorização já chegou até o setor de Coordenação-Geral de Despesas com Pessoal e Sentenças do Planejamento.

O pedido do certame já passou pela Secretaria de Orçamento Federal, o que demonstra a proximidade de a autorização ser publicada no Diário Oficial. De acordo com informações preliminares, será dado início imediato aos procedimentos internos para escolher e contratar a organizadora que irá realizar as provas do certame. Em regra, um concurso autorizado pelo Planejamento deve sair em até seis meses após concessão da pasta do governo.É esperado que novas movimentações aconteçam em breve. A expectativa é divulgar o edital de concurso para pelo menos 100 vagas, além de formação de cadastro reserva.

O órgão aguardava até o final de abril, o aval do atual ministro do Planejamento, Esteves Pedro Colnago. O certame chegou a ser autorizado extraoficialmente no fim do ano passado, mas acabou não tendo o documento de autorização oficial publicado. A AGU informou que ainda não obteve posicionamento do Planejamento sobre o concurso, mas que a seleção é de conhecimento do atual ministro.

Lembrando que o quantitativo solicitado foi de 1.364 vagas, quantitativo esse que pode ser preenchido através do cadastro reserva do certame, de acordo com situação orçamentária do governo. Saiba mais sobre o concurso.

15- Concurso Ministério da Fazenda 2018

Excelente notícia para os candidatos que aguardam a abertura de concurso público do Ministério da Fazenda (Concurso Ministério da Fazenda 2018). Acontece que o pedido de seleção do órgão já foi enviada ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). A solicitação foi para nada menos que 1.161 vagas, sendo 904 de nível médio e 257 de nível superior.

De acordo com informações preliminares, a solicitação do certame foi “bastante realista”, a fim de possibilitar que a proposta seja de fato atendida. Informações dão conta que foram solicitadas oportunidades para os cargos de Assistente Técnico-Administrativo e Analista Técnico-Administrativo, funções que têm requisito de nível médio e superior, respectivamente.

O Ministério vem apresentando nos últimos anos preocupante redução em seu quadro de pessoal. A maior parte das vagas existentes não está sendo provida, tanto devido aos egressos cada vez mais crescentes, quanto ao baixo número de vagas autorizadas através da realização de concursos públicos.

De acordo com a Coordenação de Gestão de Pessoas do órgão, o déficit chegou a nada menos que 21.795 servidores, entre cargos de Auditor da Receita, Analista Tributário da Receita e funções administrativas do Ministério. Os efeitos dessa defasagem comprometem a prestação de serviços de administração tributária e aduaneira à sociedade, considerado que a demanda por serviços aumenta à medida que o País cresce. Dessa forma, para uma boa gestão da administração tributária e aduaneira se faz necessária a realização de concursos periódicos para o órgão. Saiba mais sobre o concurso.

16- Concurso Funarte

A Fundação Nacional de Artes, órgão responsável, no âmbito do Governo Federal, pelo desenvolvimento de políticas públicas de fomento às artes visuais, à música, ao teatro, à dança e ao circo, poderá divulgar a abertura de novo edital de concurso público (Concurso FUNARTE 2018) em breve. Acontece que o órgão enviou, através do Ministério da Cultura, o pedido de realização de um novo certame para nada menos que 138 vagas. As oportunidades foram solicitadas para cargos de níveis médio, médio/técnico e superior.

O pedido de concurso FUNARTE 2018 contemplou oportunidades para os cargos de Administração e Planejamento (07 vagas), Administrador I (01 vaga), Arquivista (01 vaga), Comunicação e Divulgação Cultural (06 vagas), Documentação (07 vagas), Profissional Técnico Superior I (10 vagas), Profissional Técnico Superior I (10 vagas), Técnico em Comunicação (02 vagas), com requisito de nível superior, Assistente Financeiro (02 vagas), Assistente Técnico I (24 vagas), Assistente Administrativo (45 vagas), Assistente Administrativo II (03 vagas), Assistente Administrativo III (03 vagas), Assistente Administrativo IV (04 vagas), Assistente Técnico III (03 vagas), Assistente Técnico IV (02 vagas), Serviços Auxiliares (77 vagas) e Técnico Operacional (11 vagas), com exigência de nível médio.

Para os cargos de ensino superior os salários chegam a até R$5.493,29, já contando com o auxílio-alimentação no valor de R$458,00. Para nível médio e médio/técnico, as remunerações alcançam R$3.877,97, também já com o benefício incluso.

  • Concurso: Fundação Nacional de Artes – FUNARTE
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 138
  • Remuneração: até R$5.493,29
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: SOLICITADO
  • Saiba mais sobre o concurso.

17- DNIT

O concurso do Departamento de Infraestrutura de Transportes (Concurso DNIT 2018) já está em análise. O órgão protocolou o pedido de autorização do certame junto ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). A intenção é publicar a o edital de concurso DNIT o mais breve possível.

A última movimentação aconteceu no ano passado, quando o pedido foi alterado de nível de acesso geral para Restrito na Divisão de Concursos Públicos/CGCOM-SGP/DEPRO-SGP/SGP/Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. A expectativa é que ainda este semestre o órgão reforce o pedido de concurso.

A solicitação do concurso DNIT foi feita para um total de 367 vagas, distribuídas em cargos de nível médio e superior e salários entre R$4.829,56 e R$10.826,82. O DNIT tem intenção de divulgar a abertura de concurso logo após a concessão do Ministério do Planejamento. O quantitativo de vagas é inferior ao último pedido, que solicitava 1.386 vagas.

O concurso DNIT foi solicitado para preencher vagas nos cargos de Técnico Administrativo (18 vagas), Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transporte (119 vagas), com requisito de nível médio, Analista Administrativo (116 vagas) e Analista em Infraestrutura de Transporte, ambos com exigência de nível superior completo. Saiba mais sobre o concurso.

18- INMETRO

Excelente notícia para os concurseiros! Acontece que o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO) solicitou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) a realização de concurso público para preencher nada menos que 435 vagas em diversos cargos. O pedido do edital já está em análise na pasta do governo.

De acordo com informações preliminares, o concurso INMETRO 2018 foi solicitado com oportunidades para os cargos de Assistente em Metrologia e Qualidade (131), Técnico em Metrologia e Qualidade (91), Especialista em Metrologia e Qualidade (13), Pesquisador-Tecnologista em Metrologia e Qualidade (139) e Analista em Metrologia e Qualidade (61). Os cargos de Assistente e Técnico exigem nível médio e/ou curso técnico, enquanto os cargos de analista e pesquisador têm requisito de nível superior. No caso de Especialista será necessário ainda, doutorado de no mínimo dez anos.

Agora com o pedido feito, a divulgação do edital do órgão depende de autorização por parte do Planejamento.

  • Concurso: INMETRO
  • Cargos: Assistente, Técnico e Analista
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 435 (solicitadas)
  • Remuneração: até R$ 17.885,54
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: SOLICITADO
  • Saiba mais sobre o concurso.

19- Ministério do Meio Ambiente – MMA

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) vai solicitar um novo pedido de concurso público (Concurso MMA 2018) ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). De acordo com o órgão, serão pleiteadas 168 vagas de níveis médio e superior nos cargos de Agente Administrativo (125 vagas) e Analista Ambiental (43 vagas). O objetivo é realizar contratações já no ano de 2019.

O concurso visa a reposição e oxigenação do quadro de servidores, desfalcado com pedidos de exoneração e aposentadorias.  A maior parte das vagas é de servidores de nível médio do quadro administrativo. O único concurso para o cargo aconteceu em 2009, quando foram nomeados 248 servidores. Desses, 82 solicitaram exoneração do cargo e 29 estão com lotação no órgão.

No ano passado, o órgão solicitou a abertura de concurso com 156 vagas no total, também com oportunidades para Agente Administrativo (118 vagas) e Analista Ambiental (38). No entanto, o pedido não foi aceito pelo governo.

  • Concurso: Ministério do Meio Ambiente (MMA) 2018
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 168
  • Remuneração: até R$7.760,45
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: SOLICITADO
  • Saiba mais sobre o concurso.

20- Procurador da Fazenda Nacional PGFN 2018

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional tem expectativa de divulgar a abertura de edital de concurso público (Concurso Procurador da Fazenda Nacional PGFN 2018) em breve. Acontece que já em análise no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPOG), um novo pedido de concurso público para o preenchimento de 240 vagas para o cargo de Procurador.

A última movimentação do pedido de Concurso Procurador da Fazenda Nacional PGFN 2018 foi registrada no início de abril, quando o pleito passou pelo departamento de Legislação e Provimento de Pessoas, Coordenação Geral de Concursos e Movimentação de Pessoal, Divisão de Concursos Públicos. Atualmente, a solicitação está na Divisão de Provimento e Vacância.

  • Concurso: Procurador da Fazenda Nacional PGFN 2018
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 240 vagas solicitadas
  • Remuneração: R$ 19.655,67
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: SOLICITADO
  • Saiba mais sobre o concurso.

21- Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle, antiga Controladoria-Geral da União (CGU) 2018

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle, antiga Controladoria-Geral da União (CGU), tem expectativa de abertura do concurso (Concurso MTFC CGU 2018/2019) em breve. O órgão aguarda autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para que possa elaborar os detalhes do próximo certame. A expectativa é que no primeiro semestre deste ano, o órgão reitere o pedido ao governo.

Em maio de 2016 um pedido foi enviado, mas acabou sendo devolvido. Em solicitações anteriores o órgão solicitou a abertura de concurso com 1.573 vagas para cargos de nível médio e superior.

O órgão tem papel de exercer, como órgão central, a supervisão técnica dos órgãos que compõem o Sistema de Controle Interno e o Sistema de Correição e das unidades de ouvidoria do Poder Executivo Federal, prestando a necessária orientação normativa. A MTFC e CGU é composta pelas carreiras de nível médio e superior, em cargos de técnico e analista, respectivamente. Saiba mais sobre o concurso.

A expectativa é que o concurso MTFC 2017 tenha 620 vagas, todas voltadas para o cargo de Analista de Finanças e Controle, cujo requisito é de nível superior. O salário chega a R$15.461,70, já incluso o auxílio-alimentação, de R$458. A lotação será em Brasília (DF) e nas unidades regionais, localizadas em todos os Estados.

Além de Analista, o MTFC espera abrir concurso para 77 vagas em cargos de nível superior da área administrativa. Desse quantitativo, 40 são destinadas a função de administrador, 12 de contador, 08 de médico, 05 de engenheiro civil, 04 de arquiteto, 02 engenheiro eletricista, 02 de engenheiro mecânico, 02 de assistente social e 02 de psicólogo. Para esses cargos os salários podem chegar a até R$ 6.054,31. Um novo concurso para Técnico de Finanças e Controle, com requisito de nível médio, também é aguardado. Saiba mais sobre o concurso.

Concurso da Polícia Federal divulgado; Provas será a próxima etapa

Foi divulgado no Diário Oficial da União do dia 15 de junho, o aguardado edital deconcurso da Polícia Federal 2018 (Concurso Polícia Federal PF 2018) para o preenchimento de 500 vagas em cinco cargos no quadro de servidores da corporação. O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe Cespe/UnB) tem a responsabilidade do certame.

As oportunidades do concurso da Polícia Federal 2018 são destinadas aos cargos de Agente Policial (180 vagas), Delegado de Polícia (150 vagas), Papiloscopista (30 vagas), Perito Criminal (60 vagas) e Escrivão (80 vagas). Serão reservadas oportunidades aos negros e aos candidatos com deficiência, conforme disposto abaixo.

A(s) prova(s) objetiva(s) e a prova discursiva, exceto para o cargo de Delegado de Polícia Federal, terão a duração de 5 horas e serão aplicadas na data provável de 16 de setembro de 2018, no turno da tarde. Para o cargo de Delegado de Polícia Federal, a prova objetiva terá a duração de 4 horas e será aplicada na data provável de 16 de setembro de 2018, no turno da manhã. A prova discursiva terá a duração de 4 horas e será aplicada na mesma data, no turno da tarde.

A(s) prova(s) objetiva(s), de caráter eliminatório e classificatório, valerá(ão) 120,00 pontos.

A partir do dia 06 de setembro, será divulgado no Diário Oficial da União e divulgado na internet, no endereço eletrônico da organizadora, edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas.

  • Concurso: Polícia Federal 2018 (Concurso PF 2018)
  • Banca organizadora: CESPE
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 500
  • Remuneração: até R$ 22.672,48
  • Inscrições: entre 10 horas do dia 19 de junho de 2018 e 18 horas do dia 02 de julho de 2018
  • Taxa de Inscrição: R$180,00 e R$250,00 (somente para Delegado)
  • Provas: 16 de setembro
  • Situação: PUBLICADO
  • Saiba mais sobre o concurso.

Concurso PRF 2018 AUTORIZADO

Excelente notícia! O edital do concurso público da Polícia Rodoviária Federal (Concurso PRF 2018) está oficialmente autorizado! De acordo com a portaria de autorização, divulgada no Diário Oficial da União do dia 27 de julho, o certame contará com 500 vagas no cargo de Policial Rodoviário Federal, função que tem requisito de nível superior.

O documento de autorização também informa o prazo de publicação do edital PRF 2018. De acordo com a portaria (veja abaixo), o edital deve ser publicado no prazo de até seis meses, a partir da data de publicação no Diário Oficial (27/07), ou seja, até janeiro de 2019. No entanto, o certame será publicado ainda este ano, conforme informou o diretor-geral da corporação, Renato Dias.

O diretor-geral da corporação, Renato Dias, já havia confirmado, durante comemoração do dia do Policial Rodoviário Federal na última segunda-feira, 23 de julho, que a portaria de autorização do certame seria divulgado nos próximos dias.

O órgão encaminhou solicitação de edital ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para nada menos que 2.778 vagas, conforme informou a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF). No entanto, o governo só autorizou 500 oportunidades. Foi aprovado na Câmara dos Deputados, o projeto de lei 5865/2016, que prevê aumentos progressivos para a categoria. Com o aumento, a remuneração inicial passará para R$9.501,98, com aumento em 2018 para R$9.931,57. Já em 2019, último ano do aumento, os ganhos chegarão a R$ 10.357,88. Os valores já estão incluso o auxílio-alimentação no valor de R$458.

  • Concurso: Polícia Rodoviária Federal
  • Banca organizadora: Em definição
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 500
  • Remuneração: até R$10mil
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: AUTORIZADO
  • Saiba mais sobre o concurso aqui.

Concurso MPU tem edital publicado

O Ministério Público da União recebe até 10 de setembro, as inscrições do edital do concurso público (Concurso MPU 2018) para o provimento de 47 vagas efetivas e a formação de cadastro de reserva em cargos de ensino médio e superior do órgão. O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) tem a responsabilidade do certame. O prazo seguirá aberto até o dia 10 de setembro.

O edital do concurso MPU 2018 conta com 36 vagas efetivas para o cargo de Analista do MPU – Especialidade: Direito e 11 vagas para o cargo de Técnico do MPU – Especialidade: Administração. Em ambos os casos há formação de cadastro reserva para contratação conforme necessidade. Além disso, haverá reserva de oportunidades para os deficientes e negros.

As vagas de Analista do concurso MPU são destinadas aos Estados do Amazonas (03 vagas + CR), Amapá (01 vaga + CR), Bahia (02 vagas + CR), Distrito Federal (03 vagas + CR), Espírito Santo (01 vaga + CR), Goiás (01 vaga + CR), Mato Grosso do Sul (02 vagas + CR), Mato Grosso (03 vagas + CR), Pará (03 vagas + CR), Rio de Janeiro (02 vagas + CR), Rondônia (03 vagas + CR), Rio Grande do Sul (03 vagas + CR) e Santa Catarina (01 vaga + CR).

As vagas de Técnico do concurso MPU são destinadas aos Estados do Acre (01 vaga + CR), Amapá (01 vaga + CR), Distrito Federal (04 vagas + CR), Minas Gerais (02 vagas + CR), Rio de Janeiro (01 vaga + CR) e Rio Grande do Sul (02 vagas + CR).

As avaliações serão aplicadas em todos os Estados e no DF.

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre 10 horas do dia 23 de agosto e 18 horas do dia 10 de setembro de 2018, no endereço eletrônico oficial da organizadora do concurso. A taxa de inscrição custará:

R$55,00 para Técnico do MPU; e

R$60,00 para Analista do MPU

As provas objetivas e a prova discursiva para o cargo de Técnico e Analista do MPU terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 21 de outubro de 2018, no turno da manhã. As provas objetivas para o cargo de Técnico do MPU terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 21 de outubro de 2018, no turno da tarde. Saiba mais sobre o concurso.

 

images

 

“Aquele Que Não Luta Pelo Futuro Que Quer, Deve Aceitar O Futuro Que Vier”

http://bit.ly/2jfK6l0

 

Sem categoria

Decoração | Os lançamento da St. James na Abup Home & Gift — MONDO MODA

A St. James apresentou para o mercado nacional de decoração de luxo a linha Legacy e as coleções Plisse e Spyke durante a Abup Home & Gift, que aconteceu entre os dia 18 a 21 fevereiro, no SP Expo Exhibition & Convention Center, em São Paulo. Com experiência na Giorgio Armani, Givenchy e Alexander McQueen, […]

via Decoração | Os lançamento da St. James na Abup Home & Gift — MONDO MODA

 

 

https://www.estrategiaconcursos.com.br/cursos/concurso? idev_id=625

images (5)

 

Concurso Polícia Federal 2018 com 600 vagas é dado como certo …

 Cresce a expectativa de realização do concurso da Polícia Federal 2018 (Concurso PF 2018). De acordo com a assessoria de imprensa da corporação, o certame já é dado como certo para ocorrer este ano. O diretor-geral da Polícia Federal (PF), Fernando Segóvia, disse em entrevista no último dia 18 …

 

Faça Diferente! Faça Concursos !
https://www.estrategiaconcursos.com.br/cursos/concurso?idev_id=625

 

 

 

https://apycomm.com/click/5a9da6838b30a806038b4585/142676/196958/subaccount

images (20)

Loja Cosmezi – Cosméticos | A Base de Caviar Europeu‎

A Cura Para Cabelos e Pele danificadas. O Tratamento mais Potente do Mundo!
Resultados Imediatos · Produtos Exclusivos · Entrega em todo o Brasil · Até 12x Sem Juros
Tipos: Condicionadores, Finalizadores, Máscaras de Caviar, Shampoos, Anticelulites, Antiestrias, Corret

 

 

download (6)

 

CURTE BLUES?    OUÇA!!!

 

Sem categoria

Concurso SEFAZ RS 2018

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

Concurso SEFAZ RS 2018: Inscrições para 50 vagas de Assistente são reabertas!

CESPE tem a responsabilidade do certame; Inscrições seguem até 02 de outubro
Por Saulo Moreira. Atualizado 27/09/2018 13:19

As inscrições do cargo de Assistente Administrativo Fazendário do concursopúblico da Secretaria Estadual da Fazenda do Rio Grande do Sul (Concurso SEFAZ RS 2018) foram prorrogadas. O prazo havia encerrado na última quarta-feira (26). Agora, os interessados poderão se inscrever até as 18 horas da próxima terça-feira, 02 de outubro. O cargo conta com 50 vagas.

Além do cargo de Assistente, o edital conta com 50 vagas para Técnico Tributário da Receita Estadual. As inscrições do cargo foram encerradas na última segunda-feira (24). O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe-CESPE) organiza o certame.

Do quantitativo de vagas para os cargos de Assistente e Técnico, serão reservadas 05 (cinco) para os candidatos com deficiência e 08 para os negros e pardos, conforme disposto nos quadro a seguir.

Os candidatos nomeados estarão subordinados ao Estatuto e Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis do Estado do Rio Grande do Sul, conforme disposto na Lei Complementar Estadual nº 10.098/1994, e, no que couber, na Lei Estadual nº 14.472/2014.

 

images

http://bit.ly/2I7UaaC

 

Prepare-se:

Sobre os cargos do Concurso SEFAZ RS 2018

Assistente Administrativo Fazendário

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.

Atribuições: executar trabalhos auxiliares de rotina e de apoio técnico e administrativo, como organizar, classificar, registrar, arquivar e desarquivar processos, documentos, relatórios, periódicos e outras publicações; executar serviços de digitação, digitalização e microfilmagem; redigir minutas de documentos, memorandos e correspondências e efetuar comunicações internas e externas, mediante a utilização dos meios postos à disposição, tais como telefone, fax e correio eletrônico; operar máquinas de reprografia, fax, calculadoras e outras máquinas, de acordo com as necessidades do trabalho; operar computadores, utilizando adequadamente os programas e sistemas de informação postos à sua disposição; executar tarefas nas áreas de protocolo, arquivo, serviço de malote e postagem; auxiliar na prestação de atendimento e esclarecimentos ao público interno e externo, inclusive quanto ao andamento de expedientes; prestar apoio na preparação de documentos, bem como proceder ao preenchimento de guias, requisições e outros formulários; auxiliar na realização de estudos, pesquisas e processamento de dados e informações; auxiliar no exame e instrução de expedientes administrativos; auxiliar na realização de trabalhos relacionados às áreas administrativa, de recursos humanos, de tecnologia da informação, de capacitação, de planejamento, financeira e de registro, controle e execução da despesa; executar outras tarefas correlatas.

Salário: R$ 3.040,00 (vencimento básico mensal, acrescido de Gratificação Fazendária, nos termos do art. 12 da Lei Estadual nº 14.472/2014)

Jornada de Trabalho: 40 horas semanais.

Técnico Tributário da Receita Estadual

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: executar atividades acessórias e preparatórias; executar assessoramento técnico e administrativo na ação fiscal relativa aos tributos de competência do Estado e nas demais atividades relacionadas às funções institucionais da Subsecretaria da Receita Estadual, mediante instruções e supervisão de Auditor-Fiscal da Receita Estadual; exercer atividades atinentes à Administração Tributária, tanto internas como externas, tais como: pedir inscrição no CGC/TE; fornecer, receber e conferir talonários de Notas Fiscais de Produtor; pedir autorização para impressão de documentos fiscais; receber, protocolizar, passar recibos, conferir, digitar, arquivar e encaminhar documentos, formulários e petições; executar serviços relacionados à manutenção de sistemas; prestar informações em expedientes que lhes forem distribuídos; levantar dados relativos à produção e à circulação de bens e mercadorias, com base em documentos disponíveis; realizar tarefas relacionadas com a fiscalização do trânsito de mercadorias, examinando veículos e sua carga, efetuando o necessário confronto com a documentação fiscal exigida para a operação ou prestação de serviço de transporte, devendo, se necessário, desenlonar, descarregar, carregar e enlonar os veículos examinados; conferir mercadorias em depósitos, quando acompanhados de Auditor-Fiscal da Receita Estadual; lavrar termos relativos a fatos constatados no trânsito de mercadorias, submetendo o ato à homologação de Auditor-Fiscal da Receita Estadual; classificar documentos fiscais; conduzir veículos a serviço do controle de trânsito de mercadorias; manter organizado o arquivo da repartição fiscal; executar outras funções que lhe venham a ser determinadas por lei, por regulamento ou pela autoridade competente.

Salário: R$ 9.300,00 (composta de parcela fixa, acrescida de Prêmio de Produtividade e Eficiência)

Jornada de Trabalho: 40 horas semanais.

images (2)

http://bit.ly/2I7UaaC

Inscrição Concurso SEFAZ RS 2018

Assistente Administrativo Fazendário

As inscrições do concurso SEFAZ-RS 2018 para Assistente serão realizadas até as 18 horas do dia 02 de outubro de 2018, no endereço eletrônico oficial (http://www.cespe.unb.br/concursos/sefaz_rs_18_assistente). A taxa de inscrição custará R$82,35.

Técnico Tributário da Receita Estadual

Os interessados em concorrer a uma das vagas puderam se inscrever entre 10 horas do dia 10 de setembro de 2018 e 18 horas do dia 24 de setembro de 2018, no site oficial (http://www.cespe.unb.br/concursos/sefaz_rs_18_tecnico). A taxa de inscrição custou R$187,77.

Etapas Concurso SEFAZ RS 2018

Assistente Administrativo Fazendário e Técnico Tributário da Receita Estadual

A seleção para os cargos de que trata este edital compreenderá exame de habilidades e conhecimentos, mediante aplicação de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe. A prova objetiva para todos os candidatos, bem como a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência e o procedimento de verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas aos candidatos negros e pardos, serão realizadas na cidade de Porto Alegre/RS.

images (1)

http://bit.ly/2I7UaaC

Provas Concurso SEFAZ RS 2018

Assistente Administrativo Fazendário

Será aplicado exame de habilidades e conhecimentos, mediante aplicação de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com questões de Língua Portuguesa (15), Ética na Administração Pública (10), Noções de Tecnologia da Informação (10), Noções de Direito Administrativo e de Direito Penal (15), Noções de Direito Constitucional  (15) e Matemática e Raciocínio lógico (15). A prova objetiva terá a duração de 4 horas e será aplicada na data provável de 1º de dezembro de 2018, no turno da tarde.

A prova objetiva ( P1 ), de caráter eliminatório e classificatório, valerá 80,00 pontos. As questões da prova objetiva serão do tipo múltipla escolha, com cinco opções (A, B, C, D e E), sendo uma única resposta correta, de acordo com o comando da questão. Haverá, na folha de respostas, para cada questão, cinco campos de marcação: um campo para cada uma das cinco opções A, B, C, D e E, devendo o candidato preencher apenas o campo correspondente à resposta considerada por ele correta, de acordo com o comando da questão.

Será aprovado na prova objetiva o candidato que obtiver a nota mínima de 48,00 pontos na prova objetiva e que não obtiver nota zero em qualquer componente da prova.

Na data provável de 21 de novembro de 2018, será publicado no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul e divulgado na internet, no endereço eletrônico da organizadora, o edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização da prova.

Os gabaritos oficiais preliminares da prova objetiva serão divulgados na internet, no endereço eletrônico da organizadora, a partir das 19 horas da data provável de 4 de dezembro de 2018 (horário oficial de Brasília/DF).

 

Técnico Tributário da Receita Estadual

Será aplicado exame de habilidades e conhecimentos, mediante aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, com questões de Língua Portuguesa (25), Ética na Administração Pública (10), Tecnologia da Informação (20), Matemática e Raciocínio lógico (25), Contabilidade Geral (20), Direito Administrativo (20), Direito Constitucional e Direito Penal (20) e Direito Tributário e Legislação Tributária Estadual (20). As provas objetivas (p1 e p2) serão aplicadas no dia 02 de dezembro de 2018, no turno da manhã e tarde, ambos os turnos com duração de 04 horas.

As provas objetivas (P1 e P2 ), de caráter eliminatório e classificatório, valerão 160,00 pontos e abrangerão os objetos de avaliação citados. As questões das provas objetivas serão do tipo múltipla escolha, com cinco opções (A, B, C, D e E), sendo uma única resposta correta, de acordo com o comando da questão. Haverá, na folha de respostas, para cada questão, cinco campos de marcação: um campo para cada uma das cinco opções A, B, C, D e E, devendo o candidato preencher apenas o campo correspondente à resposta considerada por ele correta, de acordo com o comando da questão.

Será aprovado nas provas objetivas o candidato que obtiver, cumulativamente, no mínimo, 50% de acertos em cada uma das provas objetivas e, no mínimo, 96,00 pontos no conjunto das provas objetivas e, ainda, que não obtiver nota zero em qualquer componentes das provas.

Na data provável de 21 de novembro de 2018, será publicado no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul e divulgado na internet, no endereço eletrônico da organizadora, o edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização da prova.

Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão divulgados na internet, no endereço eletrônico da organizadora, a partir das 19 horas da data provável de 4 de dezembro de 2018 (horário oficial de Brasília/DF).

images (3)

http://bit.ly/2I7UaaC

Sobre a SEFAZ

A Secretaria Estadual da Fazenda é a responsável por controlar a arrecadação de tributos estaduais, tendo a responsabilidade ainda, da receita e despesa do Estado. Além disso, o órgão tem papel de controlar a despesa e exercer a função de tesouraria das finanças estaduais.

A Contadoria e Auditoria-Geral do Estado (CAGE) é um órgão com status de subsecretaria integrante da estrutura da Secretaria da Fazenda. É responsável pelo Controle Interno do Estado e sua missão é orientar e controlar a gestão, protegendo os recursos púbicos com transparência e estímulo ao controle social. Realiza sua missão através do controle prévio, concomitante e posterior do gasto público.

A CAGE foi criada em 29 de dezembro de 1948 através da Lei nº 521. Desde sua criação, mantém em sua estrutura organizacional Seccionais junto às Secretarias Estaduais do Poder Executivo. Além disso, foram criadas Seccionais junto aos Poderes Legislativo e Judiciário e também no Ministério Público, caracterizando o órgão como de Estado, conforme previsto no art. 76 da Constituição Estadual:

“O sistema de controle interno previsto no art. 74 da Constituição Federal terá, no Estado, organização una e integrada, compondo órgão de contabilidade e auditoria-geral do Estado, com delegações junto às unidades administrativas dos três Poderes, tendo sua competência e quadro de pessoal definidos em lei.”

Informações do concurso
  • Concurso: Secretaria Estadual da Fazenda do Rio Grande do Sul
  • Cargos: Técnico Tributário da Receita Estadual e Assistente Administrativo Fazendário
  • Banca organizadora: CESPE
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 100
  • Remuneração: até R$ 9.300,00
  • Inscrições: Assistente – entre 10 horas do dia 12 de setembro de 2018 e 18 horas do dia 02 de outubro de 2018; Técnico – entre 10 horas do dia 10 de setembro de 2018 e 18 horas do dia 24 de setembro de 2018
  • Taxa de Inscrição: R$82,35 para os assistentes e R$187,77 para os técnicos
  • Provas: 1º de dezembro de 2018 para os assistentes e 02 de dezembro para os técnicos
  • Situação: EDITAL PUBLICADO

 

nova-concursos_logo_9

http://bit.ly/2I7UaaC

 

 

“Então não desista, sorria. Você é mais forte do que pensa e será mais feliz do que imagina.”

 

download (1)

http://bit.ly/2jfK6l0

Anúncios
Sem categoria

Cursos Online para Concurso Receita Federal

wdwilson

http://bit.ly/2jfK6l0

download (6)

 Cursos Online para Concurso Receita Federal

Receita Federal

Concurso Receita Federal

Edital iminente 

EDITAL

A fim de preparar os candidatos para o concurso da Receita Federal, o Gran Cursos Online escalou uma equipe de professores de todo o país, altamente especializada em concursos da área fiscal. Os cursos estão de acordo com os últimos editais publicados e contam com uma equipe nacional de professores, 1 ano de acesso (cursos por pacote), abordagem teórica e em exercícios (ESAF) e estudo jurisprudencial. Conheça os nossos preparatórios e ingresse no órgão máximo de arrecadação federal!

INFORMAÇÕES

  • Instituição: Receita Federal do Brasil
  • Banca Examinadora: Escola de Administração Fazendária (ESAF)
  • Remuneração: de R$11.342,21 a R$21.711,01
  • Estados: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO
  • Escolaridade: Superior
  • Área: Fiscais
  • TAF (Teste de Aptidão Física): Não
  • Redação Discursiva: Sim

Ver o post original 1.746 mais palavras

Sem categoria

Cursos Online para Concurso Receita Federal

http://bit.ly/2jfK6l0

download (6)

 Cursos Online para Concurso Receita Federal

Receita Federal

Concurso Receita Federal

Edital iminente 

EDITAL

A fim de preparar os candidatos para o concurso da Receita Federal, o Gran Cursos Online escalou uma equipe de professores de todo o país, altamente especializada em concursos da área fiscal. Os cursos estão de acordo com os últimos editais publicados e contam com uma equipe nacional de professores, 1 ano de acesso (cursos por pacote), abordagem teórica e em exercícios (ESAF) e estudo jurisprudencial. Conheça os nossos preparatórios e ingresse no órgão máximo de arrecadação federal!

INFORMAÇÕES

  • Instituição: Receita Federal do Brasil
  • Banca Examinadora: Escola de Administração Fazendária (ESAF)
  • Remuneração: de R$11.342,21 a R$21.711,01
  • Estados: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO
  • Escolaridade: Superior
  • Área: Fiscais
  • TAF (Teste de Aptidão Física): Não
  • Redação Discursiva: Sim
  • Prova de títulos: Não
  • Previsão Validade Último Concurso:
SATISFAÇÃO GARANTIDA
OU SEU DINHEIRO DE VOLTA

 VEJA OS CURSOS PARA OS
CARGOS DO EDITAL!

Prepare-se já para o Concurso
Receita Federal

Curso Investimento

12x de R$ 83,33

ou R$ 999,90 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 83,33

ou R$ 999,90 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 41,66

ou R$ 499,90 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 99,90

ou R$ 1.198,80 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 83,33

ou R$ 999,90 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 41,66

ou R$ 499,90 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 49,99

ou R$ 599,90 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 15,90

ou R$ 190,80 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 11,66

ou R$ 139,92 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 14,65

ou R$ 175,80 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 24,99

ou R$ 299,90 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 11,90

ou R$ 142,80 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 12,49

ou R$ 149,90 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 17,80

ou R$ 213,60 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 12,30

ou R$ 147,60 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 11,56

ou R$ 138,72 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 16,66

ou R$ 199,90 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 15,90

ou R$ 190,80 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 17,56

ou R$ 210,72 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 15,90

ou R$ 190,80 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 16,66

ou R$ 199,90 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 17,90

ou R$ 214,80 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 13,90

ou R$ 166,80 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

12x de R$ 149,90

ou R$ 1.798,80 à vista

SAIBA MAIS

  COMPRAR AGORA

download (3)
Exibindo de 1 a 24 em um total de 24 registros.

Concurso Receita Federal

A Receita Federal é responsável por gerir algumas funções essenciais para o Estado, como subsidiar o Poder Executivo na elaboração da política tributária brasileira, administrar os tributos de competência da União e também prevenir e combater o contrabando e a sonegação fiscal. O órgão, que é subordinado ao Ministério da Fazenda, foi criado em 1968 com o objetivo de planejar, executar e supervisionar as atividades de administração tributária a nível federal.

Curso para concurso Receita Federal

O concurso público é uma boa forma de ingressar no mercado de trabalho com ótimos salários, que costumam ser superiores aos oferecidos para o funcionalismo privado. Uma boa dica para aumentar as chances de ser convocado no concurso Receita Federal é investir em cursos preparatórios para esse tipo de exame.

No Gran Cursos Online, você tem acesso a um conteúdo mais completo e necessário para que tenha sucesso na hora da prova. Temos cursos específicos para diversos concursos públicos, como o concurso IBGE e o concurso INSS.

images (5)

http://bit.ly/2zsTvyO

Edital do concurso Receita Federal

Para ter sucesso na prova, é importante estar atento ao edital Receita Federal. O concurso oferece vagas para auditor fiscal e analista tributário. Para ingressar em ambos cargos, é necessário possuir o ensino superior completo em qualquer área de formação.

Apostilas Receita Federal

As provas de seleção dos concursos Receita Federal são muito concorridas. Por isso, o Gran Cursos Online prepara você com os melhores professores e as apostilas mais completas, feitas com base nos principais conteúdos exigidos nas provas de concurso público. Nós oferecemos, além das apostilas, listas de exercícios, videoaulas e fóruns de dúvidas com os professores.

Fazendo o download das apostilas, você consegue tornar mais flexível o seu cronograma, pois poderá estudar onde e quando quiser. As videoaulas são produzidas por profissionais capacitados e abordam todos os módulos, visando facilitar ainda mais o seu entendimento.

Prova simulado do concurso Receita Federal

Uma dica de estudo é realizar a prova simulado para o concurso Receita Federal. O Gran Cursos Online oferece simulações de provas realizadas em anos anteriores para você administrar o tempo necessário para realizar as questões. Utilize também a ferramenta Gran Cuca, que disponibiliza questões de provas anteriores divididas por disciplina específica, bancas e órgãos diversos.

Inscrição e datas para concurso Receita Federal

Além de estudar e se preparar para o concurso, é necessário estar atento ao período de inscrição e às datas da prova. Para não perder a oportunidade da vaga sonhada, acompanhe o site do Gran Cursos Online e consulte os editais e links de inscrição para o concurso Receita Federal.

download

http://bit.ly/2zsTvyO

SAIBA MAIS

images (6)

http://bit.ly/2zsTvyO

“Em alguns dias a vida vai-te bater com força na cabeça com um tijolo. Nunca percas a fé” Steve  Jobs

download (2)

http://bit.ly/2jfK6l0

 

 

Sem categoria

Tribunal de Justiça (TJ) tem concurso público aberto com salários de até R$ 23.577,96

wdwilson

Ver o post original 1.627 mais palavras

Sem categoria

Tribunal de Justiça (TJ) tem concurso público aberto com salários de até R$ 23.577,96

Sem categoria

Guia Prático Para Passar em Concursos

wdwilson

download (3)

https://go.hotmart.com/S4349289Q

Ele é o Cara dos Concursos! Aprovado e nomeado em 10 Concursos Federais até os 22 anos de idade.

Kalebe Dionísio provou que, mesmo trabalhando o dia todo e fazendo Universidade à noite, é possível ter sucesso nos concursos públicos. Hoje ele ensina suas técnicas para outras pessoas através da internet.

BANNER COLEÇÃO DE NOMEAÇÕES - RANK BRASIL
Tendo feito concursos dos 17 aos 22 anos de idade, Kalebe Dionísio, colecionou grandes resultados e se tornou Recordista Brasileirocomo o “Jovem com maior número de nomeações em concursos federais”. Na sua breve história na área de concursos públicos foram 10 nomeações em apenas 5 anos, de 2009 a 2014, em órgãos como a Receita Federal, Ministério Público Federal, Tribunal Regional Federal entre outros.
“O que mais me atraiu no setor público foi a remuneração. Como não tinha formação na época, apenas ensino médio e sem experiência, não existia oportunidade na iniciativa privada que pagasse um salário próximo ao serviço público. Também pela estabilidade, posso fazer…

Ver o post original 386 mais palavras

Sem categoria

Guia Prático Para Passar em Concursos

 

download (3)

 

https://go.hotmart.com/S4349289Q

 

 

Ele é o Cara dos Concursos! Aprovado e nomeado em 10 Concursos Federais até os 22 anos de idade.

Kalebe Dionísio provou que, mesmo trabalhando o dia todo e fazendo Universidade à noite, é possível ter sucesso nos concursos públicos. Hoje ele ensina suas técnicas para outras pessoas através da internet.

BANNER COLEÇÃO DE NOMEAÇÕES - RANK BRASIL
Tendo feito concursos dos 17 aos 22 anos de idade, Kalebe Dionísio, colecionou grandes resultados e se tornou Recordista Brasileirocomo o “Jovem com maior número de nomeações em concursos federais”. Na sua breve história na área de concursos públicos foram 10 nomeações em apenas 5 anos, de 2009 a 2014, em órgãos como a Receita Federal, Ministério Público Federal, Tribunal Regional Federal entre outros.
“O que mais me atraiu no setor público foi a remuneração. Como não tinha formação na época, apenas ensino médio e sem experiência, não existia oportunidade na iniciativa privada que pagasse um salário próximo ao serviço público. Também pela estabilidade, posso fazer planos e assumir compromissos sem medo de estar desempregado amanhã”, afirma Kalebe.
Atualmente, já formado em Direito, ele exerce o cargo de Oficial de Justiça Avaliador Federal, no Tribunal Regional do Trabalho no Estado de Pernambuco. Agora ele se dedica apenas ao trabalho e ao seu hobby de ajudar outras pessoas a serem aprovadas também.
Mas nem sempre foi assim, “Nos primeiros concursos eu sempre ficava muito longe da nota necessária”, conta.
Para seguir seu sonho, o jovem encontrou resistência entre os amigos. “Alguns amigos diziam que concurso era muito difícil e que era perda de tempo estudar. Ouvia que eu era muito novo, que estava na idade de curtir e que me arrependeria depois de passar essa parte da vida só estudando. Até agora, não me arrependi de nada, muito pelo contrário, agora tenho a vida toda para curtir sem me preocupar com crises ou qualquer coisa do tipo”, desabafa Kalebe.

 
Clique na imagem para acessar o vídeo onde ele ensina sua Técnica de Estudo:
Entrevista Tv Globo

(Kalebe sendo entrevistado em uma reportagem da afiliada da rede Globo de sua região)

O Kalebe foi um concurseiro como muitos outros, teve diversas reprovações no início da sua caminhada de estudo. Mas aproveitou as reprovações como experiência, persistiu e aprimorou seu método de estudo para concursos e começou a colecionar aprovações.

Hoje em dia, Kalebe Dionísio coleciona aprovações em concursos.

Veja a lista completa aqui

Com a escolha da área de atuação, ele passava a estudar de forma contínua as disciplinas comuns em diversas provas como português, informática, direito constitucional e direito administrativo. Assim, quando o edital era publicado, ele revisava essas matérias e iniciava o estudo do conteúdo específico de cada prova. “Com essa estratégia, eu estudava para vários concursos da mesma área, ao mesmo tempo. Escolhia os concursos por causa do órgão, da remuneração e da jornada de trabalho”, diz.

O estudo de Kalebe é formado por cursos em videoaulas e materiais digitais (cursos em PDF). Quando nenhum edital estava aberto, ele costumava estudar cerca de 3 horas por dia. Com a publicação do edital, a carga de estudos aumentava para 5 a 6 horas por dia.

“O importante é a pessoa descobrir qual método de estudo é melhor para ela, comigo funcionou o Tripé da Aprovação”, afirma o jovem, com um sorriso no rosto e o semblante de dever cumprido.

 

 

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

 

 

Sem categoria

Instituto Federal tem concurso público para nível médio e superior!Até R$ 4.180,66

wdwilson

Instituto Federal tem concurso público para nível médio e superior! Até R$ 4.180,66!

Inscrições serão abertas no dia 21 de setembro; Oportunidades são para o MS
Por Saulo Moreira. Atualizado 15/09/2018 12:1

Saiu edital! O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia publicou na edição do Diário Oficial da União de hoje, 12 de setembro, um novo edital de concurso público para preenchimento de 43 vagas em cargos de níveis médio, técnico e superior da carreira técnico-administrativa em educação no Mato Grosso do Sul . Do quantitativo total de vagas, 03 serão reservadas aos portadores de necessidades especias e 06 para candidatos negros.

De acordo com o edital do concurso do Instituto Federal MS 2018, as oportunidades são para cargos de Técnico em Contabilidade (1), Técnico de Tecnologia da Informação (7), Técnico em Edificações (1), Técnico…

Ver o post original 1.500 mais palavras

Sem categoria

Instituto Federal tem concurso público para nível médio e superior!Até R$ 4.180,66

Instituto Federal tem concurso público para nível médio e superior! Até R$ 4.180,66!

Inscrições serão abertas no dia 21 de setembro; Oportunidades são para o MS
Por Saulo Moreira. Atualizado 15/09/2018 12:1

Saiu edital! O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia publicou na edição do Diário Oficial da União de hoje, 12 de setembro, um novo edital de concurso público para preenchimento de 43 vagas em cargos de níveis médio, técnico e superior da carreira técnico-administrativa em educação no Mato Grosso do Sul . Do quantitativo total de vagas, 03 serão reservadas aos portadores de necessidades especias e 06 para candidatos negros.

De acordo com o edital do concurso do Instituto Federal MS 2018, as oportunidades são para cargos de Técnico em Contabilidade (1), Técnico de Tecnologia da Informação (7), Técnico em Edificações (1), Técnico de Laboratório/Agropecuária (1), Técnico em Agropecuária (2), Técnico de Laboratório/Eletrotécnica (1), Técnico de Laboratório/Mecânica (1), Técnico de Laboratório/Biologia (1) e Assistente em Administração (5), com requisito de nível médio/técnico, Médico Psiquiatra (1), Pedagogo (1), Tecnólogo em Gestão Pública (4), Técnico em Assuntos Educacionais (10), Tecnólogo em Gestão Financeira (1), Administrador (3), Contador (2) e Engenheiro Civil (1), com exigência de nível superior.

As remunerações oferecidas pelo Instituto Federal variam entre R$ 2.446,96 (nível médio e técnico) e R$ 4.180,66 (nível superior), além de R$ 458,00 de auxílio alimentação, assistência à saúde suplementar, incentivo à qualificação, auxílio pré-escolar, auxílio transporte e outros benefícios de acordo com a legislação em vigor. Os candidatos aprovados serão lotados nos Campi de Campo Grande, Corumbá, Nova Andradina, Ponta Porã, Três Lagoas,  Aquidauana, Coxim, Dourados, Jardim e Naviraí.

download

http://bit.ly/2GGJEHI

Veja também: Edital INSS 2018 em análise com 7.888 vagas pode ser autorizado em breve! Até R$10.616,14!

Sobre os cargos

Administrador

Requisitos: Curso Superior em Administração reconhecido pelo Ministério da Educação e registro profissional no Conselho Regional de Administração;

Atribuições: Planejar, organizar, controlar e assessorar as organizações nas áreas de recursos humanos, patrimônio, materiais, informações, financeira, tecnológica, entre outras; implementar programas e projetos; elaborar planejamento organizacional; promover estudos de racionalização e controlar o desempenho organizacional; prestar consultoria administrativa. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Contador

Requisitos: Curso Superior em Ciências Contábeis reconhecido pelo Ministério da Educação e registro profissional no Conselho Regional de Contabilidade;

Atribuições: Executar a escrituração através dos lançamentos dos atos e fatos contábeis; elaborar e manter atualizados relatórios contábeis; promover a prestação, acertos e conciliação de contas; participar da implantação e execução das normas e rotinas de controle interno; elaborar e acompanhar a execução do orçamento; elaborar demonstrações contábeis e a Prestação de Contas Anual do órgão; prestar assessoria e preparar informações econômico-financeiras; atender às demandas dos órgãos fiscalizadores e realizar perícia. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Engenheiro Civil

Requisitos: Curso Superior em Engenharia Civil reconhecido pelo Ministério da Educação e registro profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia;

Atribuições: Desenvolver projetos de engenharia; executar obras; planejar, coordenar a operação e a manutenção, orçar, e avaliar a contratação de serviços; dos mesmos; controlar a qualidade dos suprimentos e serviços comprados e executados; elaborar normas e documentação técnica. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Médico/Psiquiatra

Requisitos: Curso Superior em Medicina/Especialidade em Psiquiatria e registro profissional no Conselho Regional de Medicina;

Atribuições: Realizar consultas e atendimentos médicos; tratar pacientes; implementar ações para promoção da saúde; coordenar programas e serviços em saúde, efetuar perícias, auditorias e sindicâncias médicas; elaborar documentos e difundir conhecimentos da área médica. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

images

http://bit.ly/2GGJEHI

Veja: Agência de Exportações do Brasil abre inscrições de concurso para nível médio e superior! Até R$ 7.313,22!

Pedagogo

Requisitos: Curso Superior em Pedagogia, reconhecido pelo Ministério da Educação;

Atribuições: Implementar a execução, avaliar e coordenar a (re) construção do projeto pedagógico de escolas de educação infantil, de ensino médio, ensino profissionalizante e ensino superior com a equipe escolar; viabilizar o trabalho pedagógico coletivo e facilitar o processo comunicativo da comunidade escolar e de associações a ela vinculadas. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Técnico em Assuntos Educacionais

Requisitos: Curso Superior em Pedagogia ou Licenciaturas reconhecidas pelo Ministério da Educação

Atribuições: Coordenar as atividades de ensino, planejamento e orientação, supervisionando e avaliando estas atividades, para assegurar a regularidade do desenvolvimento do processo educativo. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Tecnólogo em Gestão Pública

Requisitos: Curso Superior em Administração, Administração Pública ou Tecnologia em Gestão Pública reconhecido pelo Ministério da Educação;

Atribuições: Estudar, planejar, projetar, especificar e executar projetos específicos na área de atuação. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão;

Tecnólogo em Gestão Financeira

Requisitos: Curso Superior de Tecnologia em Gestão Financeira;

Atribuições: Desenvolver e aplicar conceitos e ferramentas de gestão, planejar, implantar, executar e avaliar programas e projetos em políticas públicas. Aplicar métodos, técnicas e conceitos econômico-financeiros; analisar demonstrações financeiras e elaborar estudo de viabilidade subsidiando assim o processo de tomada de decisões na instituição. Atuar na área de Finanças, Orçamento e Tributos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Assistente em Administração

Requisitos: Ensino Médio completo;

Atribuições: Dar suporte administrativo e técnico nas áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística; atender usuários, fornecendo e recebendo informações; tratar de documentos variados, cumprindo todo o procedimento necessário referente aos mesmos; preparar relatórios e planilhas; executar serviços áreas de escritório. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Técnico em Agropecuária

Requisitos: Ensino Médio Profissionalizante ou Ensino Médio completo com curso técnico em Agricultura ou Agropecuária e Registro profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia;

Atribuições: Prestar assistência e consultoria técnicas, orientando diretamente produtores sobre produção agropecuária, comercialização e procedimentos de biosseguridade; executar projetos agropecuários em suas diversas etapas; planejar atividades agropecuárias; promover organização, extensão e capacitação rural; fiscalizar produção agropecuária; desenvolver tecnologias adaptadas à produção agropecuária. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

 

 

apostilas-opc3a7c3a3o1

http://bit.ly/2tShyGu

 

Técnico em Contabilidade

Requisitos: Ensino Médio Profissionalizante ou Médio completo com Curso Técnico em Contabilidade, com registro no Conselho de Classe competente;

Atribuições: Identificar documentos e informações, atender à fiscalização; executar a contabilidade geral, operacionalizar a contabilidade de custos e efetuar contabilidade gerencial; realizar controle patrimonial. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Técnico de Tecnologia da Informação

Requisitos: Ensino Médio Profissionalizante ou Ensino Médio e Curso Técnico na área de Informática ou em Eletrônica com ênfase em Sistemas Computacionais;

Atribuições: Desenvolver sistemas e aplicações, determinando interface gráfica, critérios ergonômicos de navegação, montagem da estrutura de banco de dados e codificação de programas; projetar, implantar e realizar manutenção de sistemas e aplicações; selecionar recursos de trabalho, tais como metodologias de desenvolvimento de sistemas, linguagem de programação e ferramentas de desenvolvimento. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Técnico em Edificações

Requisitos: Ensino Médio Profissionalizante ou Ensino Médio completo com Curso Técnico em Edificações;

Atribuições: Realizar levantamentos topográficos e planialtimétricos; desenvolver projetos de edificações sob supervisão de um engenheiro civil; planejar a execução, orçar e providenciar suprimentos; supervisionar a execução dos serviços; treinar mão-de-obra e realizar o controle tecnológico de materiais e do solo. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Técnico de Laboratório – Eletrotécnica

Requisitos: Ensino Médio Profissionalizante ou Ensino Médio completo com Curso Técnico em Eletrotécnica;

Atribuições: Executar trabalhos técnico de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Técnico de Laboratório – Mecânica

Requisitos: Ensino Médio Profissionalizante ou Ensino Médio completo com Curso Técnico em Mecânica;

Atribuições: Executar trabalhos técnico de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Técnico de Laboratório – Biologia

Requisitos: Ensino Médio Profissionalizante ou Ensino Médio completo com curso técnico em Biologia ou área afim;

Atribuições: Executar trabalhos técnico de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Técnico de Laboratório – Agropecuária

Requisitos: Ensino Médio Profissionalizante ou Ensino Médio completo com curso técnico em Agropecuária ou técnico Agrícola ou técnico em Agricultura ou técnico em Agroecologia.

Atribuições: Executar trabalhos técnico de laboratório relacionados com a área de atuação, realizando ou orientando coleta, análise e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

nova-concursos_logo_9

http://bit.ly/2HQKfcN

Inscrição Concurso Técnicos Administrativos IFMS 2018

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre o período de 21 de setembro e 14 de outubro de 2018, no site do Instituto www.ifms.edu.br/centraldeselecao. O valor da inscrição oscila entre R$ 90,00 (nível médio) e R$ 130,00 (nível superior).

Provas Concurso Técnicos Administrativos IFMS 2018

O concurso Instituto Federal IFMS consistirá com provas objetivas (para todos os cargos) com 50 questões distribuídas entre as disciplinas de informática, legislação, conhecimentos específicos, língua portuguesa e raciocínio lógico. As avaliações serão aplicadas no dia 20 de janeiro de 2019, na cidade de Campo Grande/MS, período da manhã para os cargos de nível médio e técnico e a tarde para os cargos de nível superior, em locais e horários a serme informados no dia 11 de janeiro de 2018, no site do Instituto.

A Prova Objetiva constará de 50 (cinquenta) questões de múltipla escolha (com cinco alternativas em cada questão), que versarão sobre assuntos constantes do Conteúdo Programático. As provas serão avaliadas na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos, devendo o candidato obter, no mínimo, 60 (sessenta) pontos e atingir pontuação igual ou superior a 1 (um) ponto em todas as áreas do conhecimento.

O gabarito provisório sera divulgado no dia 21 de janeiro de 2019, no site www.ifms.edu.br/centraldeselecao. O concurso público é válido por 24 meses, a contar da data de homologação do resultado final, prazo este que poderá ser prorrogado uma vez, por igual período.

Informações do concurso
  • Concurso: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul – IFMS
  • Banca organizadora: IFMS
  • Escolaridade: médio, técnico e superior
  • Número de vagas: 43
  • Remuneração: R$ 2.446,96 e R$ 4.180,66
  • Inscrições: 21 de setembro e 14 de outubro de 2018
  • Taxa de Inscrição: R$ 90,00 e R$ 130,00
  • Provas: 20 de janeiro de 2019
  • Situação: PUBLICADO
EDITAL IFMS 67/2018
Sem categoria

EDITAL Banco do Brasil 2018:Déficit já passa de 10 mil bancários, confirma Confederação

wdwilson

EDITAL Banco do Brasil 2018: Déficit já passa de 10 mil bancários, confirma Confederação!

Último edital foi divulgado em março deste ano, mas voltado para áreas de Tecnologia da Informação; Banco diz que não há previsão de novo edital
Por Saulo Moreira. Atualizado 15/09/2018 12:1

O Banco do Brasil lançou no primeiro trimestre deste ano um edital de concursopúblico para preenchimento de vagas em Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP). No entanto, o certame não foi o suficiente para prover a atual demanda do Banco. Acontece que de acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), a instituição tem um déficit de mais de 10 mil escriturários na área de atendimento.

O certame voltado para o setor é aguardado há dois…

Ver o post original 950 mais palavras

Sem categoria

EDITAL Banco do Brasil 2018:Déficit já passa de 10 mil bancários, confirma Confederação

EDITAL Banco do Brasil 2018: Déficit já passa de 10 mil bancários, confirma Confederação!

Último edital foi divulgado em março deste ano, mas voltado para áreas de Tecnologia da Informação; Banco diz que não há previsão de novo edital
Por Saulo Moreira. Atualizado 15/09/2018 12:1

O Banco do Brasil lançou no primeiro trimestre deste ano um edital de concursopúblico para preenchimento de vagas em Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP). No entanto, o certame não foi o suficiente para prover a atual demanda do Banco. Acontece que de acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), a instituição tem um déficit de mais de 10 mil escriturários na área de atendimento.

O certame voltado para o setor é aguardado há dois anos para 13 estados (Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Amazonas, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará e Tocantins), além do Distrito Federal.

Em março deste ano o BB chegou a abrir um certame para o cargo de Escriturário, mas a estrutura das provas e o conteúdo programático do certame não correspondiam ao padrão de editais divulgados pelo Banco. O certame trouxe, por exemplo, uma prova com 25 questões de Informática e 05 de Conhecimentos Bancários. Com isso, houve uma dúvida por parte dos candidatos se as vagas do certame seriam para área de atendimento ou para Tecnologia da Informação.

O Banco ainda não se posicionou oficialmente sobre o assunto. Na visão da Confederação, o certame foi realmente para necessidade específica da área de informática.

Veja também: Edital Concurso CAIXA para nível médio ainda depende de conclusão do último certame!

Sindicato também cobra concurso

Os bancários da instituição realizaram no final do primeiro semestre, um protesto exigindo do banco e do governo a realização de concurso público e contratações para suprir a falta de funcionários em todos os locais de trabalho.

“O Sindicato exige contratações diante deste desmonte promovido pelo governo federal. O banco deveria era melhorar as condições de trabalho dos funcionários, pois lucrou R$ 3 bilhões neste primeiro trimestre, 20% a mais do que o mesmo período do ano passado”, disse o funcionário do BB Davi Basso, diretor da Fetec e conselheiro consultivo da Previ.

De acordo com o Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região, nos últimos 12 meses, o Banco do Brasil fechou 1.983 postos de trabalho e 270 agências no país, causando inclusive conflitos nesses locais de trabalho entre a população e bancários.

“O Sindicato e os bancários do BB defendem um banco público para a sociedade, com crédito mais barato, tarifas menores e, principalmente, melhores condições de trabalho para os funcionários melhor atenderem a população. É importante a participação dos funcionários do BB no protesto. Precisamos de concursos públicos e contratações para preencher vagas nas agências e departamentos, pois há em todos os locais de trabalho sobrecarga. Vamos mostrar que estamos unidos e prontos para defendermos nossos direitos na Campanha Nacional, que já está começando”, finaliza Davi Basso.

Banco diz que não há previsão de concurso

De acordo com a assessoria de imprensa do Banco, ainda não há uma previsão de novo concurso público. Entre algumas medidas de reestruturação da instituição esteve o fechamento de algumas agências e fusões de alguns dos setores. Além disso, o BB criou escritórios digitais e realocou funcionários para onde o déficit é maior.

Sobre o cargo de Escriturário

O cargo de Escriturário conta com remuneração inicial de R$ 2.718,73 (Dois mil, setecentos e dezoito reais e setenta e três centavos) e auxílio alimentação/refeição de R$ 1.350,00, totalizando ganhos de R$4.068,73. Além disso, haverá possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente; vale-transporte; auxílio-creche; auxílio a filho com deficiência; e previdência privada.

Confira: Banco do Nordeste estuda realização de novo concurso público em 2018

O Escriturário do Banco do Brasil tem as seguintes atribuições: comercialização de produtos e serviços do BANCO DO BRASIL S.A., atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários; redação de correspondências em geral; conferência de relatórios e documentos; controles estatísticos; atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados; execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo ocupacional do cargo, compatíveis com as peculiaridades do BANCO DO BRASIL S.A. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais.

 

images

Último concurso do Banco do Brasil foi divulgado no dia 06 de março

No dia 06 de março, o Banco abriu concurso para preencher 30 vagas no cargo de Escriturário, além de cadastro reserva. A Fundação Cesgranrio, organizadora do certame, aplicou as avaliações no dia 13 de maio em Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) ou São Paulo (SP).

De acordo com o documento publicado, as oportunidades foram para lotação nas cidades de Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP). Para concorrer a uma das vagas, o candidato precisou ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, (MEC), e idade mínima de 18 anos completos na data da contratação.

O concurso do Banco do Brasil BB 2018 contou com quatro etapas, conforme disposto a seguir:

a) 1ª Etapa: Avaliação de Conhecimentos, mediante a aplicação de provas objetivas, de caracteres eliminatório e classificatório, sob a responsabilidade da FUNDAÇÃO CESGRANRIO.

b) 2ª Etapa: Prova de Redação, de caráter eliminatório, sob a responsabilidade da FUNDAÇÃO CESGRANRIO.

c) 3ª Etapa: Aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos(as) pretos(as) ou pardos(as), conforme subitem 4.2 e seus subitens.

d) 4ª Etapa: Procedimentos Admissionais e Perícia Médica, de caráter eliminatório, sob a responsabilidade do BANCO DO BRASIL S.A.

Resumo do último concurso BB
  • Concurso: Banco do Brasil
  • Banca organizadora: Fundação Cesgranrio
  • Escolaridade: nível médio
  • Número de vagas: 30 + CR
  • Remuneração:Até R$4.068,73 (salário + benefício)
  • Inscrições: entre 08 e 27 de março
  • Taxa de Inscrição: R$48,00
  • Provas: 13 de maio de 2018
  • Situação: PUBLICADO
  • Edital Concurso Banco do Brasil 2018

Sobre o Banco do Brasil

A missão do Banco do Brasil é ser um banco rentável e competitivo, atuando com espírito público em cada uma de suas ações, junto a clientes, acionistas e toda sociedade. A visão é a de ser o banco mais confiável e relevante para a vida dos clientes, funcionários e para o desenvolvimento do Brasil.

 

download

http://bit.ly/2GGJEHI

 

“Ter sucesso é falhar repetidamente, mas sem perder o entusiasmo”

 

download (6)

 

Sem categoria

EDITAL VALE abre inscrições para 600 vagas de Estágio !

wdwilson

safe_image

Por Adriano Sena. Atualizado 14/09/2018 14:1

EDITAL VALE abre inscrições para 600 vagas em Estágio

As inscrições para o Programa de Estágio Vale 2019 estão abertas! O processo de seleção vai até o final deste ano e a contratação dos selecionados acontece em janeiro de 2019. São cerca de 600 vagaspara diversos cursos de nível técnico e superior em seis estados: Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará e Rio de Janeiro. Iniciar a sua carreira no Programa de Estágio da Vale significa ter a oportunidade de conhecer e participar dos desafios de uma empresa global, na qual você vai desenvolver habilidades essenciais para sua trajetória profissional.

De acordo com o edital, as inscrições poderão ser feitas até o dia 21 de setembro de 2018. A Vale é uma das maiores mineradoras do Brasil e do mundo. Atualmente é uma empresa privada e listada na Bolsa de…

Ver o post original 619 mais palavras

Sem categoria

EDITAL VALE abre inscrições para 600 vagas de Estágio !

safe_image
Por Adriano Sena. Atualizado 14/09/2018 14:1

EDITAL VALE abre inscrições para 600 vagas em Estágio

As inscrições para o Programa de Estágio Vale 2019 estão abertas! O processo de seleção vai até o final deste ano e a contratação dos selecionados acontece em janeiro de 2019. São cerca de 600 vagaspara diversos cursos de nível técnico e superior em seis estados: Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará e Rio de Janeiro. Iniciar a sua carreira no Programa de Estágio da Vale significa ter a oportunidade de conhecer e participar dos desafios de uma empresa global, na qual você vai desenvolver habilidades essenciais para sua trajetória profissional.

De acordo com o edital, as inscrições poderão ser feitas até o dia 21 de setembro de 2018. A Vale é uma das maiores mineradoras do Brasil e do mundo. Atualmente é uma empresa privada e listada na Bolsa de Valores. Além da mineração, também atua em logística, energia e siderurgia. Tem como missão transformar recursos naturais em prosperidade e desenvolvimento sustentável. E tem como objetivo alcançar o primeiro lugar no ranking mundial de empresas de recursos naturais no que se refere à criação de valor de longo prazo, com respeito às pessoas e ao planeta. A Vale está presente em cerca de 30 países.

Nível Técnico

Estudantes com formação prevista até 12/2020.

CARGA HORÁRIA
4h ou 6h com duração máxima de 1 ano

BENEFÍCIOS

  • Bolsa-auxílio (4h): R$ 664,20
  • Bolsa-auxílio (6h): R$ 996,30
  • Vale-refeição ou refeitório
  • Vale-transporte ou transporte
  • Seguro de vida
  • Assistência médica
  • Férias: 15 dias a cada 6 meses

ATENÇÃO: é necessário estar matriculado na instituição de ensino, estar formado na parte teórica ou não ter cumprido ainda a carga horária obrigatória de estágio.

Nível Superior

Estudantes com formação prevista entre 12/2019  e 12/2021.

CARGA HORÁRIA
4h ou 6h com duração máxima de 2 anos

BENEFÍCIOS

  • Bolsa-auxílio (4h): R$ 916,35
  • Bolsa-auxílio (6h): R$ 1375,14
  • Vale-refeição ou refeitório
  • Vale-transporte ou transporte
  • Seguro de vida
  • Assistência médica
  • Férias: 15 dias a cada 6 meses
    ATENÇÃO: é necessário apresentar a declaração da instituição de ensino autorizando a realização de estágio.

Para mais Informações, clique aqui

Para inscrição Programa de Estágio Vale, clique aqui

Coca-Cola também abriu oportunidades

A Coca-Cola FEMSA Brasil, a maior engarrafadora de Coca-Cola no país, faz saber aos interessados a abertura do Programa de Estágio Coca-Cola FEMSA para preenchimento de vagas no ano de 2019. De acordo com o anúncio, o candidato selecionado vai participar do desenvolvimento e execução de projetos inovadores e de impacto na área e negócio, assim como treinamentos técnicos e comportamentais voltados para aceleração da carreira.

Com aproximadamente 20 mil colaboradores, a Coca-Cola FEMSA Brasil atende diariamente 72 milhões de consumidores dos estados de SP, MG, PR, SC, RS, MS e parte do RJ, produzindo e distribuindo o mais completo portfólio de bebidas. Segundo informações da empresa, as oportunidades desta seleção são destinadas aos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.

“O estagiário é visto como talento dentro da FEMSA”, informa a empresa no anúncio de seleção. Os estagiários vão participar do desenvolvimento das atividades de uma das seguintes áreas: Marketing; Administração e finanças; Comercial; Recursos Humanos; ou Supply Chain. A faixa salarial é de R$1.400,00 e os candidatos serão contratados sob regime da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Saiba mais

Veja também: EDITAL do SESC 2018 tem vagas para nível médio com salários de até R$2.500,00

CAIXA oferece oportunidades em Estágio

A Caixa Econômica Federal (CEF), através do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), faz saber aos interessados a abertura de cinco editais de processo seletivo (Estágio Caixa 2018) que têm objetivo de preenchimento de vagas na modalidade cadastro reserva. As contratações serão feitas conforme necessidade.

As oportunidades são destinadas a candidatos que estejam cursando o ensino médio ou ainda algum curso técnico integrado ao ensino médio nas áreas de Técnico em Administração, Técnico em Administração Integrado ao Ensino Médio, Técnico em Finanças Integrado ao Ensino Médio, Técnico em Secretariado integrado ao Ensino Médio, Técnico em Segurança do Trabalho. Além disso, o novo estágio da Caixa 2018 oferece oportunidades para graduandos nas áreas de Informática (Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Bacharel), Ciência da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia de Software e Sistemas de Informação), Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Engenharia Elétrica, Engenharia Agronomia/Agrícola, Engenharia Mecânica, Engenharia de Telecomunicações e Direito.

O processo de cadastramento visa ao preenchimento de vagas para regiões que não possuem candidatos aprovados na lista de classificação dos processos anteriores.

  • Concurso: Caixa Econômica Federal (CEF)
  • Banca organizadora: CIEE
  • Escolaridade: médio, técnico e superior
  • Número de vagas: CR
  • Remuneração: Bolsas de até R$1.000,00 + benefícios
  • Pré-Inscrições: até 05 de outubro todos os cargos, com exceção do Direito (até 11 de outubro)
  • Provas: online
  • Situação: PUBLICADO
  • Saiba mais
apostilas-opc3a7c3a3o1

http://bit.ly/2jfK6l0

Sem categoria

As surpresas do ensino de Xangai, um dos mais desconhecidos (e bem-sucedidos) do mundo

wdwilson

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

As surpresas do ensino de Xangai, um dos mais desconhecidos (e bem-sucedidos) do mundo

Lenora ChuDireito de imagemLENORA CHU
Image captionJornalista americana decidiu investigar o sistema educacional chinês, que passou a chamar a atenção no mundo todo por causa dos bons resultados de Xangai no Pisa

Em 2010, a jornalista americana Lenora Chu foi viver em Xangai, a maior cidade da China, com seu marido e seu filho pequeno. No mesmo ano, Xangai ocupou a primeira posição no exame de educação internacional Pisa, que mede o desempenho de alunos de 15 anos em matemática, leitura e ciências. Os resultados surpreenderam os especialistas. Era a primeira vez que a China participava da avaliação.

Para efeitos comparativos, na avaliação…

Ver o post original 1.489 mais palavras

Sem categoria

As surpresas do ensino de Xangai, um dos mais desconhecidos (e bem-sucedidos) do mundo

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

As surpresas do ensino de Xangai, um dos mais desconhecidos (e bem-sucedidos) do mundo

Lenora ChuDireito de imagemLENORA CHU
Image captionJornalista americana decidiu investigar o sistema educacional chinês, que passou a chamar a atenção no mundo todo por causa dos bons resultados de Xangai no Pisa

 

Em 2010, a jornalista americana Lenora Chu foi viver em Xangai, a maior cidade da China, com seu marido e seu filho pequeno. No mesmo ano, Xangai ocupou a primeira posição no exame de educação internacional Pisa, que mede o desempenho de alunos de 15 anos em matemática, leitura e ciências. Os resultados surpreenderam os especialistas. Era a primeira vez que a China participava da avaliação.

 

Para efeitos comparativos, na avaliação mais recente do Pisa, em 2015, o Brasil ficou na 63ª colocação em ciências, na 59ª em leitura e na 65ª em matemática, entre 70 países.

 

http://bit.ly/2GGJEHI

Nascida nos Estados Unidos de pais chineses, Lenora Chu e seu marido tomaram, então, uma decisão pouco comum: matricular o filho de três anos em um jardim de infância público chinês, o que lhes deu uma oportunidade única de observar um dos sistemas educacionais mais isolados do mundo – e que tem despertado um interesse crescente por causa dos bons resultados.

 

“É uma escola de elite em uma área abastada de Xangai, mas ao mesmo tempo é para onde a China quer que sua educação aponte. Por isso, acabou sendo o lugar perfeito para observar a direção que o país pretende tomar”, disse Chu à BBC News Mundo, o serviço em espanhol da BBC, por telefone.

 

A partir dessa experiência e de uma pesquisa durante os anos seguintes, Chu escreveu o livro Little soldiers: An American boy, a Chinese school and the global race to achieve (“Pequenos soldados: Um garoto americano, uma escola chinesa e a corrida global em busca do sucesso”, em tradução livre).

 

Nele, Chu conta sobre os conflitos que teve com professores e administradores da escola, quando começou a perceber coisas de que não gostava – por exemplo, quando um professor obrigou o garoto a comer ovos, que ele odiava.

 

“Comecei a perceber que ali talvez houvesse algo além de simplesmente ter as melhores escolas do mundo”, disse.

 

Mas depois de reclamar nos primeiros meses e dizer que não queria ir para a escola, seu filho começou a esperar pacientemente sua vez nas filas e a fazer pequenas tarefas domésticas.

Aula na ChinaDireito de imagemLENORA CHU
Image captionDurante cinco anos, Chu conseguiu acesso a salas de aulas de diversas escolas e de diversos níveis no país

 

Chu começou a tentar obter acesso às aulas na escola de seu filho e em outras, algo muito difícil em um país onde há grande desconfiança em relação aos jornalistas.

 

“Fui a jardins de infância e a escolas primárias muito normais. Vi coisas muito chocantes, mas também positivas.”

 

http://bit.ly/2GGJEHI

 

Ela foi surpreendida pelo fomento, desde muito cedo, de valores como obediência e disciplina com métodos que, em países ocidentais, poderiam ser considerados questionáveis.

 

“Em uma das creches havia um menino de que nunca me esquecerei. Era mais alto que o resto das crianças de três anos e se metia em problemas todo o tempo”, relembra.

 

“Os professores o ameaçavam: ‘se você não se sentar, sua mãe não virá buscar você’; ‘se não terminar a comida, vai ficar sozinho no corredor’. Eu fiquei chocada e pensei: ‘Isso está acontecendo com meu filho!’.”

 

Isso é próprio da educação tradicional chinesa, muito baseada na hierarquia, mas Chu diz que, cada vez mais, essa cultura autoritária entra em conflito com as opiniões dos jovens e com a China moderna, de cidades como Pequim e Xangai.

Um sistema educacional de competitividade extrema

 

Outra das coisas que lhe chamou a atenção foi o elevadíssimo nível de competitividade, inclusive entre as crianças menores. Ela acredita que isso acontece, em grande parte, por causa do sistema de avaliações ao qual os estudantes são submetidos.

EscolaDireito de imagemGETTY IMAGES
Image captionEm seu livro, Chu relata os costumes de dar presentes frequentemente aos professores e a pressão por responder imediatamente a suas mensagens pelo celular

 

“Se nascem cerca de 18 milhões de crianças por ano, (o sistema educacional) perde aproximadamente a metade delas no teste para entrar no instituto acadêmico normal em todo o país. Na prova para entrar na universidade, perde-se outro terço.”

 

http://bit.ly/2GGJEHI

 

“Tenho certeza que não é assim na Espanha, nos Estados Unidos ou no Reino Unido, onde há mais opções para as crianças que não podem se manter dentro do sistema educacional público normal. Mas é assim na China, e é por isso que as pessoas ficam tão estressadas”, afirma.

 

Como parte desse ambiente de pressão, espera-se geralmente que os pais tenham um papel muito ativo em tudo o que diz respeito à educação dos filhos.

 

Isso inclui a obrigação de assinar o livro de tarefas todos os dias, para que o professor veja que os pais sabem o que os filhos estão fazendo. Ou receber centenas de mensagens por dia em grupos de pais e professores no celular.

 

“Se eu largar meu telefone para fazer algo, uma hora depois tenho entre 50 e 100 mensagens, todas demonstrando respeito ao professor”, diz Chu.

 

“O professor escreve para dizer que é preciso levar determinados livros no dia seguinte, e todo mundo responde: ‘Recebido, professor! Você é tão maravilhoso, obrigada pelo trabalho duro’. E se você não responde assim, fica achando que o professor percebe. Há muita pressão para mostrar presença e responder.”

 

Em algumas escolas de Xangai, segundo a jornalista, os pais foram proibidos de responder às mensagens dos professores, para diminuir um pouco a pressão.

Corrupção com presentes aos professores

 

Outra coisa que lhe chamou a atenção foi o costume generalizado de dar presentes aos professores, algo que, algumas vezes, pode ser interpretado como tentativa de suborno.

Alunos em XangaiDireito de imagemGETTY IMAGES
Image captionO governo chinês chegou a proibir presentes aos professores, que muitas vezes são usados como tentativa de suborno para conseguir lugares melhores ou aulas extra para os filhos

 

“Em 2014, o ministério aprovou uma política para proibir os professores de aceitar presentes e de dar aulas de reforço a seus estudantes fora do horário de aulas. Isso era basicamente uma medida anticorrupção, e acho que foi muito eficiente”, afirma.

 

“Eu não gosto de chamar isso de suborno ou de corrupção, mas na cultura chinesa é comum presentear as pessoas que são importantes na sua vida, e isso inclui os professores.”

 

http://bit.ly/2GGJEHI

 

Para Chu, isso pode “facilmente cruzar a linha e se transformar em algo como ‘te deu tanto dinheiro, te dei uma bolsa, será que meu filho pode sentar em um lugar melhor na sala de aula?’. Isso acontece muito aqui no sistema. Tentaram diminuir, e acho que melhorou”.

Valor do trabalho duro x crença no talento

 

O livro da jornalista americana também tenta explicar a educação no país com nuances e de forma equilibrada, diz ela, mais além da visão polarizada que geralmente prevalece nos países ocidentais.

 

Seu filho, por exemplo, aprendeu a importância da disciplina e a relação entre o esforço e os resultados que obtém.

 

“Acho que nos Estados Unidos e nas sociedades ocidentais – e isso está baseado em estudos que eu cito no livro – tendemos a acreditar mais no talento quando se trata de capacidades acadêmicas”, afirma.

 

“Falei com inúmeras pessoas que me disseram: ‘Ah, Johnny não tem talento para matemática, mas tudo bem, porque eu também não era bom nisso’. Mas os chineses vão dizer: ‘ele consegue, basta se esforçar o suficiente’.”

 

Para a americana, isso tem valor, porque aprender que “nada é fácil” é também uma lição importante para a vida.

Lenora ChuDireito de imagemMICHAEL D’AMBROSIA
Image captionApesar do incômodo com questões culturais, jornalista diz gostar do fato de que os filhos se tornaram bilíngues e são mais proficientes em matemática

 

Depois de cerca de 150 entrevistas com especialistas, professores de todos os níveis do sistema educacional e até com o responsável pelo currículo de matemática da China, Chu chegou à conclusão de que os sistema do país “prepara bem os chineses para a sociedade chinesa” – o que faz com que ele não possa ser aplicável diretamente a outras sociedades.

 

“Percebemos que a educação é uma atividade cultural, e eu nunca havia pensado nisso desta maneira.”

 

http://bit.ly/2GGJEHI

 

Mesmo incomodada com elementos da experiência da educação chinesa, ela diz valorizar o fato de que seus filhos (ela teve um segundo, Landon, depois de Rainey), “têm um nível de matemática superior aos das crianças de sua idade nos Estados Unidos” e falam tanto inglês como chinês.

Críticas

 

Apesar do sucesso do método de Xangai, especialistas em educação afirmam que ele, ao privilegiar o cálculo e a memorização, deixa de lado a criatividade, a análise e a capacidade de expressão.

 

Além disso, o grande número de horas de estudo limita o tempo livre das crianças, o que pode prejudicar o desenvolvimento saudável de suas habilidades sociais e de sua personalidade.

 

Sendo assim, ainda que sejam bons em cálculo e na memorização de conteúdos, os estudantes acabam tendo dificuldade para se expressar, comunicar suas ideias e raciocinar em equipe, ressalvam os críticos.

 

safe_image

http://bit.ly/2GGJEHI

 

 

Sem categoria

Concurso Liquigás : Análise do Edital 2018.2

wdwilson

                                                                          http://bit.ly/2GGJEHI

download
Fachada da Amazon Go, supermercado sem filas da Amazon (Foto: Época NEGÓCIOS)FACHADA DA AMAZON GO, SUPERMERCADO SEM FILAS DA AMAZON (FOTO: ÉPOCA NEGÓCIOS)

No andar térreo do prédio que serve de quartel general da Amazon, em Seattle, fica seu experimento de futuro do varejo físico. É na loja batizada de Amazon Go que a companhia que alcançou valor de mercado de US$ 1 trilhão com um império de vendas pela internet mostra como pensa que o varejo físico será dentro de décadas—ou de poucos anos, se for uma escolha somente de Jeff Bezos e companhia. Ali na frente, turistas se acumulam para poses que vão parar no Instagram e outras redes sociais por aí. A loja, não é exagero, virou ponto…

Ver o post original 538 mais palavras

Sem categoria

Concurso Liquigás : Análise do Edital 2018.2

                                                                          http://bit.ly/2GGJEHI

download
Fachada da Amazon Go, supermercado sem filas da Amazon (Foto: Época NEGÓCIOS)FACHADA DA AMAZON GO, SUPERMERCADO SEM FILAS DA AMAZON (FOTO: ÉPOCA NEGÓCIOS)

 

No andar térreo do prédio que serve de quartel general da Amazon, em Seattle, fica seu experimento de futuro do varejo físico. É na loja batizada de Amazon Go que a companhia que alcançou valor de mercado de US$ 1 trilhão com um império de vendas pela internet mostra como pensa que o varejo físico será dentro de décadas—ou de poucos anos, se for uma escolha somente de Jeff Bezos e companhia. Ali na frente, turistas se acumulam para poses que vão parar no Instagram e outras redes sociais por aí. A loja, não é exagero, virou ponto turístico na cidade. Não à toa. A Amazon Go não tem filas e nem caixas registradoras. O cliente entra, pega o que precisa e sai andando—por mais que muitos hesitem nos passos finais.

A primeira unidade da Amazon Go, a que visitei, foi fundada em janeiro de 2018, após um breve mês de experiência atendendo somente a funcionários da própria empresa. A expansão tem sido veloz. Outras duas lojas já funcionam em Seattle, Nova York vai receber uma unidade em breve e outras metrópoles, como Chicago e São Francisco, já foram citadas pela empresa como planos futuros. Esta primeira unidade, com 170 m², é uma mistura de supermercado, vendendo bebidas, doces e biscoitos, e loja de conveniência, com comidas prontas preparadas no próprio local. A ideia é que ela sirva como fonte de almoços rápidos para quem trabalha na região. Mas é aqui que as explicações convencionais sobre a Amazon Go acabam.

Recibo de compra na Amazon Go dentro do aplicativo (Foto: Época NEGÓCIOS)

Se tem uma coisa que é mais difícil na “loja do futuro” do que é em mercado convencionais é o rito de preparação. Para entrar na loja, você deve ter o aplicativo Amazon Go instalado em seu smartphone com login em uma conta da Amazon e cartão de crédito registrado. A entrada da loja tem catracas com leitores de barras. A tela inicial do app exibe um QR Code que libera seu acesso. A partir dali todos os passos são monitorados. Um sistema de câmeras, sensores e inteligência artificial acompanha cada cliente e é capaz de registrar o que foi levado embora da loja.

Eu bem que tentei enganar a tecnologia da Amazon e retirei produtos com uma mão e devolvi com outra. Mas ela ganhou de mim, é claro. A patente registrada pela empresa, que é assinada por 10 funcionários da Amazon, incluindo um certo Jeffrey P. Bezos, descreve o uso de imagens capturadas por câmeras combinadas a algoritmos de inteligência artificial. Um sentimento engraçado enquanto eu andava pela loja é de que estava sendo sempre observado—o que não deixa de ser verdade. Ao sair do estabelecimento, dei uma última espiada para trás para ver se algo apitava ou coisa assim. Que nada. Logo após a minha saída, o aplicativo do mercado já mostrava a listinha do que eu havia comprado e um comprovante havia chego por e-mail. Muito prático.

Mas a experiência de compra na Amazon Go não é fascinante por conta dos sensores no teto e da nota fiscal digital. A praticidade de simplesmente sair andando da loja é algo que conquista. Tente lembrar da primeira vez que você deixou de pegar um táxi e optou por um carro da Uber. Ou quando percebeu que já era comum para você abrir a porta e sair andando—eu já tentei sair sem pagar de táxi, de tão acostumado com a praticidade de não ter mais de fazer isso. O sentimento de sair andando de um supermercado é algo parecido. E é aí que você entende o futuro que a Amazon vê. Nem tudo você precisa comprar pela internet. Mas em tempos de entrega no mesmo dia para compras virtuais, a ida até uma loja física deve se encaixar em um cenário de tanta pressa, que você não deveria nem perder tempo em uma fila.

 

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

Sem categoria

Concurso ALE-RO : Análise de Edital 2018

 

images

http://bit.ly/2GGJEHI

 

ESTRATÉGIA CONCURSOS

Por que escolher o Estratégia Concursos?
Garantia de satisfação ou seu dinheiro de volta
Confiamos tanto em nosso trabalho que você tem 30 dias para testar os nossos cursos. Se você não se adaptar à nossa metodologia, devolvemos todo o seu dinheiro.

DOWNLOAD Liberado
Você pode baixar todas as videoaulas, PDFs e áudios. Não há limite de visualizações. Você pode estudar onde e quando quiser, mesmo sem internet.

Fórum de dúvidas
Você pode enviar quantas dúvidas você quiser. Todas elas serão respondidas em até 5 dias.

Cursos completos em Livros eletrônicos no formato PDF com vídeos e áudios integrados
Dê seu ritmo à aula. Você pode baixar todos os livros eletrônicos no formato PDF integrado por vídeo, texto e áudio. Não há limite de visualizações. Você pode estudar onde e quando quiser, mesmo sem internet.

 

download

http://bit.ly/2jfK6l0

Sem categoria

Principais Concursos Abertos Nesta Semana – 09 a 16 de setembro de 2018

wdwilson

download

http://bit.ly/2GGJEHI

“Não Importa O Quão Devagar Você Vá, Desde Que Você Não Pare”

http://bit.ly/2jfK6l0

Ver o post original

Sem categoria

Principais Concursos Abertos Nesta Semana – 09 a 16 de setembro de 2018

download

http://bit.ly/2GGJEHI

 

“Não Importa O Quão Devagar Você Vá, Desde Que Você Não Pare”

http://bit.ly/2jfK6l0

Sem categoria

Concurso ICMS-SC – Análise de Edital 2018

http://bit.ly/2GGJEHI

 

Sem categoria

EDITAL SEBRAE 2018 abre inscrições para nível médio e superior! Até R$ 3.493,42

http://bit.ly/2GGJEHI

safe_image

https://bit.ly/2MbLt05

 

Imagem da história para sebrae 2018 edital de Notícias Concursos (Blogue)

EDITAL SEBRAE 2018: Último dia de inscrições para nível médio! Até …

Notícias Concursos (Blogue)10 de ago de 2018
O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas abriu as inscrições do edital para o preenchimento de vagas no cargo de …
safe_image

http://bit.ly/2jfK6l0

“Aquele que não luta pelo futuro que quer, deve aceitar o futuro que vier”

 

download (6)

Sem categoria

Concursos dos Bombeiros 2018 têm 1802 vagas abertas e previstas para niveis médio e superior! Até R$ 6.714,06

wdwilson

208-e1536272048851

http://bit.ly/2GGJEHI

safe_image (1)

https://wdwilson.blog

“Aprender é a única coisa que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende”

http://bit.ly/2jfK6l0

safe_image

Ver o post original

Sem categoria

Concursos dos Bombeiros 2018 têm 1802 vagas abertas e previstas para niveis médio e superior! Até R$ 6.714,06

208-e1536272048851

http://bit.ly/2GGJEHI

 

 

safe_image (1)

https://wdwilson.blog

 

“Aprender é a única coisa que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende”

http://bit.ly/2jfK6l0

safe_image

 

 

 

Sem categoria

Tribunal de Justiça (TJ) abre novo concurso público com salários de até R$ 23.577,96

Sem categoria

Tribunal de Justiça (TJ) abre novo concurso público com salários de até R$ 23.577,96

safe_image

https://bit.ly/2QdpPfo

Sem categoria

Assista a “Concurso TJSP: Formação Humanística para o 188º TJSP” no YouTube

Sem categoria

Assista a “MPU | Direito Processual Civil AO VIVO ÀS 8h30min” no YouTube

Sem categoria

Boletim Semanal de Notícias de Concursos: (ATUALIZADO)

Sem categoria

Assista a “Relaxing Blues Blues Legends Music 2015 Vol 4 | www.RelaxingBlues.com” no YouTube

Sem categoria

Maratona OAB: aulas GRATUITAS para a 1ª fase do Exame de Ordem : Estratégia OAB

Sem categoria

Assista a “Otis Rush & Eric Clapton – Double Trouble (Live At Montreux 1986)” no YouTube

Sem categoria

Assista a “AC/DC-‘Gone Shootin’- Live in Nashville ’78” no YouTube

Sem categoria

Concurso Banco do Nordeste (BNB): Dicas & Expectativas

wdwilson

images

http://bit.ly/2GGJEHI

Banco do Nordeste confirma que edital será publicado até setembro

Edital será divulgado para cargos de ensino médio e superior; Últimos editais foram em 2014 e 2010
Por Saulo Moreira. Atualizado 22/08/2018 10:56

O Banco do Nordesteacaba de anunciar que o edital de concurso público (Concurso Banco do Nordeste 2018) será divulgado dentro de um mês, e as inscrições vão iniciar logo em seguida. De acordo com informações da instituição, as vagas serão destinadas aos cargos de Analista Bancário, de nível médio, e Especialista Técnico – Analista de Sistemas, de nível superior.

O Banco chegou a anunciar um concurso em 2015 com vagas para nível superior, no entanto o certame acabou não acontecendo. Na ocasião, a Associação Cearense de Estudos e Pesquisas (ACEP) havia sido escolhida organizadora. O último edital para analista bancário foi divulgado em 2014, enquanto…

Ver o post original 1.589 mais palavras

Sem categoria

Concurso Banco do Nordeste (BNB): Dicas & Expectativas

 

images

http://bit.ly/2GGJEHI

 

Banco do Nordeste confirma que edital será publicado até setembro

Edital será divulgado para cargos de ensino médio e superior; Últimos editais foram em 2014 e 2010
Por Saulo Moreira. Atualizado 22/08/2018 10:56

O Banco do Nordesteacaba de anunciar que o edital de concurso público (Concurso Banco do Nordeste 2018) será divulgado dentro de um mês, e as inscrições vão iniciar logo em seguida. De acordo com informações da instituição, as vagas serão destinadas aos cargos de Analista Bancário, de nível médio, e Especialista Técnico – Analista de Sistemas, de nível superior.

O Banco chegou a anunciar um concurso em 2015 com vagas para nível superior, no entanto o certame acabou não acontecendo. Na ocasião, a Associação Cearense de Estudos e Pesquisas (ACEP) havia sido escolhida organizadora. O último edital para analista bancário foi divulgado em 2014, enquanto o cargo de Especialista esteve ofertado no edital divulgado em 2010.

Uma nova banca organizadora deverá ser conhecida nos próximos dias.

Apostila Concurso Banco do Nordeste 2018 – Atualizada

Analista Bancário

Para o cargo de Analista Bancário é exigido Certificado de Conclusão do Ensino de Nível Médio, emitido e registrado por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente. O salário é de R$ 2.043,36, sendo vencimento inicial de R$ 1.390,22, acrescido de gratificação de 1/3 (R$ 510,84) e do valor de R$ 142,30, em observância ao piso salarial do cargo, definido em acordo coletivo. A remuneração citada corresponde ao valor do último concurso. Para este novo concurso, os valores serão reajustados.

O Analista Bancário tem missão de atuar em projetos e processos típicos de um uma organização de desenvolvimento regional, em termos de concepção, desenvolvimento, implementação, operacionalização e monitoração, nos níveis operacional tático e estratégico do Banco; realizar entrada de dados, operacionalização de aplicativos, elaborar relatórios e planilhas que expressem os resultados e conclusões de pesquisas para subsidiar as decisões das alçadas competentes; realizar atividades operacionais e rotinas de trabalho com a qualidade estabelecida pelo Banco, para atendimento dos clientes internos e externos; realizar atividades de serviços gerais e controle dos procedimentos internos, com o grau de segurança e confiabilidade requerido pelo Banco, objetivando minimizar os riscos operacionais; orientar os clientes internos e externos na interpretação e aplicação das normas e na utilização de produtos e serviços oferecidos pelo Banco; auxiliar o Especialista Técnico e o Especialista Bancário na execução de suas atribuições; realizar outras atividades de natureza correlata.

Especialista Técnico

Por fim, a função de Especialista Técnico exige Certificado de Conclusão do Ensino de Nível Superior, emitido e registrado por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente. Durante o Contrato de Experiência, o vencimento do cargo será no valor de R$ 1.857,68 (um mil, oitocentos e cinquenta e sete reais e sessenta e oito centavos), acrescido de 1/3 de gratificação mensal, no valor de R$ 619,23 (seiscentos e dezenove reais e vinte e três centavos), totalizando a remuneração inicial atual de R$ 2.476,91 (dois mil, quatrocentos e setenta e seis reais e noventa e um centavos). Após o término do Contrato de Experiência, o salário passa para o valor de R$ 2.468,68 (dois mil, quatrocentos e sessenta e oito reais e sessenta e oito centavos). A remuneração citada também corresponde ao valor do último concurso. Para este novo concurso, os valores serão reajustados.

Banco também conta com cargo de Analista Técnico

Também faz parte do quadro de servidores do banco, o cargo de Analista Técnico, mas tudo indica que este não estará presente do edital. Para concorrer a esse cargo é necessário conclusão de nível médio na respectiva área de atuação. Durante o Contrato de Experiência, o vencimento do cargo teve valor de R$ 1.421,07 (um mil, quatrocentos e vinte e um reais e sete centavos), acrescido de 1/3 de gratificação mensal, no valor de R$ 473,69 (quatrocentos e setenta e três reais e sessenta e nove centavos), totalizando a remuneração inicial atual de R$ 1.894,76 (um mil, oitocentos e noventa e quatro reais e setenta e seis centavos). A remuneração citada também corresponde ao valor do último concurso. Para este novo concurso, os valores serão reajustados.

Últimos concursos foram em 2014 e 2010

Edital em 2010 para três cargos

O concurso do Banco do Nordeste divulgado em 2010 contou com 252 vagas distribuídas entre cargos de analista bancário, analista técnico e especialista técnico. As provas objetivas tiveram questões de Língua Portuguesa, Matemática, Conhecimentos Bancários e Conhecimentos Específicos a cada cargo, além da prova discursiva para todos. A organização foi da Associação Cearense de Estudos e Pesquisas (ACEP).

Edital em 2014 foi para Analista Bancário

Em 2014, o Banco divulgou a abertura de edital apenas para o cargo de Analista Bancário (nível médio). Para participar foi necessário certificado, devidamente registrado, de curso de Nível Médio completo, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Os aprovados foram lotados em Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

As provas foram aplicadas em Aracaju (SE), Barreiras (BA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Cajazeiras (PB), Campina Grande (PB), Caxias (MA), Feira de Santana (BA), Floriano (PI), Fortaleza (CE), Garanhuns (PE), Ilhéus (BA), Imperatriz (MA), João Pessoa (PB), Juazeiro (BA), Juazeiro do Norte (CE), Maceió (AL), Montes Claros (MG), Mossoró (RN), Natal (RN), Parnaíba (PI), Paulo Afonso (BA), Petrolina (PE), Recife (PE), Salgueiro (PE), Salvador (BA), São Luís (MA), São Mateus (ES), Sobral (CE), Teixeira de Freitas (BA), Teresina (PI), Teófilo Otoni (MG), Vitória (ES) e Vitória da Conquista (BA).

O conteúdo programático foi o seguinte:

LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Interpretação e compreensão de texto. 2. Gêneros e tipos textuais: características distintivas. 3. Marcas de textualidade: coesão, coerência e intertextualidade. 4. Estrutura e formação de palavras. 5. Semântica: antônimos, sinônimos, homônimos, parônimos, hiperônimos. 6. Classes de palavras e seu emprego textual. 7. Estrutura sintática da frase e do período. 8. Reescritura de frases: operações de substituição, deslocamento e alteração. 9. Concordância, regência e colocação. 10. Pontuação. 11. Variação linguística.

MATEMÁTICA: Números inteiros e racionais: operações (adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação); expressões numéricas; múltiplos e divisores de números naturais; problemas. Frações e operações com frações. Números e grandezas proporcionais: razões e proporções; divisão em partes proporcionais; regra de três; porcentagem e problemas. Estatística descritiva; distribuição de probabilidade discreta. Juros simples e compostos: capitalização e descontos. Taxas de juros: nominal, efetiva, equivalentes, proporcionais, real e aparente. Planos ou Sistemas de Amortização de Empréstimos e Financiamentos. Cálculo financeiro: custo real efetivo de operações de financiamento, empréstimo e investimento. Taxas de Retorno.

CONHECIMENTOS GERAIS: 1. TÓPICOS RELEVANTES E ATUAIS DE DIVERSAS ÁREAS, tais como: política (nacional e internacional); economia (nacional e internacional); educação, tecnologia, energia, relações internacionais, ecologia, ética e responsabilidade social. 2. O NORDESTE BRASILEIRO: geografia, atividades econômicas, contrastes intra-regionais, o polígono das secas e as características das regiões naturais do Nordeste; o Nordeste no contexto nacional. 3. O BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S/A: legislação básica, programas e informações gerais de sua atuação como agente impulsionador do desenvolvimento sustentável da região Nordeste. 4. INFORMÁTICA: Editor de Texto: edição e formatação de textos. Conceitos de informática, hardware e software. Sistemas operacionais Windows e Linux. Processador de texto (Word e BrOffice.orgWriter). Planilhas eletrônicas (Excel e BrOffice.org Calc). Editor de Apresentações (PowerPoint e BrOffice.org Impress). Conceitos de tecnologias relacionadas à Internet e Intranet, Protocolos Web, Navegador (Internet Explorer, Google Chorme e Mozilla Firefox), pesquisa na Web. Conceitos de proteção lógica e Segurança da Informação, realização de cópias de segurança (backup), vírus e ataques a computadores e antivírus. Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1. SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL: instituições do Sistema Financeiro Nacional – tipos, finalidades e atuação. Banco Central do Brasil e Conselho Monetário Nacional – funções e atividades. Instituições Financeiras Oficiais Federais – papel e atuação. 2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO BANCÁRIO: cadastro de pessoas físicas. Cadastro de pessoas jurídicas: a) tipos e constituição das pessoas; b) composição societária/acionária; c) forma de tributação; d) mandatos e procurações. Fundamentos do crédito: a) conceito de crédito; b) elementos do crédito; c) requisitos do crédito. Riscos da atividade bancária: a) de crédito; b) de mercado; c) operacional; d) sistêmico; e) de liquidez. Principais variáveis relacionadas ao risco de crédito: a) clientes; b) operação. Tipos de operações de crédito bancário (empréstimos, descontos, financiamentos e adiantamentos). Operações de Crédito Geral: a) crédito pessoal e crédito direto ao consumidor; b) desconto de duplicatas, notas promissórias e cheques pré-datados; c) contas garantidas; d) capital de giro; e) cartão de crédito; f) microcrédito urbano. Operações de Crédito Especializado: a) Crédito Rural: i) conceito, beneficiários, preceitos e funções básicas; ii) finalidades: operações de investimento, custeio e comercialização; iii) Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF): base legal, finalidades, beneficiários, destinação, condições. B) Crédito industrial, agroindustrial, para o comércio e para a prestação de serviços: conceito, finalidades (investimento fixo e capital de giro associado), beneficiários. Recursos utilizados na contratação de financiamentos: i) Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE): base legal, finalidades, regras, administração; ii) BNDES/FINAME: base legal, finalidade, regras, forma de atuação; iii) Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT): base legal, finalidades, regras, forma de atuação. Microfinanças: base legal, finalidade, forma de atuação. 3. SERVIÇOS BANCÁRIOS E FINANCEIROS: conta corrente: abertura, manutenção, encerramento, pagamento, devolução de cheques e cadastro de emitentes de cheques sem fundos (CCF). Depósitos à vista. Depósitos a prazo (CDB e RDB). Fundos de Investimentos. Caderneta de poupança. Títulos de capitalização. Planos de aposentadoria e de previdência privados. Seguros. Convênios de arrecadação/pagamentos (concessionárias de serviços públicos, tributos, INSS e folha de pagamento de clientes). Serviço de Compensação de Cheque e Outros Papéis. Cobrança. Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB). 4. ASPECTOS JURÍDICOS: noções de direito aplicadas às operações de crédito: a) Sujeito e Objeto do Direito; b) Fato e ato jurídico; c) Contratos: conceito de contrato, requisitos dos contratos, classificação dos contratos; contratos nominados, contratos de compra e venda, empréstimo, sociedade, fiança, contratos formais e informais. Instrumentos de formalização das operações de crédito: a) contratos por instrumento público e particular; b) cédulas e notas de crédito. Garantias: a) Fidejussórias: fiança e aval; b) Reais: hipoteca e penhor; c) Alienação fiduciária de bens móveis. Títulos de Crédito – nota promissória, duplicata, cheque.

Informações do concurso
  • Concurso: Banco do Nordeste
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: a definir
  • Remuneração: a definir
  • Inscrições: em definição
  • Taxa de Inscrição: em definição
  • Provas: em definição
  • Situação: PREVISTO
  • Link do edital 2010
  • Link do edital 2014
Apostila PREPARATÓRIA Banco do Nordeste BNB 2018 - Analista Bancário [CD Grátis]
[Apostila Digital] PREPARATÓRIA Banco do Nordeste BNB 2018 - Analista Bancário
Sem categoria

Concursos Abertos – 22 editais, mais de 4 mil vagas. (ATUALIZADO!)

wdwilson

safe_image

http://bit.ly/2I4ofvK

Número de concursos abertos volta a aumentar no Brasil

Devem ser abertas 162 mil vagas esse ano; para ter sucesso, é preciso foco nos estudos

Uma dica importante é escolher uma área e focar estudos nela (Foto: Vanessa Rodrigues/AT)

Depois de dois anos em baixa, o número de vagas em concursos públicos pelo Brasil voltou a subir em 2018. A chance da estabilidade em meio à crise seduz, mais do que nunca, brasileiros de várias idades. Para se dar bem, no entanto, é preciso foco naquilo que você deseja.

Segundo a Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac), 2018 deve bater a marca de 162 mil vagas em concursos públicos pelo País. O número é mais que o dobro das 79 mil disponibilizadas no ano passado e maior que as 100 mil abertas em 2016, de acordo com balanço da entidade.

Ainda de acordo com a associação, em…

Ver o post original 478 mais palavras

Sem categoria

Concursos Abertos – 22 editais, mais de 4 mil vagas. (ATUALIZADO!)

 

safe_image

http://bit.ly/2I4ofvK

Número de concursos abertos volta a aumentar no Brasil

Devem ser abertas 162 mil vagas esse ano; para ter sucesso, é preciso foco nos estudos

Uma dica importante é escolher uma área e focar estudos nela (Foto: Vanessa Rodrigues/AT)

Depois de dois anos em baixa, o número de vagas em concursos públicos pelo Brasil voltou a subir em 2018. A chance da estabilidade em meio à crise seduz, mais do que nunca, brasileiros de várias idades. Para se dar bem, no entanto, é preciso foco naquilo que você deseja.

Segundo a Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac), 2018 deve bater a marca de 162 mil vagas em concursos públicos pelo País. O número é mais que o dobro das 79 mil disponibilizadas no ano passado e maior que as 100 mil abertas em 2016, de acordo com balanço da entidade.

Ainda de acordo com a associação, em 2015 e 2016 houve um queda da verba orçamentária para concursos o que, além de diminuir as vagas, desestimulou muita gente.

“Esse ano foi um ano com muitas vagas, sobretudo na área de segurança pública. Praticamente todos os estados abriram concurso para delegado de polícia. A gente já imaginava isso, fazendo uma análise da lei de diretrizes orçamentárias”, explica Marco Antônio Araújo, presidente da Anpac.

Aposta

Quase 15 anos depois de se formar em Jornalismo, Carolina Fassina começou o curso de Direito com um único objetivo: passar no concurso para tabelião, considerado um dos mais difíceis e concorridos.

“Estou terminando a faculdade, fazendo uma pós-graduação no tema e já venho prestando concursos desde o segundo ano”, revela. Aos 38 anos, casada e mãe de dois filhos, ela garante que não se importa sequer de mudar de estado. “Agora vou prestar mais três que vão abrir”, diz.

Responsável pelo blog de A Tribuna Eu Estudo Certo, a especialista Martha Vergine afirma que a procura por concursos públicos vem aumentando, principalmente, entre pessoas mais velhas.

“Com 35, 40, 45 anos, por exemplo, elas começam a ver no concurso uma nova perspectiva. Pela instabilidade e pela crise, até mesmo quem já trabalha vê uma chance de melhorar de vida”, avalia.

Exemplo

É o caso do relações públicas Cristian Alves. Ele trabalha dentro de sua área, como funcionário público comissionado, mas busca a tão sonhada estabilidade no emprego, mesmo que em outra cidade.

“Recentemente, tentei uma vaga na Câmara de Sumaré. Com o salário de R$ 7 mil a gente pensa em conquistar algumas coisas na vida”, diz ele.

O presidente da Anpac explica que, na maioria das vezes, o Poder Público oferece rendimentos bastante atraentes. “Comparando com a iniciativa privada, alguns cargos pagam um salário até 30% ”, diz Marco Antônio Araújo.

Dicas

Quer passar em concurso? Então fique atento à dica da especialista. Na opinião de Martha Vergine, a idade do candidato não pesa contra nem a favor. “Os mais velhos têm a maturidade como vantagem. Por outro lado, vivem a dificuldade de tempo, porque muitos já têm filhos. Os mais novos sofrem com a ansiedade, mas podem se dedicar mais aos estudos”, compara.

Na opinião dela, o que faz a diferença é mesmo a área de atuação. “Abriu um concurso, todo mundo corre. As pessoas não estão indo por aptidão, mas pela possibilidade”. Isso está errado, explica Martha. Ela usa como exemplo o último concurso para o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) que abriu 800 postos de trabalho e havia 1,5 milhão de inscritos, ou seja, 1.875 candidatos por vaga. Segundo a especialista, os interessados devem focar em uma área de atuação.

“Os editais não são parecidos. As pessoas não têm tempo para se preparar, gastam dinheiro e não passam. Se eu fizer concurso para banco, as matérias nada têm a ver com a carreira policial”, exemplifica.

 

 

download

http://bit.ly/2jfK6l0

 

 

 

 

Sem categoria

Concurso MPU – 2018 – Análise de Edital

 

images

http://bit.ly/2GGJEHI

 

 

Edital MPU 2018: publicado edital com a oferta de 47 vagas para os cargos de Analista e Técnico do MPU

Edital MPU 2018: há vagas para diversos estados e Distrito Federal

O momento que você tanto esperava chegou! O Ministério Público da União publicou o edital do concurso MPU 2018. São ofertadas 47 vagas imediatas para os cargos de Técnico da área Administrativa e Analista da área de Direito.

O edital MPU foi publicado no Diário Oficial da União, mas você confere nesta página todos os detalhes, inclusive dicas importantes sobre como melhor se preparar para a prova e enfrentar a banca sem atropelos.

Vamos começar pelas datas para você não perder nenhum prazo. Com a publicação do edital, o período de inscrições já fica aberto a partir desta quinta-feira, 23 de agosto e vai até o dia 10 de setembro.

O formulário para preenchimento da candidatura ficará disponível no site da banca organizadora, o Cespe/Cebraspe.

A taxa para efetuar a inscrição ficou fixada no edital da seguinte forma. Para os cargos de Analista, o valor é de R$ 60,00 e para os cargos de Técnico, a taxa foi estipulada em R$ 55,00.

O pagamento pode ser feito até o dia 1º de outubro como data limite em toda a rede bancária. As provas estão previstas para acontecer no dia 21 de outubro.

Edital MPU 2018 – datas importantes

Inscrições: 23/08 a 10/09
Taxa:
Analista R$ 60,00
Técnico R$ 55,00
Data da prova: 21/10

Confira a Análise de Edital AO VIVO 

Requisitos dos cargos

Para se candidatar a uma das vagas é preciso ter formação em Nível Médio, para os candidatos que concorrerão ao cargo de Técnico, e Nível Superior na área de Direito aos candidatos que farão o concurso MPU para o cargo de Analista.

A dúvida de muitos é com relação à idade. Basta que você tenha idade mínima de 18 anos completos na data da posse. Além de estar quite com as obrigações eleitorais e com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino.

Remuneração: quanto eu vou ganhar?

Edital MPU 2018

edital mpu 2018

Funções e Cargos em Comissão

Edital MPU 2018

Em qual estado serei lotado??

Essa é outra dúvida recorrente. As vagas previstas no edital estão distribuídas por Unidade da Federação (UF), ou seja, por estado. Dessa forma, no ato da inscrição você precisa indicar para qual cidade você deseja concorrer a uma das vagas.

Exemplo: se você mora no Rio de Janeiro e deseja se candidatar às vagas de Goiás, no ato da inscrição precisa indicar que quer concorrer às vagas desta UF no concurso.

Se por ventura você vier a ser aprovado, será lotado em uma das unidades do MPU no estado de Goiás, neste exemplo em específico. Abaixo você confere o número de vagas ofertados por estado.

Edital MPU 2018 – Vagas por estado

vagas Edital MPU 2018

Estaremos AO VIVO a partir das 10h

edital concurso mpu

Qual estado devo prestar o concurso MPU??

Esta é uma decisão só sua, mas podemos dar algumas dicas. Como você pode perceber, o número de vagas para os estados Rio grande do Sul e  Distrito Federal, é bem maior e isso acaba sendo um atrativo. Em contrapartida, a concorrência e a nota de corte nesses estados também vai ser maior.

A nossa recomendação é prestar o concurso para o local onde você realmente pretenda trabalhar. O MPU tem uma tradição muito forte de nomear muitos aprovados. Dessa forma, mesmo que você não passe dentro das vagas imediatas, durante a validade do concurso você terá grandes chances de ser nomeado.

E mesmo que você não se sinta 100% satisfeito da unidade em que você foi lotado, em três anos de atividade no MPU você pode ser deslocado para outra unidade desde que atenda aos critérios estabelecidos pelo artigo 36 da Lei 8.112/1990.

Tradição em nomeações!

https://docs.google.com/spreadsheets/d/e/2PACX-1vROcjNA8dVBhwCOMn1eQPAUsRxWSmcYyQIgbDZI-aMgx7QhclDzzJjqAoPaJo0QcTzjI0LYzlLmvPqq/pubhtml?widget=true&headers=false

61 dias até a prova

Com a publicação do edital, as provas do concurso ficam marcadas para acontecer no dia 21 de outubro e acontecerá em todas as capitais e no Distrito Federal. Dessa forma, você tem 61 dias até o grande dia.

Como serão as provas do concurso MPU?

Como já dito, as provas serão aplicadas em todas as Unidades da Federação. De caráter eliminatório e classificatório, as provas objetivas acontecerão em horários distintos, de forma que os candidatos poderão prestar o concurso para ambos os cargos.

Aos candidatos ao cargo de Analista, a prova será aplicada pela manhã com duração máxima de 4h30min. Já os candidatos ao cargo de Técnico responderão ao teste pela tarde em 3h30min corridos de prova.

Apenas os candidatos ao cargo de Analista da área Direito prestarão concurso com prova discursiva. A prova discursiva valerá 40,00 pontos e consistirá da redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, sobre o tema Legislação aplicada ao MPU e ao CNMP, constante dos Conhecimentos Básicos.

Como serei avaliado??

As questões das provas seguirão o padrão do Cespe, em que o candidato deverá avaliar se o item cobrado é CERTO ou ERRADO. Para cada acerto, a banca dará 1,0 ponto. E para cada erro, uma questão certa é anulada. O professor Arthur Lima já gravou um vídeo dando dicas de como responder as questões da banca Cespe/Cebraspe. Confira!

Aulões Presenciais em 7 estados

Recife, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Fortaleza e Manaus Isso mesmo!! Depois de Brasília e São Paulo, o Estratégia viaja a todas essas capitais levando o Aulão Presencial do MPU. Com a publicação do edital, está na hora de dar um gás na sua preparação. Por isso, levaremos nosso time de norte a sul do país. Garanta seu ingresso aqui!

O que vai cair na prova??

As provas objetivas terão questões de Conhecimentos Gerais e Específicos ao cargo. Os itens cobrarão dos candidatos conhecimentos nas áreas abaixo relacionadas:

Analista do MPU (Direito)

– Português
– Acessibilidade
– Ética no Serviço Público
– Legislação Aplicada ao MPU e CNMP
– Direito Constitucional
– Direito Administrativo
– Direito do Trabalho
– Direito Processual do Trabalho 
– Direito Civil
– Direito Processual Civil
– Direito Penal e Processual Penal
– Direito Penal Militar e Processual Penal Militar

Técnico do MPU (Administrativo)

– Português
– Acessibilidade
– Ética no serviço público
– Legislação aplicada ao MPU e CNMP
– Direito Constitucional
– Direito Administrativo
– Administração
– Arquivologia
– Administração Financeira e Orçamentária

Curso Pós-Edital MPU 2018

Gostou dessa oportunidade e deseja se preparar para o Concurso MPU 2018? O Estratégia Concurso já possui cursos para o certame.

CURSOS PARA CONCURSO MPU 2018

Ficha Técnica Concurso MPU

♦Informações do Próximo Concurso MPU 2018

►Data prevista: 2018
►Vagas: 47
►Remuneração inicial: R$ 7 mil e R$ 12 mil
►Banca: Cespe/Cebraspe
►Escolaridade: Nível Médio e Superior
Edital MPU 2018

►Cursos Estratégia Concursos: CURSOS CONCURSO MPU 2018

Materiais Gratuitos MPU

Fernando Brito
Ascom Estratégia

ascomestrategia@gmail.com

Compartilhe:

 

 

VEJA OS COMENTÁRIOS:
Ver mais comentários
DEIXE SEU COMENTÁRIO:
Comentário
Nome
Email (Não será divulgado)
Enviar

 Notifique-me sobre novos comentários por e-mail.

 Notifique-me sobre novas publicações por e-mail.

Cadastrar
VÍDEOS RELACIONADOS
DEPOIMENTOS DOS APROVADOS

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

                                     Sua área de interesse
Sua área de interesse
Fiscal (RFB, AFT e Fiscos Estaduais)
Tribunais
Legislativa
Policial
Jurídica
Tecnologia da Informação
Saúde
Militar (EsSA e EsPCEx)
Financeira (BACEN, CVM, SUSEP)
Tribunais
Tribunais de Contas
CFC
OAB
ENEM

download

http://bit.ly/2GGJEHI

“Lute. Acredite. Conquiste. Perca. Deseje. Espere. Alcance. Invada. Caia. Seja tudo o que quiser ser, mas acima de tudo, seja você sempre”

Faça Concursos !

 

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

 

 

 

Sem categoria

Concurso CMS-SC ou CMS-RS: Qual Escolher?

wdwilson

images

http://bit.ly/2GGJEHI

Concurso SEFAZ SC 2018: FCC é definida organizadora do edital com 90 vagas! Até R$22.800,52!

Secretaria da Fazenda-SC deve divulgar edital ainda em 2018
Por Saulo Moreira. Atualizado 13/08/2018 17:51

É grande a expectativa de realização do concursopúblico da Secretaria da Fazenda do Estado de Santa Catarina (Concurso SEFAZ SC 2018). Acontece que o certame, já autorizado pela Secretaria com 90 vagas para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual, teve organizadora definida nesta segunda-feira, 13 de agosto. De acordo com o documento (veja abaixo), a Fundação Carlos Chagas (FCC) terá a responsabilidade do certame.

A comissão do certame foi definida no dia 19 de julho. O grupo de trabalho será composto pelos servidores Felipe Letsch (presidente), Renato Dias Marques de Lacerda, Julio Cesar Fazoli e José…

Ver o post original 2.122 mais palavras

Sem categoria

Concurso CMS-SC ou CMS-RS: Qual Escolher?

 

images

http://bit.ly/2GGJEHI

 

Concurso SEFAZ SC 2018: FCC é definida organizadora do edital com 90 vagas! Até R$22.800,52!

Secretaria da Fazenda-SC deve divulgar edital ainda em 2018
Por Saulo Moreira. Atualizado 13/08/2018 17:51

É grande a expectativa de realização do concursopúblico da Secretaria da Fazenda do Estado de Santa Catarina (Concurso SEFAZ SC 2018). Acontece que o certame, já autorizado pela Secretaria com 90 vagas para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual, teve organizadora definida nesta segunda-feira, 13 de agosto. De acordo com o documento (veja abaixo), a Fundação Carlos Chagas (FCC) terá a responsabilidade do certame.

A comissão do certame foi definida no dia 19 de julho. O grupo de trabalho será composto pelos servidores Felipe Letsch (presidente), Renato Dias Marques de Lacerda, Julio Cesar Fazoli e José Antonio Farenzena. A comissão será encarregada de operacionalizar o certame destinado ao cargo de Auditor.

O concurso foi confirmado através da Deliberação nº 0621/2018 (veja abaixo). Apesar da intenção em divulgar o edital de concurso SEFAZ/SC com 90 vagas, a necessidade do órgão é ainda maior. Em números, conforme levantamento feito pela Gerência de Gestão de Pessoas, são mais de 100 cargos vagos no cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual de nível I. O salário inicial é de R$ 18.088,22, além de R$4.000,00 de indenização por uso de veículo e auxílio-alimentação de R$252,00, além de outros benefícios.

Requisitos – Para concorrer a uma das vagas será necessário diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de bacharelado ou licenciatura plena em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação; ter 18 anos; ser brasileiro ou naturalizado; e estar em gozo dos direitos civis e políticos.

Último Concurso SEFAZ SC

O último concurso da SEFAZ/SC foi divulgado com 65 vagas para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual. Desse total, 45 foram destinadas ao cargo de Tributação e Fiscalização e 20 ao cargo de Tecnologia da Informação. Foram reservadas ainda, 04 (quatro) vagas aos portadores de necessidades especiais. O salário inicial chegou a R$ 10.778,00.

Foram aplicadas três provas, compostas por questões de múltipla escolha nas áreas de conhecimentos gerais e conhecimentos específicos. Para serem considerados habilitados os candidatos precisaram obter, no mínimo, 50% do total de pontos em cada uma das provas, e 60% no total geral de todas as avaliações.

Conteúdo Programático

1 LÍNGUA PORTUGUESA 1. Compreensão Textual. 2. Ortografia. 3. Semântica. 4. Morfologia. 5. Sintaxe. 6.Pontuação.

2 INFORMÁTICA Conceitos básicos de informática, os componentes funcionais de computadores (hardware e software), periféricos e dispositivos de entrada, saída e armazenamento de dados; Conceitos básicos de sistemas operacionais; Conceitos básicos de organização e de gerenciamento de arquivos e pastas; Conceitos básicos de segurança da informação, sistemas antivírus, sistemas de backup, criptografia, assinatura digital e autenticação; Intranet e internet: conceitos básicos e utilização de tecnologias; Conceitos básicos de rede; componentes, topologias, estações, roteador, servidor LAN e WAN; Gestão da informação e do conhecimento: conceitos básicos de dados, informação, conhecimento, sistemas de informação.

3 MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA MATEMÁTICA: Juros simples. Montante e juros. Taxa real e taxa efetiva. Taxas equivalentes. Capitais equivalentes. Juros compostos. Montante e juros. Taxa real e taxa efetiva. Taxas equivalentes. Capitais equivalentes. Capitalização contínua. Descontos: simples, composto. Desconto racional e desconto comercial. Amortizações. Sistema francês. Sistema de amortização constante. Sistema misto. Fluxo de caixa. Valor atual. Taxa interna de retorno. Metrologia: sistemas de numeração, sistemas de unidades e medidas. ESTATÍSTICA: gráficos, tabelas, medidas de posição e de variabilidade. Probabilidades: conceito, axiomas e distribuições (binominal, normal, poisson, qui-quadrado). Inferência estatística. Amostragem: amostras casuais e não-casuais. Processos de amostragem, incluindo estimativas de parâmetros. Inferência: intervalos de confiança. Testes de hipóteses para médias e proporções. Correlação e Regressão.

4 ECONOMIA E ASPECTOS DA ECONOMIA CATARINENSE ECONOMIA: Microeconomia e Macroeconomia. Recursos escassos e necessidades ilimitadas; agentes econômicos; o papel do governo; fluxos real e nominal. Oferta e demanda; preço e quantidade de equilíbrio; efeitos dos tributos indiretos sobre o sistema de preços. Concorrência perfeita, monopólio, concorrência monopolista. Teoria quantitativa da moeda; inflação efeito da inflação; medição da inflação. Investimento e poupança; renda de equilíbrio; crescimento econômico; o papel do governo: políticas fiscal e monetária; financiamento do setor público e privatização; tributação como instrumento de polí- tica econômica (fiscalidade, extrafiscalidade, cumulatividade, não-cumulatividade); ECONOMIA CATARINENSE: Ocupação territorial: colonização do território; repercussões dos processos históricos de colonização no desenvolvimento e atual estágio da economia catarinense. O processo político: a organização político social do Estado; reflexos no processo histórico de desenvolvimento econômico; a estrutura federativa e a economia do Estado. Estrutura organizacional: equacionamento histórico; a técnica de planejamento; estágio atual das estruturas de implantação, implementação e acompanhamento do planejamento econômico do estado. O espaço geográfico: condições e condicionantes geográficos ao processo de desenvolvimento econômico; a organização dos espaços econômicos. Recursos humanos: o estoque humano; formação, distribuição, desenvolvimento e qualificação; enfoques educacional e cultural e seus reflexos no atual estágio da economia; as correntes migratórias atuais e o fluxo turístico na reorganização dos espaços urbanos e rurais de Santa Catarina; a força de trabalho e a capacitação empresarial no estado. Infra-estrutura social: habitação e emprego; equacionamentos históricos e estágios atuais; saúde, justiça e segurança; processos, estruturas organizacionais e suas repercussões no procedimento econômico. Infra-estrutura econômica: comunicações, energia, saneamento e transporte; desenvolvimento histórico, estágios atuais e repercussões oferecidas ao processo de desenvolvimento catarinense. A economia catarinense: os setores produtivos; composição características e participações nos processos histórico e atual da economia catarinense.

5 DIREITO CIVIL, PENAL E EMPRESARIAL DIREITO CIVIL – Lei de Introdução ao Código Civil: vigência e revogação da norma, conflito de normas no tempo e no espaço, preenchimento de lacuna jurídica. Das Pessoas: das pessoas naturais; da personalidade e da capacidade. Das pessoas jurídicas. Do domicílio. Dos bens. Dos fatos jurídicos. Do direito das obrigações. Do direito das coisas. DIREITO EMPRESARIAL – Títulos de crédito. Preferências e privilégios creditórios. Do direito de empresa (Lei 10.406/02). Sociedades Anônimas (Lei nº 6.404/76). Teoria geral da falência. Caracterização do estado falimentar, efeitos da falência quanto aos bens do falido e aos direitos dos credores do falido, conceito de recuperação judicial e extrajudicial. Lei nº 11.101/2005. DIREITO PENAL: Da aplicação da lei penal. Do Crime. Da ação penal. Crimes contra a Administração Pública: dos crimes praticados por funcionário público contra a administração em geral; dos crimes praticados por particular contra a administração em geral; dos crimes contra as finanças públicas. Lei n. 8.137, de 27/12/1990: Capítulo I – Dos crimes contra a Ordem Tributária. Lei 8.429/92. Lei 11.101/05 – Crimes falimentares.

6 LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA DE SANTA CATARINA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA CATARINENSE VIGENTE NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL: I) pertinente aos seguintes tributos: a) imposto sobre transmissão “causa mortis” e doação, de quaisquer bens e direitos (ITCMD) – Lei n.º 13.136/04; b) imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestação de serviços de transporte interestadual e intermunicipal e de comunicação (ICMS) – Lei n.º 10.297/96, RICMS e seus anexos, aprovado pelo Decreto n.º 2.870/01; c) imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA) – Lei n.º 7.543/88; d) taxas – Lei n.º 7.541/88; II) pertinente às Normas Gerais de Direito Tributário do Estado de Santa Catarina – Lei n.º 3.938/66: Administração tributária – arts. 105 a 161; infrações e penalidades – arts. 162 a 167. Regulamento de Normas Gerais de Direito Tributário do Estado de Santa Catarina – RNGDT-SC, aprovado pelo Decreto nº 22.586, de 27 de junho de 1984: Da Consulta: arts. 152 a 152-F. Lei Complementar nº 465, de 3 de dezembro de 2009.

7 DIREITO CONSTITUCIONAL Princípios do Estado Democrático de Direito.Constituição. Conceito. Classificação. Aplicabilidade e Interpretação das Normas Constitucionais. Poder Constituinte. Conceito, Finalidade, Titularidade e Espé- cies. Reforma da Constituição. Cláusulas Pétreas. Supremacia da Constituição. Controle de Constitucionalidade. Sistemas de Controle de Constitucionalidade. Ação Direta de Inconstitucionalidade. Ação Declaratória de Constitucionalidade. Argüição de Descumprimento de Preceito Fundamental. Constituição Brasileira: Princípios Fundamentais; Dos Direitos e Garantias Fundamentais; Da Organização do Estado; Da Organização dos Poderes; Da Tributação e do Orçamento; Da Ordem Econômica e Financeira.

8 DIREITO ADMINISTRATIVO Princípios de Direito Administrativo. Poderes Administrativos: poder vinculado e poder discricionário, poder hierárquico, poder disciplinar, poder regulamentar, poder de polícia. Atos Administrativos: conceito e requisitos; classificação; espécies; extinção, revogação, invalidação e convalidação do ato administrativo. Mérito do ato administrativo. Discricionariedade. Teoria dos motivos determinantes. Contratos Administrativos: aspectos gerais e especiais, abrangendo a formalização, execução, inexecução, revisão e rescisão; Controle da Administração: controle administrativo, legislativo e judiciário da administração; Normas Constitucionais sobre Administração Pública: artigos 37 a 41 da Constituição Federal. Estatuto dos Servidores Públicos Estaduais – Lei n.º 6.745/85, Títulos I, II e V.

9 DIREITO TRIBUTÁRIO I Normas Constitucionais de Direito Tributário: Constituição Federal: Do Sistema Tributário Nacional – Capítulo I, Título VI; Constituição Estadual: Da Tributação – Capítulo III, Título VII; Código Tributário Nacional – CTN (Lei nº 5.172, de 26/10/66); Lei Complementar nº 24/75; Lei Complementar nº 87/96; Lei Complementar nº 123/06: arts. 1º a 41.

10 CONTABILIDADE A Ciência da Contabilidade: conceito; objeto; finalidade; técnicas contábeis; Princípios e Normas Brasileiras de Contabilidade emanadas pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC; Patrimônio: conceito, componentes, equação fundamental do patrimônio, representação gráfica dos estados patrimoniais; diferenciação entre capital e patrimônio. Atos e fatos Contábeis. Contas: conceito; tipos de contas; teoria das contas; débito, crédito e saldo; funcionamento das contas; contas patrimoniais e de resultado; grupos e classes de contas patrimoniais, segundo a Lei n.ºs 6.404/76; Escrituração: conceito; métodos de escrituração; livros de escrituração; lançamento contábil; erros de escrituração e correções. Sistema de Partidas Dobradas. Balancete de Verificação. Demonstrações Financeiras: balanço patrimonial; demonstração do resultado do exercício; demonstrações de lucros e prejuízos acumulados; demonstra- ções das mutações do patrimônio; demonstrações de origens e aplicação de recursos. Operações com Mercadorias: apuração contábil e extracontábil. Provisões em Geral. Análise das Demonstrações Financeiras: análise vertical e horizontal, índices: liquidez, endividamento, rotatividade e rentabilidade. Contabilidade de Custos: conceito; objetivo; desembolso: gasto, investimento, custo, despesa, perda; custos diretos, indiretos, fixos, variáveis; custo de produtos vendidos.

ÁREA DE TRIBUTAÇÃO E FISCALIZAÇÃO

11 DIREITO TRIBUTÁRIO II Normas Constitucionais de Direito Tributário: Constituição Federal: Do Sistema Tributário Nacional – Capítulo I, Título VI; Constituição Estadual: Da Tributação – Capítulo III, Título VII; Código Tributário Nacional – CTN (Lei nº 5.172, de 26/10/66); Lei Complementar nº 24/75; Lei Complementar nº 87/96; Lei Complementar nº 123/06: arts. 1º a 41. Métodos de interpretação. Vigência, aplicação, interpretação e integração da legislação tributária. Interpretação sistemática, teleológica e outras.

12 CONTABILIDADE AVANÇADA Contabilidade Avançada: Conteúdo integral da disciplina Contabilidade da Prova 2 deste Edital e, ainda: Critérios de avaliação e baixas das contas do Ativo-Investimentos, Imobilizado e Intangível. Contabiliza- ção de vendas, compras, devoluções, abatimentos, despesas e receitas operacionais e não operacionais. Consolidação das Demonstrações Contábeis: Conceitos e objetivos da consolidação, critérios contábeis aplicados, obrigatoriedade e divulgação. Reorganização e reestruturação de empresas: Processos de incorporação, fusão, cisão e extinção de empresas – Aspectos contábeis, fiscais e legais da reestrutura- ção social. Redução ao valor recuperável de ativos: Objetivo, alcance, definições, procedimentos, divulgação e demais aspectos objeto da Resolução nº 1.110/07 do CFC. Efeitos das mudanças nas taxas de câmbio e conversão de demonstrações contábeis: Objetivo, alcance, definições, procedimentos, divulgação e demais aspectos objeto da Resolução nº 1.120/08 do CFC. Conceitos e procedimentos: Filiais, agências, sucursais ou dependências no exterior. Conversão das demonstrações de uma entidade no exterior. Ativo intangível: Objetivo, alcance, definições, procedimentos, divulgação e demais aspectos objeto da Resolução nº 1.139/08 do CFC. Conceitos e procedimentos: Reconhecimento e mensuração. Reconhecimento de despesa. Mensuração após reconhecimento. Vida útil. Ativo intangível com vida útil definida e indefinida. Recuperação do valor contábil – perda por redução ao valor recuperável de ativos. Baixa e alienação. Operações de arrendamento mercantil: Objetivo, alcance, definições, procedimentos, divulgação e demais aspectos objeto da Resolução nº 1.141/08 do CFC. Custos de transação e prêmios na emissão de títulos e valores mobiliários: Objetivo, alcance, definições, procedimentos, divulgação e demais aspectos objeto da Resolução nº 1.142/08 do CFC. Conceitos e procedimentos: Contabilização das captações de recursos para o capital próprio, da aquisição de ações de emissão própria (ações em tesouraria), captação de recursos de terceiros e contabilização temporária dos custos de transação. Subvenção e assistência governamentais: Objetivo, alcance, definições, procedimentos, divulgação e demais aspectos objeto da Resolução nº 1.143/08 do CFC. Partes, Ajuste e valor presente: Objetivo, alcance, definições, procedimentos, divulgação e demais aspectos objeto da Resolução nº 1.151/09 do CFC. (Obs.: Os itens abordados no programa devem estar de conformidade com as normas atualizadas, exaradas por CFC, CVM – Comissão de Valores Mobiliários e Legislação Societária).

13 AUDITORIA Normas Brasileiras de Contabilidade e de Auditoria emanadas do CFC. Aspectos Gerais. Conceitos e objetivos. Distinção entre auditoria interna, auditoria independente e perícia contábil. Normas de Auditoria. Ética Profissional, Responsabilidade Legal, Objetivo, Controle de Qualidade. Auditoria Interna Versus Auditoria Externa. Conceito, Objetivos, Responsabilidades, Funções, Atribuições. Desenvolvimento do Plano de Auditoria. Estratégia de Auditoria, Sistema de Informações, Controle Interno, Risco de Auditoria. Testes de Auditoria: Substantivos, de Observância, Revisão Analítica. Procedimentos de Auditoria: Inspeção, Observação, Investigação, Confirmação, Cálculo, Procedimentos Analíticos. Tipos de Teste em Áreas Específicas das Demonstrações Contábeis: Caixa e Bancos, Clientes, Estoques, Investimentos, Imobilizado, Fornecedores, Advogados, Seguros, Folha de Pagamentos. Amostragem Estatística: Tipos de Amostragem, Tamanho da Amostra, Risco de Amostragem, Seleção da Amostra, Avaliação do Resultado do Teste. Carta de Responsabilidade da Administração: objetivo, conteúdo. Uso do Trabalho de Outros Profissionais: outro Auditor Independente, Auditor Interno, Especialista de Outra Área. Eventos Subsequentes. Parecer de Auditoria. Tipos de Parecer, Estrutura, Elementos.

Informações do concurso
  • Concurso: Secretaria de Estado da Fazenda (Concurso SEFAZ SC)
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 90
  • Remuneração: R$22.800,52
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO
4.4 (87.41%) 27votes

estrategia-alunos

http://bit.ly/2jfK6l0

download (6)

 

Sem categoria

Como Estudar Com Alto Desempenho Para INSS ?

 

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

 

Concurso INSS 2018 registra 30 avanços no Planejamento em agosto! Edital em análise com 7.888 vagas e até R$10.616,14!

Solicitação de concurso é analisada pelo Ministério do Planejamento; Edital pode ser autorizado no segundo semestre
Por Saulo Moreira. Atualizado 17/08/2018 12:18

O Instituto Nacional do Seguro Social tem expectativa de divulgar a abertura de novo edital de concurso público (Edital Concurso INSS 2018/2019) em breve. Sem autorização, o presidente do INSS, Francisco Lopes, e o diretor de Gestão de Pessoas, Alexandre Guimarães, mostraram grande preocupação com o atual quadro de servidores da instituição.

Desde o início de agosto, já foram nada menos que 30 avanços no Ministério do Planejamento. O último avanço do pedido de concurso INSS aconteceu na última segunda-feira, 13 de agosto. De acordo com o protocolo integrado do Governo Federal (veja abaixo), a qual o Notícias Concursos teve acesso, a solicitação foi reaberta na Divisão de Concursos Públicos/CGCOP-SGP/DEPRO-SGP/SGP/Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

Fenasps cobra edital

No dia 08 de agosto foi realizada uma audiência na Secretaria de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento, em que representantes da Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) estiveram reunidos para tratar da abertura de um novo concurso do INSS 2018.

O sindicato deixou claro sobre a necessidade do certame por conta do déficit de pessoal e o Ministério do Planejamento não descartou a autorização do concurso neste ano. No entanto, a pasta afirmou que que para cumprir as metas estabelecidas pela Emenda dos Gastos Públicos n°95, a seleção poderia ficar para o novo governo, a partir de 2019. A informação foi dada pelo diretor do Departamento de Relações de Trabalho no Serviço Público, Paulo Campolina.

Após término da validade, convocação só através de novo edital

O último concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), divulgado em dezembro 2015, teve validade encerrada no último domingo, 05 de agosto, e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) não autorizou nomeações de excedentes. Com isso, novas contratações para o órgão somente através de novo concurso.

O INSS enviou nota técnica ao Ministério do Planejamento solicitando o preenchimento de nada menos que 10.468 vagas. Do quantitativo solicitado, 7.888 vagas são para a abertura de novo concurso público do INSS. As 2.580 vagas restantes foram solicitadas para chamada de excedentes do concurso anterior, o que acabou não acontecendo. (veja abaixo).

De acordo com o INSS, o documento serve para ratificar “a urgência na recomposição continuada do quadro permanente de pessoal do Instituto Nacional do Seguro Social mediante a ampliação do número de vagas do concurso público autorizado – em 2015 -, e, posteriormente, a autorização para realização de novo concurso público”.

Nos dias 24 e 25 de abril, foram realizadas duas reuniões com a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (FENASPS). Na reunião da terça-feira, 24, o presidente informou que o déficit atual do INSS é de 16 mil servidores. Já na quarta-feira, 25, foi a vez do secretário Alexandre Guimarães reunir com os federados. Ele disse que “está muito preocupado com o número expressivo de servidores que deixarão a casa no próximo período”.

No início de abril, representantes da Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (FENAPS) estiveram em reunião na Secretaria de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (SGP/MPDG). Na pauta, estavam os temas de reajustes salariais, planos de saúde, cumprimentos de acordo de greve e abertura de novo concurso público.

Os representantes da Federação reafirmaram a necessidade do edital do concurso público do INSS frente ao caos generalizado em que se encontram os postos de trabalho e o atendimento à população nas políticas públicas da base da federação. Reivindicou ainda que fossem empossados os excedentes dos últimos concursos.

Em resposta, o Planejamento afirmou categoricamente que não há possibilidade de convocação dos excedentes dos últimos concursos em função da expiração dos prazos legais definidos em edital. Em relação a novos concursos, o Planejamento informou que o pedido do edital do concurso INSS 2018 será encaminhado para as demandas prioritárias deste ano. A possibilidade de atender as vagas ainda é remota pelas questões envolvendo a intervenção militar no RJ e a operação “Carne Fraca”, que remanejaram recursos dos concursos. No entanto, a expectativa é que o certame possa ser autorizado.

O Instituto Nacional do Seguro Social solicitou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) a abertura de um novo concurso público (Concurso INSS 2018/2019) para 7.888 vagas. Sem autorização, o presidente do INSS, Francisco Lopes, e o diretor de Gestão de Pessoas, Alexandre Guimarães, mostraram grande preocupação com o atual quadro de servidores da instituição.

Em 3 meses, mais de 1.000 servidores se aposentaram

Em três meses, o INSS perdeu, por aposentadorias, nada menos que 1.001 servidores. Deste total, o maior quantitativo é do cargo de Técnico do Seguro Social. O alto número de vacâncias é assustador, principalmente porque as vagas não serão preenchidas de imediato, uma vez que o Ministério do Planejamento não deu aval para chamada de excedentes do concurso de 2015 (válido até agosto de 2018) e autorização de um novo concurso. Veja abaixo o quantitativo de aposentadorias do órgão por mês.

Janeiro: 167 aposentadorias;

Fevereiro: 489 aposentadorias; e

Março: 345 aposentadorias.

Cargo de Técnico do Seguro Social tem o maior número de saídas

O cargo de Técnico do Seguro Social, função que tem requisito de nível superior, registra o maior número de saídas. Do total de saídas informadas acima, 655 técnicos deixaram o INSS. Este número é quase o mesmo quantitativo de vagas oferecidas no último concurso: 800.

Presidente é autorizado a prover vagas por concurso público

Excelente notícia para os candidatos que aguardam nomeações e esperam o próximo concurso público do Instituto Nacional do Seguro Social (Concurso INSS 2018). Acontece que foi divulgado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 24 de maio, a portaria que autoriza o presidente do órgão a prover diversos atos dentro do respectivo Quadro de Pessoal. Dentre elas, está o provimento de cargos efetivos em decorrência de habilitação em concurso público. O documento foi assinado por Alberto Beltrame (veja abaixo).

Além disso, outro ponto importante da portaria é a delegação de competência aos Diretores de Saúde do Trabalhador e de Orçamento, Finanças e Logística, de Benefícios, de Atendimento e de Gestão de Pessoas, ao Procurador-Chefe da Procuradoria Federal Especializada junto ao INSS, ao Auditor-Geral e ao Corregedor-Geral, bem como ao Presidente do INSS, para no âmbito de suas respectivas áreas de atuação, designar e dispensar comissionados.

Pedido de novo concurso para INSS é para 7.888 vagas

Está em análise no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), o novo pedido de concurso para nada menos que 7.888 vagas, distribuídas entre as funções de Técnico do Seguro Social (nível médio – 3.984 vagas), Analista – diversas especialidades (nível superior – 1.692 vagas) e Perito Médico (nível superior – 2.212 vagas).

Além dos avanços, uma outra boa notícia veio do Ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra. De acordo com ele, existe a prioridade de realização de concurso do INSS 2018. A carência no quadro de servidores do Instituto foi reconhecida pelo titular do Ministério a qual, inclusive, o órgão pertence.

Ainda segundo Osmar,  a expectativa é que novas vagas sejam autorizadas a partir do momento que o país registrar uma melhoria na arrecadação financeira. Além disso, ele afirmou que o concurso anterior, realizado entre 2015 e 2016, deverá ser concluído, antes que um novo certame seja autorizado. Lembrando que o último concurso tem validade até agosto deste ano. Nomeações do cargos já estão acontecendo.

A expectativa pelo edital de concurso INSS 2018/2019 é grande. No mês de janeiro, o pedido teve avanços significativos no Ministério do Planejamento. Agora, a solicitação já está sendo analisada pela Assessoria Técnica e Administrativa do gabinete do ministro Dyogo Oliveira. O avanço ocorreu logo após o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social, Francisco Lopes, informar que reiterou ao Ministério do Planejamento a necessidade de que os pedidos de novo edital e de chamada de excedentes da seleção de 2015 sejam autorizados.

Concurso poderá ser exceção

Se depender do ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, essa será uma das seleções autorizadas pelo governo. No dia 08 de janeiro, a solicitação do concurso foi recebida na unidade de gabinete do secretário de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento, um importante passo de análise de concursos. Lembrando que no final do ano passado, o pedido de concurso contou com nada menos que 15 movimentações, demonstrando rapidez no processo de análise do certame.

Recentemente, o assessor especial do Ministério do Planejamento, Arnaldo Lima Junior, disse que a previsão de retomada dos concursos públicos, entre eles o do INSS, será feita. Ele recomendou que os “concurseiros” não “tirem o pé” e mantenham os estudos. “Concurso público é difícil. Tem que manter focado. A gente sempre acha que nessa área de atendimento ao público direto, INSS, acho que seja uma das grandes desafios, e as universidades também [devem ter reposições de vagas]. Todas as áreas vão voltar a ter concursos [de 2019 em diante]”, disse.

Ainda de acordo com o assessor, os concursos serão necessários para preencher vagas que serão abertas com a aposentadoria de servidores. Números do governo mostram que, até 2027, quase 40% dos servidores públicos do Executivo Federal, cerca de 216 mil trabalhadores, devem se aposentar. “O objetivo é manter a força de trabalho em um quantitativo próximo ano atual. Então, não há dúvida que vai ter uma retomada de contratação nos próximos anos (…) Acho que em 2019 já é um cenário melhor [para concursos]”, afirmou Lima Junior ao G1.

De acordo com relatório, déficit já passa de 19 mil servidores

Apesar de ter divulgado um concurso em 2015 com 950 vagas, o INSS conta com um déficit de nada menos que 19.221 servidores. Desse quantitativo, há a carência nos cargos de técnico (12.142), analista (2.299) e perito médico (1.630). O déficit no órgão ainda pode piorar com os 12.043 servidores que estão em vias de se aposentar. Se isso acontecer, conforme já apontou em auditoria o Tribunal de Contas da União (TCU), o INSS deverá divulgar um novo concurso público para reoxigenar o seu quadro de servidores. Os dados citados são do balanço divulgado no ano passado pelo Portal Siape Net, da Secretaria de Gestão de Pessoas e Relações do Trabalho no Serviço Público do Ministério do Planejamento.

Sindicato cobra concurso

O sindicato que representa o órgão questionou o novo presidente do INSS, Francisco Lopes, sobre a abertura de um novo certame. E o retorno foi favorável. A informação é de que o concurso do INSS será uma das prioridades do governo de Michel Temer para este ano.

Prepare-se: Apostila Concurso INSS 2018 – Atualizada

O Concurso INSS 2018

Para concorrer ao cargo de Técnico do Seguro Social do INSS, o candidato deverá ter certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. O cargo tem missão de realizar atividades internas e externas relacionadas ao planejamento, à organização e à execução de tarefas de competências constitucionais e legais do INSS que não demandem formação profissional específica; coletar informações, executar pesquisas, levantamentos e controles, emitir relatórios e pareceres; e exercer, mediante designação da autoridade competente, outras atividades relacionadas às finalidades institucionais do INSS, além das atividades comuns mencionadas no edital. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Já o Analista do Seguro Social requer diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Serviço Social, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e registro no órgão de classe específico. O cargo tem missão de prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados pelo INSS nas Agências da Previdência Social – APS e aos seus servidores, aposentados e pensionistas; elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de Serviço Social e Reabilitação Profissional; supervisionar e homologar os programas profissionais realizados por terceiros ou instituições conveniadas; entre outras atribuições. A jornada de trabalho também é de 40 horas semanais.

Por fim, o cargo de Perito Médico Previdenciário requer diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina, fornecido por Instituição de Ensino Superior credenciada pelo MEC, Registro regular no Conselho Regional de Medicina. O cargo deverá exercer, privativamente, no âmbito do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e do Ministério da Previdência Social (MPS), as atividades Médico-Periciais inerentes ao Regime Geral da Previdência Social de que tratam as leis, em especial a: I – emissão de parecer conclusivo quanto à capacidade laboral para fins previdenciários; II – inspeção de ambientes de trabalho para fins previdenciários; III – caracterização da invalidez para benefícios previdenciários e assistenciais; e IV – execução das demais atividades definidas em regulamento. Os ocupantes do cargo de Perito Médico Previdenciário poderão executar, ainda, nos termos do regulamento, as atividades Médico-Periciais relativas à aplicação da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

O cargo de analista tem remuneração de R$ 7.954,09, enquanto que o perito Médico tem ganhos de R$ 10.616,14 mensais. Os rendimentos já contam com o auxílio-alimentação de R$ 458.

Conteúdo Programático do Concurso – Prepare-se com antecedência

Cargo de Técnico do Seguro Social

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: 1 Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal: Decreto nº 1.171/1994 e Decreto nº 6.029/2007.

REGIME JURÍDICO ÚNICO: 1 Lei 8.112/1990 e alterações, direitos e deveres do Servidor Público. 2 O servidor público como agente de desenvolvimento social. 3 Saúde e qualidade de vida no serviço público.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: 1 Direitos e deveres fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coletivos, sociais e políticos. 2 Administração Pública (artigos de 37 a 41, capítulo VII, Constituição Federal de 1988 e atualizações).

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: 1 Estado, governo e Administração Pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios. 2 Direito Administrativo: conceito, fontes e princípios. 3 Organização administrativa da União; administração direta e indireta. 4 Agentes públicos: espécies e classificação; poderes, deveres e prerrogativas; cargo, emprego e função públicos; regime jurídico único: provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição; direitos e vantagens; regime disciplinar; responsabilidade civil, criminal e administrativa. 5 Poderes administrativos: poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder. 6 Ato administrativo: validade, eficácia; atributos; extinção, desfazimento e sanatória; classificação, espécies e exteriorização; vinculação e discricionariedade. 7 Serviços Públicos: conceito, classificação, regulamentação e controle; forma, meios e requisitos; delegação: concessão, permissão, autorização. 8 Controle e responsabilização da administração: controle administrativo; controle judicial; controle legislativo; responsabilidade civil do Estado. Lei 8.429/1992 (sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função da administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências). 9 Lei n°9.784/1999 (Lei do Processo Administrativo)

LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase. 7 Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9 Concordância nominal e verbal. 10 Regências nominal e verbal. 11 Significação das palavras. 12 Redação de correspondências oficiais (conforme Manual de Redação da Presidência da República). RACIOCÍNIO LÓGICO: 1 Conceitos básicos de raciocínio lógico: proposições; valores lógicos das proposições; sentenças abertas; número de linhas da tabela verdade; conectivos; proposições simples; proposições compostas. 2 Tautologia. 3 Operação com conjuntos. 4 Cálculos com porcentagens.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1 Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática. 3 Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações utilizando-se a suíte de escritório LibreOffice. 4 Conceitos e modos de utilização de sistemas operacionais Windows 7 e 10. 5 Noções básicas de ferramentas e aplicativos de navegação e correio eletrônico. 6 Noções básicas de segurança e proteção: vírus, worms e derivados.

SEGURIDADE SOCIAL: 1 Seguridade Social. 1.1 Origem e evolução legislativa no Brasil. 1.2 Conceituação. 1.3 Organização e princípios constitucionais. 2 Legislação Previdenciária. 2.1 Conteúdo, fontes, autonomia. 2.3 Aplicação das normas previdenciárias. 2.3.1 Vigência, hierarquia, interpretação e integração. 3 Regime Geral de Previdência Social. 3.1 Segurados obrigatórios. 3.2 Filiação e inscrição. 3.3 Conceito, características e abrangência: empregado, empregado doméstico, contribuinte individual, trabalhador avulso e segurado especial. 3.4 Segurado facultativo: conceito, características, filiação e inscrição. 3.5 Trabalhadores excluídos do Regime Geral. 4 Empresa e empregador doméstico: conceito previdenciário. 5 Financiamento da Seguridade Social. 5.1 Receitas da União. 5.2 Receitas das contribuições sociais: dos segurados, das empresas, do empregador doméstico, do produtor rural, do clube de futebol profissional, sobre a receita de concursos de prognósticos, receitas de outras fontes. 5.3 Salário-de-contribuição. 5.3.1 Conceito. 5.3.2 Parcelas integrantes e parcelas não-integrantes. 5.3.3 Limites mínimo e máximo. 5.3.4 Proporcionalidade. 5.3.5 Reajustamento. 5.4 Arrecadação e recolhimento das contribuições destinadas à seguridade social. 5.4.1 Competência do INSS e da Secretaria da Receita Federal do Brasil. 5.4.2 Obrigações da empresa e demais contribuintes. 5.4.3 Prazo de recolhimento. 5.4.4 Recolhimento fora do prazo: juros, multa e atualização monetária. 6 Decadência e prescrição. 7 Crimes contra a Seguridade Social. 8 Recurso das decisões administrativas. 9 Plano de Benefícios da Previdência Social: beneficiários, espécies de prestações, benefícios, disposições gerais e específicas, períodos de carência, salário-de-benefício, renda mensal do benefício, reajustamento do valor dos benefícios. 10 Manutenção, perda e restabelecimento da qualidade de segurado. 11 Lei nº 8.212/1991 e alterações. 12 Lei nº 8.213/1991 e alterações. 13 Decreto nº 3.048, de 06/05/1999 e alterações. 14 Lei de Assistência Social (LOAS): conteúdo; fontes e autonomia (Lei nº 8.742/1993 e Decreto nº 6.214/2007 e alterações).

Último concurso do INSS

Divulgado em dezembro de 2015, o Concurso do INSS ofereceu 950 vagas, sendo 800 para Técnico do Seguro Social (nível médio) e 150 Analista do Seguro Social (nível superior). As oportunidades foram divulgadas da seguintes forma:

-Nível Médio: Técnico do Seguro Social (800 vagas). Salário de R$4.886,87 (chegando a R$ 5.259,87, após seis meses), já incluso as gratificações. Jornada de trabalho de 40 horas semanais.

-Nível Superior: Analista do Seguro Social (150 vagas). Salário de R$7.496,09 (até R$ 7.869,09), já com as gratificações. Jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Técnico: São Paulo (113), Acre (5), Alagoas (14), Amapá (5), Amazonas (34), Bahia (76), Ceará (22), Distrito Federal (10), Espírito Santo (4), Goiás (40), Maranhão (33), Mato Grosso (26), Mato Grosso do Sul (12), Minas Gerais (82), Pará (84), Paraíba (4), Paraná (37), Pernambuco (35), Piauí (2), Rio de Janeiro (17), Rio Grande do Norte (20), Rio Grande do Sul (49), Rondônia (22), Roraima (3), Santa Catarina (32), Sergipe (7) e Tocantins (12);

Analista: São Paulo (18), Acre (6), Alagoas (2), Amapá (3), Amazonas (3), Bahia (22), Ceará (7), Goiás (4), Maranhão (4), Mato Grosso (6), Mato Grosso do Sul (7), Minas Gerais (15), Paraíba (4), Rio Grande do Sul (12), Pará (6), Paraná (3), Pernambuco (3), Piauí (1), Rio de Janeiro (4), Rondônia (5), Roraima (2), Santa Catarina (6), Sergipe (1) e Tocantins (5), além do Distrito Federal (1).

 

Sem categoria

Vida de Fiscal

 

download (6)

http://bit.ly/2jfK6l0

 

Concurso SEFAZ RS 2018: CESPE assina contrato para organizar edital! Até R$21mil

Expectativa é que o edital seja divulgado no decorrer do segundo semestre
Por Saulo Moreira. Atualizado 14/08/2018 17:34

Cresce a expectativa de realização do novo concurso público da Secretaria Estadual da Fazenda do Rio Grande do Sul (Concurso SEFAZ RS 2018). Foi divulgado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, 14 de agosto, que o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe-CESPE) assinou o contrato para organizar o próximo certame do órgão. A empresa foi escolhida através de dispensa de licitação.

O novo edital de concurso SEFAZ/RS 2018 está previsto para ser divulgado com vagas para os cargos de Auditor-Fiscal da Receita Estadual (AFRE), Técnico Tributário da Receita Estadual (TTRE) e Assistente Administrativo Fazendário (AFA).

Em publicação no Diário Oficial do Estado do dia 24 de abril, foi formada a comissão do concurso, grupo de trabalho que será responsável pela elaboração do concurso: critérios de escolha da organizadora; vagas; cronograma; taxas; inscrições; entre outros detalhes do certame.

Para o cargo de Auditor, ficou decidido, conforme portaria 036/2018 (veja abaixo), que a comissão será composta por Claudio Graziano Fonseca (Secretário Executivo do concurso público) e os suplentes Jocemar Joarez Rodrigues e Antônio César Ohse Varela.

Para Assistente Administrativo Fazendário, o grupo de trabalho será composto pelo Auditor-Fiscal da Receita Estadual Luis Otávio de Castro Silveira (gerente do concurso público) e os servidores Isolde Behm, Adriana Oliveira da Silva e Marcos Antônio Bosio. A portaria publicada foi a de número 035/2018 (veja abaixo).

Por fim, foi formado o grupo de trabalho do cargo de Técnico Tributário. De acordo com o documento publicado, portaria 37/2018 (veja abaixo), o Auditor-Fiscal da Receita Estadual, Luis Otávio de Castro Silveira, assim como no concurso de Assistente, será o gerente do concurso público do concurso. Ele atuará em conjunto com os servidores Isolde Behm e Bruno Leite Diniz.

A confirmação de autorização do concurso SEFAZ/RS 2018 já havia sido passada no dia 20 de abril pelo secretário Adjunto da Fazenda, Luiz Antônio Bins, durante a abertura do 19º encontro do Fisco Estadual do Rio Grande do Sul. “Ainda ontem (19 de abril) tivemos a oportunidade de anunciar que o Governador do Estado autorizou na quinta-feira a realização de concursos para três carreiras da SEFAZ-RS: Auditor Fiscal da Receita Estadual, Técnico Tributário da Receita Estadual e Assistente Administrativo Fazendário”, disse o Secretário (veja abaixo).

“Tendo em vista o que consta no expediente, em especial a solicitação do Subsecretário da Receita Estadual, bem como a manifestação favorável do Grupo de Assessoramento Estadual para Política de Pessoal – GAE, mediante a informação nº 045/2018 – SE/GAE (fls. 20-26), acolhida pelo Coordenador do GAE e Secretário da Fazenda (fl. 27), autorizo, excepcionalmente, nos termos do art.4º, inciso I e art. 5º do Decreto nº 53.920, de 21 de fevereiro de 2018, a abertura de concurso público para provimento de 50 (cinquenta) cargos de Auditor-Fiscal da Receita Estadual – AFRE do Quadro de Pessoal Efetivo da Secretaria da Fazenda”, diz o texto de autorização do cargo de Auditor.

O Concurso SEFAZ RS 2018 – Auditor

O cargo de Auditor-Fiscal da Receita Estadual requer nível superior em grau de bacharelado de duração plena nas áreas de Ciências Jurídicas e Sociais, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Administração, Engenharia ou Tecnologia da Informação. O provimento inicial se dará como titular de cargo de Auditor-Fiscal da Receita Estadual, classe A, conforme designação da autoridade competente.

O Regime de trabalho de tempo integral é de 40 horas semanais, podendo ser exigido o comparecimento ao local de trabalho em sábados, domingos e feriados ou no período da noite, por determinação de superior hierárquico, vedado o exercício de outra atividade pública ou privada, à exceção do disposto no § 2º do art. 20 da Lei Complementar nº 13.452/2010, de desempenho de mandato eletivo de cargo público, de funções em entidades da Administração Indireta do Estado, e de cargo de magistério, este último, em consonância ao art. 37, XVI, b, da Constituição Federal.

Conforme o último edital, o vencimento básico mensal é de R$ 10.940,00, acrescido de Prêmio de Produtividade e Eficiência variável de R$ 8.188,94. Lembrando que estes valores poderão ser reajustados, já que a referência é do último concurso (2014).

Compete ao Auditor-Fiscal da Receita Estadual, além das cometidas pelo artigo 37, XXII, da Constituição Federal e pela Constituição Estadual, sem prejuízo das demais atribuições e prerrogativas estabelecidas na Lei Complementar Estadual nº 13.452, de 26 de abril de 2010, as seguintes atribuições:

  • a) lavrar termos, intimações, notificações, autos de apreensão, na conformidade da legislação competente;
  • b) dar início à ação fiscal, executar a auditoria fiscal em relação a contribuintes e demais pessoas naturais ou jurídicas envolvidas na relação jurídico-tributária e constituir o crédito tributário mediante o respectivo lançamento;
  • c) exercer a fiscalização repressiva, com imposição das multas cabíveis, nos termos da lei;
  • d) proceder à apreensão, mediante lavratura de termo, de bens, equipamentos, objetos, livros, papéis e documentos em qualquer meio de armazenamento, inclusive digital ou eletrônico, necessários ao exame fiscal;
  • e) proceder à verificação do interior dos estabelecimentos de contribuintes e demais pessoas vinculadas à situação que constitua fato gerador de tributo;
  • f) determinar a abertura de móveis, lacrá-los ou removê-los em caso de negativa, até que, mediante colaboração policial ou por via judicial, seja cumprida a ordem;
  • g) proceder ao arbitramento do montante das operações realizadas pelo sujeito passivo da obrigação tributária, nos casos e na forma previstos em lei;
  • h) proceder à intimação de contribuintes e outras pessoas naturais ou jurídicas, de direito privado ou público, a fim de prestarem informações e esclarecimentos devidos ao fisco por força de lei;
  • i) representar a Receita Estadual, pronunciando-se em procedimentos judiciais e extrajudiciais de inventários, arrolamentos, separações, divórcios e sobrepartilhas, acerca dos valores de bens e de direitos a eles relativos, inclusive como assistente técnico, nas avaliações judiciais contraditórias, e do correto lançamento do cálculo de liquidação judicial e demais fatos geradores de tributos de competência estadual;
  • j) proceder à estimativa fiscal de bens, inclusive quando contraditória, para fins de recolhimento de tributos; entre outras.

O Concurso SEFAZ RS 2018 – Técnico Tributário

O cargo de Técnico Bancário exige os seguintes requisitos: a) ser brasileiro; b) encontrar-se no gozo e exercício de seus direitos civis; c) estar em dia com as obrigações militares e eleitorais; d) ter concluído curso de 3º Grau devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC); e e) ter ilibada conduta social, profissional ou funcional e não registrar antecedentes criminais.

Conforme o último edital, o vencimento básico mensal é de R$ 4.620,00, acrescido de Prêmio de Produtividade e Eficiência variável de R$ 3.704,95. Lembrando que estes valores poderão ser reajustados, já que a referência é do último concurso (2014).

O provimento inicial se dará como titular de cargo de Técnico Tributário da Receita Estadual, classe A, com exercício em repartição da Receita Estadual de qualquer município do território estadual, conforme designação da autoridade competente. O regime de trabalho é de 40 horas semanais.

Atribuições – Executar atividades acessórias e preparatórias e o assessoramento técnico e administrativo na ação fiscal relativa aos tributos de competência do Estado do Rio Grande do Sul e nas demais atividades relacionadas às funções institucionais da Subsecretaria da Receita Estadual; II – Mediante instruções e supervisão de Auditor-Fiscal da Receita Estadual, exercer atividades atinentes à Administração Tributária, tanto internas como externas, tais como: a) pedido de inscrição no CGC/TE; b) fornecimento, recebimento e conferência de talonários de Notas Fiscais de Produtor; c) pedido de autorização para impressão de documentos fiscais; d) receber, protocolizar, passar recibos, conferir, digitar, arquivar e encaminhar documentos, formulários e petições; e) executar serviços relacionados à manutenção de sistemas; f) prestar informações em expedientes que lhes forem distribuídos; g) levantar dados relativos à produção e à circulação de bens e mercadorias, com base em documentos disponíveis; h) tarefas relacionadas com a fiscalização do trânsito de mercadorias, examinando veículos e sua carga, efetuando o necessário confronto com a documentação fiscal exigida para a operação ou prestação de serviço de transporte, devendo, se necessário, desenlonar, descarregar, carregar e enlonar os veículos examinados; entre outras.

O Concurso SEFAZ RS 2018 – Assistente Administrativo

O cargo de Assistente Administrativo Fazendário foi criado em 2014 em substituição ao cargo de Técnico do Tesouro do Estado. Cabe ao servidor, atuar na área administrativa em diversas formas, como redação de correspondências, circulares, comunicados e documentos; datilografia de textos, documentos, tabelas e similares; conferência de registros, prazos, datas; estudo sobre processos no âmbito de sua competência; registro da tramitação de papéis; entre outras tarefas. O cargo exige nível médio completo e tem remuneração fixada em R$1.900,00. Além disso, há gratificação Fazendária de 60%, o que pode fazer o salário inicial chegar a R$3.040,00.

Últimos Concursos da SEFAZ-RS para Auditor-Fiscal e Técnico da Receita Estadual foram realizados em 2014

Auditor

O último concurso da SEFAZ-RS foi realizado em 2014, quando foi divulgado o edital 02/2014 para provimento de 100 (cem) cargos na classe inicial (letra A) da carreira de Auditor-Fiscal da Receita Estadual do Quadro de Pessoal Efetivo da Receita Estadual. A FUNDATEC teve a responsabilidade do certame.

O concurso contou com provas divididas em três blocos:

BLOCO I: Língua Portuguesa (24 questões), Matemática e Raciocínio Lógico (16 questões), Direito Empresarial, Penal e Civil (20 questões), Tecnologia da Informação (40 questões);

BLOCO II: Direito Tributário (30 questões), Direito Administrativo e Constitucional (20 questões) e Contabilidade (30 questões);

BLOCO III: Legislação Tributária Estadual do RS (40 questões) e Auditoria Contábil e Fiscal (40 questões).

Técnico

Em 2014 também foi realizado o concurso para Técnico Tributário. Na ocasião, o concurso também contou com 100 vagas. Os candidatos prestaram provas com questões de Língua Portuguesa, Matemática, Raciocínio Lógico, Tecnologia da Informação, Direito Constitucional e Penal, Direito Administrativo, Direito Tributário e Legislação Tributária Estadual. O programa foi dividido em dois blocos, conforme disposto a seguir:

BLOCO 1

LÍNGUA PORTUGUESA: As questões de Língua Portuguesa versarão sobre o programa abaixo. Não serão elaboradas questões que envolvam o conteúdo relativo ao Acordo Ortográfico promulgado pelo Decreto n.º 6.583, de 29/09/2008. 1. Leitura e análise de textos. 2. Estruturação do texto e dos parágrafos. 3. Articulação do texto: pronomes e expressões referenciais, nexos, operadores sequenciais. 4. Significação contextual de palavras e expressões. 5. Interpretação: pressuposições e inferências; implícitos e subentendidos. 6. Variedades de texto e adequação de linguagem. 7. Equivalência e transformação de estruturas. 8. Discurso direto e indireto. 9. Sintaxe: processos de coordenação e subordinação. 10. Emprego de tempos e modos verbais. 11. Pontuação. 12. Estrutura e formação de palavras. 13. Funções das classes de palavras. 14. Flexão nominal e verbal. 15. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação. 16. Concordância nominal e verbal. 17. Regência nominal e verbal. 18. Ocorrência de crase. 19. Ortografia oficial. 20. Acentuação gráfica. 21. Figuras de linguagem.

MATEMÁTICA: 1. Álgebra: Conjuntos e conjuntos numéricos; Sistema legal de medidas; Razões e Proporções; Sequências numéricas; Regras de três simples e compostas; Porcentagem; Equações e inequações de 1.° e 2.° graus; Progressões aritmética e geométrica; Análise Combinatória, Arranjos e Permutações; Matrizes, Determinantes e Sistemas Lineares; 2. Trigonometria; 3. Geometria Plana. 4. Juros Simples. Montante e juros. Descontos Simples. Equivalência Simples de Capital. Taxa real e taxa efetiva. Taxas equivalentes. Capitais equivalentes. 5. Juros Compostos. Montante e juros. Desconto Composto. Taxa real e taxa efetiva. Taxas equivalentes. Capitais equivalentes. Capitalização contínua. 6. Descontos: simples, composto. Desconto racional e desconto comercial. 3.

RACIOCÍNIO LÓGICO: 1. Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. 2. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal; raciocínio matemático; raciocínio sequencial; orientação espacial e temporal; formação de conceitos; discriminação de elementos. 3. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas.

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: 1. Hardware e Software: fundamentos e conceituação. 2. Conceitos de segurança da informação, da informática, de computadores e para a Internet. 3. Redes de Computadores e Internet: conceitos básicos e fundamentos. 4. Banco de Dados: conceitos e fundamentos da Modelagem de Dados.

BLOCO 2

DIREITO CONSTITUCIONAL: 1. Teoria geral do Estado. 2. Os poderes do Estado e as respectivas funções. 3. Teoria geral da Constituição: conceito, origens, conteúdo, estrutura e classificação. 4. Tipos de Constituição. 5. Poder constituinte: conceito; espécies. 6. Emenda, reforma e revisão constitucional. 7. Princípios constitucionais. 8. Interpretação da Constituição. 9. Aplicabilidade e eficácia das normas constitucionais. 10. Análise do princípio hierárquico das normas. 11. Princípios fundamentais da CF/88. 12. Direitos e garantias fundamentais. 13. Ações constitucionais: habeas corpus, mandado de segurança individual e coletivo; mandato de injunção, habeas data, ação popular e ação civil pública. 14. Organização do Estado: organização políticoadministrativa; competência legislativa privativa e concorrente. 15. Administração Pública: princípios; servidores públicos. 16. A Constituição do Estado do Rio Grande do Sul: os Poderes Legislativo, Judiciário e Executivo.

DIREITO PENAL: 1. Aplicação da lei penal. 2. Crime. 3. Dolo e culpa. 4. Crimes contra a fé pública: falsidade de títulos e outros papéis públicos; falsidade documental; fraudes em certames de interesse público. Crimes contra a administração pública: crimes praticados por funcionário público e por particular contra a administração em geral. 5. Improbidade administrativa (Lei Federal nº 8.429/92). 6.

DIREITO ADMINISTRATIVO: 1. Conceito, fontes, codificação, interpretação. 2. Estado, Governo e Administração Pública: conceito, elementos, poderes e organização; natureza e fins; princípios. 3. Organização administrativa: administração pública direta e indireta (Decreto-lei Federal nº 200/67 e Emenda à Constituição Federal nº 19/98); Autarquias e Fundações; Empresas públicas e Sociedades de Economia Mista; Serviços Sociais Autônomos; Agências Reguladoras. 4. Agentes Públicos: espécies e classificação; poderes, deveres e prerrogativas; cargo, emprego e função públicos; regime jurídico único: provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição; direitos e vantagens; regime disciplinar; responsabilidade civil, criminal e administrativa; processo administrativo disciplinar, sindicância e inquérito. 5. Poderes administrativos: poder regulamentar, poder hierárquico, poder disciplinar, poder de polícia. 6. Ato administrativo: conceito; requisitos – perfeição, validade e eficácia; atributos; nulidades e sanatória; extinção e desfazimento; classificação, espécies e exteriorização; atos vinculados e atos discricionários; mérito; uso e abuso de poder. 7. Serviços públicos: noções fundamentais sobre delegação, concessão, permissão e autorização. 8. Domínio público: bens públ